R.B. 26/MAI/20 "O problema da imprensa mentir tanto, é que no dia que ela falar a verdade, ninguém mais vai acreditar"


"O problema da imprensa mentir tanto, é que no dia que ela falar a verdade, ninguém mais vai acreditar"

São Paulo, 26 de maio de 2020 (TERÇA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, mesmo após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 10/MAR/29, reduzindo as perdas ainda acumuladas no ano (-25,9%), beneficiada pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais, por conta dos avanços das vacinas contra coronavírus, pela valorização das commodities e pelo fortalecimento do governo Bolsonaro e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, reduzindo mais uma parte da forte alta ainda acumulada no ano (35,8%), influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana e pela esperada manutenção do “humor positivo” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 4,2%, para fechar o dia acima dos 85.000pts (aos 85.663pts), impulsionada pelo fortalecimento do governo Bolsonaro causado pela divulgação do vídeo da reunião ministerial, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e beneficiada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR caiu -2,2% à R$ 5,46, para fechar o dia no menor patamar desde 30/ABR/20, seguindo os mesmos motivos que animaram a bolsa tupiniquim e elevaram o fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,7% e China 0,2%, com destaques de alta para as ações dos setores de transportes e imobiliário, (2) da EUROPA, com baixos volume de negócios, Inglaterra não teve pregão por conta de feriado, França 2,1% e Alemanha 2,9%, com os investidores otimistas com os processos de relaxamento das medidas de distanciamento social impostas pela pandemia de coronavírus e (3) dos EUA, S&P, DJ e NASDAQ permaneceram fechadas por conta de feriado nacional do Memorial Day.

Cada semana um pouco mais pessimista, o “mercado”, (1) piorou, desta vez de -5,12% para -5,89%, suas projeções para a retração da economia tupiniquim neste ano, (2) manteve em 2,25% sua previsão de taxa básica de juros em 31/DEZ/20 e (3) reduziu, de 1,59% para 1,57%, suas “apostas” para a inflação medida pelo IPCA em 2020.

Responsável por uma grande parcela dos empregos gerados no país, a indústria da construção civil estima que a queda nas vendas de imóveis no mês de ABR/20, o primeiro totalmente sob o impacto da quarentena do coronavírus, tenha sido de -38,8% e que neste mesmo período ocorreu uma redução de -63% nos lançamentos de novos empreendimentos.

Mostrando que nem a crise do coronavírus foi capaz de atrapalhar a eficiência da importantíssima reforma trabalhista aprovada no governo Temer, em ABR/20 o número de ações trabalhistas impetradas na justiça do Trabalho foi -35% menor que em ABR/19.

Também entusiasta da importantíssima agenda privatizante, Tarcísio Freitas, excelente ministro da infraestrutura, “avisou” que o Brasil conseguirá leiloar concessões de 43 aeroportos até o início do próximo ano, ressaltando que as esferas decisórias, incluindo o TCU, estão unidas para progresso do programa de desestatização.

Abrindo novas fronteiras para a pecuária tupiniquim, ontem, por conta de um brilhante trabalho feito pela equipe do governo Bolsonaro, o Brasil concluiu as negociações com a Tailândia para a venda de carne bovina brasileira, um mercado potencial de US$ 140mi por ano.

Cada dia mais fortalecida e importante para a economia nacional e para a segurança alimentar global, a agricultura tupiniquim, para se livrar da dependência de insumos importados (como fertilizantes e defensivos agrícolas), tem aumentado consideravelmente e constantemente o uso de bases biológicas na atividade, o que também ajuda a dar sustentabilidade no setor, menor custo de produção e maior renda para os produtores.

-    O BB subiu 10,5%, impulsionado pelas declarações de Paulo Guedes dizendo, durante reunião ministerial, que é preciso “privatizar logo esta merda”.

-    A Via Varejo disparou 15,5%, após a empresa anunciar que concluiu a compra de 100% do banco digital banQi da norte-americana Airfox.

-    A Renault subiu 3,7% na bolsa de Paris, diante do anúncio de que a montadora negocia com o governo francês um possível socorro estatal.


Política:

Com o apoio entusiasmado da nefasta imprensa socialista tupiniquim, que sempre esteve em sua folha de pagamentos, a organização criminosa petista lançou ontem uma série de vídeos pedindo o impeachment do Bolsonaro, acusando o presidente de matar 23 mil brasileiros de coronavírus e de querer armar a população para causar uma guerra civil.

Baixando sua bolinha corrupta e canalha, Celso de Mello, ministro do STF, atendeu manifestação da PGR e arquivou notícia-crime apresentada por senadores do REDE, que é mais uma linha auxiliar da organização criminosa petista, contra o presidente Bolsonaro por falsidade ideológica.

Criando dificuldades para venderam facilidades, líderes partidários do Senado definiram ontem que, antes de colocar em votação o fatídico projeto de lei que aumenta a taxação sobre o lucro dos bancos de 20% para 50%, vão convidar para uma reunião o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Se aproximando de um dos governadores canalhas que estão tentando lucrar politicamente economicamente com o coronavírus, na manhã de hoje a Polícia Federal fez buscas no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Witzel, do RJ, para investigar um esquema de desvios de recursos públicos destinados ao combate à referida pandemia.

Após mostrar coragem para dizer que os vagabundos do STF deveriam ser presos, Abraham Weintraub, ministro da educação que tem a dura missão de expurgar o fantasma de Paulo Freire do MEC, passou a ocupar nos grupos de apoiadores de Bolsonaro o lugar deixado por Sergio Moro como franco favorito para disputar a Presidência em 2026.


Crítica:

Para o desespero da mídia tradicional, que quer criminalizar o que classifica como “fake news”, cada dia mais as pessoas se informam pela internet, buscando a fonte primária da notícia, indicando que “o problema da imprensa mentir tanto, é que no dia que ela falar a verdade, ninguém mais vai acreditar”.

Disposta a tudo para derrubar o presidente Bolsonaro e voltar a receber sua mortadela estatal, a imprensa socialista tupiniquim fez ontem um alarde porque os EUA proibiram a entrada de brasileiros por conta do coronavírus, escondendo que os norte-americanos já tinham proibido semanas antes e pelo mesmo motivo a entrada de europeus, mexicanos e até canadenses.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário