R.B. 6/ABR/20 "4 boas notícias"



"4 boas notícias"

São Paulo, 6 de abril de 2020 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, com boas chances de zerar nesta semana as perdas acumuladas na semana passada (-5,3%), beneficiada pela valorização das commodities, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e impulsionada pelos sinais de retração do coronavírus na Europa e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo uma pequena parte da forte alta acumulada no ano (32,5%), seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pelos leilões de venda do BC.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -3,8% (aos 69.538pts), após um pregão marcado pela volatilidade, com máxima de 72.241pts e mínima de 67.082pts, no qual prevaleceram os temores de virar o final de semana comprado e más notícias sobre atividade econômica na Europa e sobre o mercado de trabalho dos EUA e (2) o DÓLAR subiu 1,1% à R$ 5,32, acompanhado o “humor negativo” na bolsa tupiniquim e a trajetória internacional da moeda norte-americana para fechar em um novo recorde histórico de alta.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,1% e China -0,6%, em um movimento de cautela diante do avanço do coronavírus e o comportamento volátil do petróleo, (2) da EUROPA, devolvendo os ganhos do pregão anterior, Inglaterra -1,2%, França -1,6% e Alemanha -0,5%, prejudicadas pela divulgação de que o índice de gerentes de compras da indústria e serviços da zona do euro caiu de 51,6pts em FEV/20 para 29,7pts em MAR/20, o que representa o menor patamar da história e (3) dos EUA, S&P -1,5%, DJ -1,7% e NASDAQ -1,5%, em um pregão marcado pelo anúncio de que em MAR/20 a economia norte-americana fechou -701 mil vagas de trabalho.

Após dizer que todos do Tesouro entendem a necessidade da expansão das despesas temporárias, em especial os gastos com saúde e com políticas para manutenção do emprego, Mansueto Almeida, Secretário do Tesouro Nacional, alertou que a pandemia do coronavírus não pode virar uma desculpa para a “farra fiscal”.

Com hotéis e restaurantes fechados e as feiras livres vazias, são crescentes os relatos de pequenos produtores rurais tupiniquins, que têm nestes setores seus principais canais de distribuição, que estão sendo obrigados a jogar fora seus produtos.

Apesar de refutar a possibilidade de cortar salários dos servidores públicos, Paulo Guedes, ministro da economia, afirmou, durante reunião virtual com parlamentares, que o correto, para dar o exemplo, seria congelar por 2 anos os salários dos servidores públicos.

Pressionado, pelos canalhas da imprensa e pelos bandidos do Parlamento, para acelerar a apresentação de medidas de combate à crise do novo coronavírus, Paulo Guedes, ministro da Economia, afirmou que qualquer crítica sobre demora na atuação do governo é oportunismo político.

Coberto de razão, Roberto Campos Neto, presidente do BC, afirmou que a autoridade monetária tupiniquim se adiantou e agiu mais rápido do que o resto do mundo para aliviar o impacto econômico causado pela crise do coronavírus, ressaltando que as medidas tomadas até o momento tiveram como objetivo liberar capital e a liquidez aos bancos e focar em pontos necessários para que o mercado continue operando.

Repetindo o que tem dito o presidente Bolsonaro, Kristalina Georgieva, diretora-administrativa do FMI, alertou que a pandemia de coronavírus tem levado a economia global à estagnação e mergulhado o mundo em uma recessão que será "muito pior" do que a crise financeira global de 2008-2009.

Como prenuncio do que ocorrerá com a economia tupiniquim, na segunda semana de MAR/20, quando as medidas de isolamento social já estavam em vigor na maior parte do país, o consumo de energia no Brasil caiu -8% na comparação com a semana anterior.

Alertando que crises econômicas ocorreram em intervalos de 3 a 10 anos no último século, Michael Viriato, professor de finanças do Insper, recomendou que os investidores (1) controlem suas as emoções, lembrando que Warren Buffet ensina que o mercado financeiro é uma máquina que transfere dinheiro de investidores impacientes para os pacientes e (2) comprem quando todos quiserem vender, ressaltando que Joanna Munro, CIO do HSBC, afirmou que a recuperação dos preços máximos anteriores demora cerca de duas vezes o tempo do declínio na crise.

Se beneficiando da corrida das pessoas aos supermercados para estocar comida nas suas residências, a Kraft Heinz, gigante de alimentos norte-americana, está registrando recordes de produção e trabalhando 3 turnos ao dia para atender à demanda de supermercados da Europa e dos EUA durante a pandemia de coronavírus.

-    A KLM subiu 1,3% na bolsa da Holanda, em meio a relatos da imprensa local de que ela negocia um pacote de empréstimo de até 6bi de euros com bancos, que seria apoiado pelos governos de França e Holanda.

Política:

Eleito com pouco mais de 20.000 votos e conhecido como Botafogo nas planilhas de propina da Odebrecht, Rodrigo Maia, nefasto presidente da Câmara, afirmou que o presidente Bolsonaro tem “marginais” como assessores, que comandam ataques nas redes sociais contra o Congresso Nacional e o STF.

Começando a preparar a população para o relaxamento da quarentena, Luiz Henrique Mandetta, ministro da saúde, publicou ontem um vídeo com instruções sobre como fazer uma máscara de tecido como forma de se proteger do novo coronavírus.

Contrariando o governo Federal, que se prepara para iniciar a reativar a economia após a Páscoa, Doria, o populista, lobista e canalha governador tucano de SP, deve anunciar hoje que estenderá até o final de ABR/20 as medidas de isolamento social no estado.

Perdendo mais uma oportunidade para ficar calado, ontem, sem citar nomes, Bolsonaro afirmou que integrantes de seu governo "viraram estrelas" e, em uma ameaça velada de demiti-los, disse não ter "medo de usar a caneta".

Ontem, após se reunir com Bolsonaro, o ex-deputado Alberto Fraga afirmou que o presidente está preocupado com a população e alertou que caos social que vai matar muito mais que o coronavírus.

Mostrando que a forme ainda não é o principal problema, 76% dos brasileiros, segundo uma pesquisa da sempre suspeita Folha de SP, defendem o isolamento social, 66% apoiam o fechamento do comércio não essencial, 87% avaliam que as aulas devem continuar suspensas e 7% acham que as pessoas devem ser proibidas de sair de casa.

Garantindo que “cogita pedir demissão”, Mandetta, ministro da Saúde, ressaltou que "médico não abandona paciente" e que continuará a realizar seu trabalho independentemente das críticas que recebe do presidente Bolsonaro.

Dando um “balho de água fria” na organização criminosa petista e em suas linhas auxiliares, segundo uma pesquisa divulgada ontem 59% dos brasileiros são contrários a renúncia do presidente Bolsonaro.

Recebendo os holofotes e as atenções da nefasta imprensa socialista tupiniquim, que tem saudades da farta distribuição de mortadela estatal durante seu governo, Dilma afirmou que é correta a aproximação e os afagos entre o tucano Doria e o petista Lula.

Beneficiados por “decisões de juízes canalhas e provavelmente vendidos para facções criminosas”, milhares de presos, entre eles assassinos e estupradores, estão sendo libertados das cadeias brasileiras sobre o pretexto de serem do grupo de risco do coronavírus.

Agindo institucionalmente, a Advocacia-Geral da União afirmou ao Supremo Tribunal Federal que o governo Bolsonaro tem seguido todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde no combate à pandemia do novo coronavírus, incluindo medidas de isolamento social.

Crítica:

Enquanto a grande maioria dos brasileiros endinheirados, da iniciativa privada e do setor público, se refugiam confortavelmente em uma quarentena VIP em seus lares, a ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente do Tribunal Superior do Trabalho, decidiu que trabalhadores e terceirizados da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos pertencentes a grupos de risco ao novo coronavírus devem voltar a trabalhar imediatamente.

Dando “4 boas notícias” no combate ao coronavírus, (1) a Espanha registrou nas últimas 24 horas o menor número de mortos desde 24/MAR/20, (2) o número de mortos por dia na França caiu -19% de sábado para domingo, (3) em NY, cidade norte-americana mais afetada pela doença, as novas hospitalizações despencaram de 1.095 pacientes na sexta-feira para 574 no sábado e (4) ontem, pelo segundo dia consecutivo, a Itália assistiu a uma queda no número de pacientes na UTI.

Contrariando totalmente a lógica da humanidade e mostrando que o coronavírus está expondo o enorme egoísmo existente no mundo, o Papa Francisco afirmou, durante a celebração da missa do Domingo de Ramos no Vaticano, que os mais jovens devem se sacrificar pelos mais velhos.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário