R.B. 17/JUL/20 "O Brasil está barato para caramba"


"O Brasil está barato para caramba"

São Paulo, 17 de julho de 2020 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, ampliando a valorização acumulada no mês (5,8%) e reduzindo as perdas registradas no ano (-13,1%), influenciada pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais, pela recuperação dos preços das commodities e pela crescente entrada de novos investidores na bolsa tupiniquim (2) o DÓLAR pode seguir em queda, acompanhando o esperado “humor positivo” na bolsa brasileira e aliviado pelo ingresso de capitais externos no país oriundos de exportações e captações e destinados à investimentos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,2% (aos 100.553pts), realizando lucros recentes, influenciada pelo recuo das commodities e acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, porem mantendo-se o pregão todo acima do importante patamar dos 100.000pts e (2) o DÓLAR caiu -1,1% à R$ 5,33, na contramão da trajetória internacional da moeda norte-americana, influenciado por um forte ingresso de recursos externos destinados ao pagamento de ofertas de ações na bolsa tupiniquim.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,8% e China -4,5%, prejudicadas pelo aumento das preocupações sobre o ritmo de recuperação da economia chinesa, que é a segunda maior economia do mundo, após o choque do coronavírus, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,7%, França -0,5% e Alemanha -0,4%, influenciadas negativamente pelo aumento das tensões geopolíticas, que podem dificultar o comércio global, e pelo anúncio que no Reino Unido foram fechados  650 mil postos de trabalho entre MAR/20 e JUN/20 e (3) dos EUA, em um saudável movimento de realização de lucros recentes, S&P -0,3%, DJ -0,5% e NASDAQ -0,7%, repercutindo a divulgação de resultados corporativos negativos e usando como “desculpa” o aumento do número de casos de coronavírus no país.

Voltando a ressaltar que amplos estímulos monetários ainda são necessários para apoiar a zona do euro, Christine Lagarde, presidente do BC Europeu, qualificou a retomada da economia da região como "incipiente" e disse que as perspectivas para o ritmo da recuperação são "incertas".

Beneficiadas pela reabertura da economia e por medidas de estímulo do governo Trump, como a extensão do seguro-desemprego para os trabalhadores demitidos, em JUN/20 as vendas do varejo dos EUA cresceram em 7,5% na comparação com MAI/20.

Indicando que, principalmente para os gringos, “o Brasil está barato para caramba”, o índice Big Mac, que é uma interessante forma de auferir o valor relativo de uma moeda no mundo, indique que o real está desvalorizado em -32% na comparação com o dólar.

Para o desespero dos que torcem contra o Brasil, ontem Paulo Guedes, ministro da economia, afirmou que só sai do cargo se for “abatido à bala”, ressaltou que por ele venderia todas as Estatais e “avisou” que enviará ao Congresso a sua proposta de reforma tributária na próxima segunda-feira.  

Apesar do intenso lobby contrário dos gigantes e monopolistas bancões tupiniquins, o BC “avisou” que certou com o WhatsApp para que a operação de pagamentos da empresa seja aprovada o mais rápido possível, mas ressaltou que, para isso, precisa ver assegurados critérios ligados a segurança de dados e competição.

Segundo estrategistas de moedas do Citigroup, como o Brasil tem uma indústria de fundos muito grande, e os juros caíram muito, gestoras tendem a usar o câmbio como um "hedge eficaz e barato" para a proteção de estratégia em outros ativos brasileiros.

Apresentando novos frutos podres da criminosa, inútil e nefasta quarentena do coronavírus, (1) em JUN/20 o número de empresas que entraram com pedido de recuperação judicial cresceu 38% na comparação com MAI/20 e (2) segundo uma pesquisa divulgada pelo IBGE 522.000 empresas fecharam no país por conta das medidas de isolamento social.

-    A Cogna subiu 5,0%, diante da expectativa sobre o valor da uma listagem de sua subsidiária Vasta na bolsa de NY.

-    O Bank of America caiu -2,7% na bolsa de NY, após divulgar um balanço com queda de -52% no lucro, na comparação anual do segundo trimestre, e depois de o banco informar que reservará mais de US$ 4bi para eventuais perdas em empréstimos.


Política:

Com o objetivo de impedir que governadores canalhas e socialistas adotem medidas que inviabilizem as privatizações, o presidente Bolsonaro fez um apelo para que o Congresso mantenha o veto que retirou do novo marco legal do saneamento básico a permissão para que estatais renovassem seus contratos, sem licitação, por mais 30 anos.

Beneficiados pelo corporativismo, nenhum funcionário público federal teve redução de salário e, usando como desculpa a pandemia do coronavírus, cerca de 33% deles seguem fingindo que trabalham em casa.

Depois de Serra e Aécio, dois ex-presidenciáveis tucanos que respondem por crimes de corrupção, agora chegou a vez de Alckmin, que ontem foi indiciado, com base na delação da Odebrecht e uma farta quantidade de provas documentais, por corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro.

Destinada à colher “frutos amargos da sua traição”, Joice Hasselmann, pré-candidata do PSL à prefeitura de SP, afirmou que falsa briga entre PT e PSDB deixou a cidade no atraso e que mira os votos das mulheres, dos eleitores de centro, daqueles sem ideologia e até dos bolsonaristas.

Sempre em defesa dos bandidos, que obviamente são seus comparsas, cerca de 70 deputados tupiniquins de partidos socialistas como PT, PSOL, PDT, PSB e da Rede assinam uma carta na qual pedem a parlamentares norte-americanos que cobrem informações do governo dos EUA sobre a cooperação entre o FBI e a Lava Jato.

Também em defesa de bandidos e vagabundos, Luiza Erundina, Ivan Valente, Isa Penna e Guilherme Boulos, todos da organização criminosa PSOL, pediram no Tribunal de Justiça de SP que o governo de SP suspenda ações de reintegração de posse durante a pandemia.


Crítica:

Se preocupando cada dia mais em lacrar na internet e se apresentar como politicamente correta, a corretora XP anunciou ontem a meta de contar com 50% de mulheres em seu quadro de funcionários, em todos os níveis hierárquicos, até 2025.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário