R.B. 28/MAI/20 "Quem vigia o vigia"


"Quem vigia o vigia"

São Paulo, 28 de maio de 2020 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros após acumular ganho de 7,0% na semana e de 9,2% no mês, influenciada pelo novo amento das tensões políticas tupiniquins e acompanhando o recuo dos preços das commodities e (2) o DÓLAR pode subir, em um “ajuste técnico” após 6 pregões seguidos de baixa, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,9% (aos 87.946pts), retornando sua trajetória rumo aos 90.000pts, beneficiada pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais, pela valorização das commodities e pela crescente entrada de novos investidores e (2) o DÓLAR caiu -1,5% à R$ 5,28, para fechar o dia no menor patamar desde 17/ABR/20, seguindo o “humor positivo” na bolsa tupiniquim e influenciado pelos leilões de venda do BC.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,7%, impulsionada por ações de empresas do setor financeiro e China -0,3%, diante do aumento das tensões entre chineses e norte-americanos que têm Hong Kong como foco, (2) da EUROPA, Inglaterra 1,3%, França 1,3% e Alemanha 1,3%, animadas pela decisão da Comissão Europeia de divulgar um plano de 750bi de euros destinado à recuperação econômica do bloco após a quarentena do coronavírus e (3) dos EUA, S&P 1,5%, DJ 2,2% e NASDAQ 0,8%, com os investidores ainda animados pelas expectativas de reabertura econômica e pelo desenvolvimento de uma vacina para o coronavírus.

Reagindo de maneira firme à decisão de Pequim de ameaçar impor uma nova lei de segurança nacional em Hong Kong, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, disse que discutirá a aplicação de possíveis sanções à China nos próximos dias e que fará um anúncio a respeito até o fim desta semana.

Seguindo de forma rígida a cartilha de Paulo Guedes, ontem o presidente Bolsonaro sancionou a lei de socorro aos estados e municípios, vetando qualquer reajuste de salários de servidores públicos até o fim de 2021.

Como fruto do baixo patamar da taxa básica de juros tupiniquim, que paga 3,0% ao ano para quem empresta dinheiro para o governo, entre MAR/20 e ABR/20 os investidores estrangeiros se desfizeram de R$ 78,8bi em títulos públicos brasileiros e com isto o percentual de participação deles na dívida pública Federal caiu apenas 9,36%, o que representa o menor nível em 10 anos.

Sem opções de aplicações rentáveis e com risco baixo, em meio ao ciclo de corte da Selic, que seguirá em curso ante a fraca inflação e o reduzido nível de atividade econômica, é cada dia maior o número de investidores pessoa física na bolsa tupiniquim.

Apresentando novos dados assustadores causados pela quarentena do coronavírus, (1) nos meses de MAR/20 e ABR/20 1,1 milhão de brasileiros ficaram sem emprego e 8,1 milhões tiveram contrato suspenso ou corte de salário e jornada e (2) segundo projeções do Ipea em ABR/20 ocorreram recuos de -36,1% na produção industrial, de -28,4% nas vendas do comércio e de -23,7% nos serviços.

Alheio aos efeitos nefastos da quarentena do coronavírus, o setor agropecuário tupiniquim é o único com saldo positivo de empregos no ano, já que nos 4 primeiros meses de 2020 as contratações superam as demissões em 10.032.

Mostrando a confiança dos investidores internacionais no Brasil, ontem, com uma demanda bem maior que a oferta inicial, a Petrobrás fechou uma captação externa de US$ 3,2bi, pagando juros médios de 5,6% ao ano para os títulos com vencimento em 2031 e 6,75% ao ano para os títulos com vencimento em 2050.

-    O Twitter caiu -2,8% e o Facebook recuou -1,3%, ambos na bolsa de NY, já que Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, ameaçou regular ou fechar plataformas de mídia social após ser mais uma vez covardemente e injustamente censurado.


Política:

Criticado injustamente por Ciro Gomes, o general Heleno fez uma postagem dizendo, com toda razão, que o considera um débil mental, comparando-o ao Adélio, e diante disto a nefasta imprensa socialista tupiniquim já concluiu que o referido ministro estava contradizendo Bolsonaro sobre o fato de sua tentativa de assassinato ter mandantes.

Augusto Aras, que é o Procurador Geral da República, pediu ao ministro do STF Edson Fachin que suspenda o inquérito das fake news, alegando que ele é ilegal e inconstitucional por ter sido aberto pelo próprio STF e sem a participação do Ministério Público.

Alertando que é garantido a todos “o inalienável direito de criticar seus representantes e instituições de quaisquer dos Poderes” e a “ampla imunidade” de parlamentares por suas “opiniões, palavras e votos”, André Mendonça, ministro da Justiça, criticou a criminosa ação autorizada por Alexandre de Morais contra empresários e apoiadores do presidente Bolsonaro.

A deputada federal Carla Zambelli, que na terça-feira foi acusada pela nefasta imprensa socialista tupiniquim de saber antes de uma operação da PF, ontem foi alvo de uma operação da própria PF.

Defendendo sua tropa dos ataques covardes e criminosos dos canalhas do STF, ontem Bolsonaro, em uma reunião de emergência com todos os seus ministros, (1) afirmou que algo de muito grave está acontecendo com a democracia tupiniquim, (2) ressaltou que nenhuma violação à liberdade de expressão deve ser aceita passivamente e (3) leu um manifesto do advogado Modesto Carvalhosa que sugeriu a prisão preventiva dos ministros Dias Toffoli e Alexandre de Moraes por causa do criminoso e ilegal inquérito das fake news.

Partindo para o ataque, como deve ser feito por todos que tem sua liberdade colocada em risco, deputado Federal Gil Diniz, que foi um dos alvos da criminosa operação contra fake news, avisou que vai pedir impeachment do nefasto Alexandre de Moraes, ex-advogado do PCC e atual ministro do STF.

Convocada para depor no criminoso inquérito das fake news, a deputada Carla Zambelli classificou a investigação como “ilegal e inconstitucional”, ressaltando que “estamos vivendo um estado de exceção” e pedindo que o Senado analise pedidos de impeachment contra o nefasto ministro Alexandre de Moraes.

Louco, canalha, idiota e ditador, Doria, governador tucano de SP, lançou ontem mais um de seus planos mirabolantes e confusos, desta vez prometendo flexibilização das medidas restritivas da quarentena do coronavírus.

Parceiro de bandidos e assassinos da organização criminosa petista, que compram a imprensa, roubam dinheiro público e mandam matar seus adversários, Felipe Santa Cruz, nefasto presidente da OAB, comemorou a operação de censura deflagrada ontem pelos canalhas do STF, ressaltando que os “terroristas virtuais” conhecerão a face dura da Justiça e da lei.


Crítica:

O crime covarde e canalha, cometido ontem por Alexandre de Morais, ex-advogado do PCC e atualmente ministro do STF, contra a liberdade de expressão, determinando busca e apreensão de computadores e celulares de políticos e influenciadores digitais que o criticam, nos faz lembrar a famosa frase do poeta romano Décimo Júnio Juvenal, que viveu no século II DC e que dizia “quem vigia o vigia”.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Um comentário: