R.B. 1/ABR/20 "É um magistrado medíocre e não um economista prestigiado"



"É um magistrado medíocre e não um economista prestigiado"

São Paulo, 1 de abril de 2020 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, influenciada pelas fortes perdas das principais bolsas mundiais, pelo recuo das commodities e pelo surgimento e fortalecimento de ideias socialistas, estatizantes e até anarquistas para se combater a crise econômica causada pelo coronavírus e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, ampliando os ganhos acumulados no primeiro trimestre do ano (29,5%), diante da esperada manutenção do “humor negativo” na bolsa tupiniquim e da trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -2,2% (aos 73.020pts), revertendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu 75.511pts, para fechar os 3 primeiros meses do ano registrando a maior baixa trimestral da sua história (-36,9%), desta vez acompanhando a piora do “humor” nas bolsas de NY, diante da percepção de que a economia norte-americana já está em recessão e (2) o DÓLAR subiu 0,4% à R$ 5,21, para fechar o mês acumulando uma valorização de 16,0%, o que representa a maior alta mensal desde SET/11, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos temores de redução do fluxo positivo de recursos externos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,8% e China 0,2%, beneficiadas por sinais de que a economia chinesa começa a se recuperar do violento impacto econômico da pandemia de coronavírus, (2) da EUROPA, após mais um pregão com volatilidade, Inglaterra 1,9%, França 0,4% e Alemanha 1,9%, com investidores reagindo positivamente as notícias sobre estímulos financeiros e ações governamentais, como a decisão do governo francês de permitir o adiamento do pagamento de impostos por companhias aéreas do país e (3) dos EUA, devolvendo os ganhos da abertura, para fecharem o primeiro trimestre registrando as maiores perdas para o período de 3 meses desde 1987, S&P -1,6%, DJ -1,8% e NASDAQ -0,9%, prejudicadas por declarações de Mary Daly, presidente do FED de São Francisco, alertando que o país já pode estar em recessão, e pelo anuncio de Trump de que no mínimo 100 mil norte-americanos morrerão de coronavírus.

Otimista, a Capital Economics, que é uma consultoria de pesquisa econômica sediada em Londres, anunciou que acredita que, nos próximos meses, haverá evidências crescentes de que a pandemia do coronavírus foi controlada em boa parte do mundo, incluindo os EUA, e que isso preparará o cenário para uma recuperação mais duradoura nos mercados acionários globais.

Com a economia chinesa já dando sinais de recuperação da crise do coronavírus, o índice de gerentes de compras industrial da China subiu de 35,7pts em GEV/20 para 52pts em MAR/20, patamar acima do esperado pelo “mercado” (51,5pts).

Respondendo ao canalha do Rodrigo Maia, presidente da Câmara que está reclamando que o governo Bolsonaro está demorando para pagar o benefício de R$ 600,00 para trabalhadores informais, intermitentes e MEIs, Paulo Guedes, brilhante ministro da economia, afirmou que há toda uma logística, que dinheiro não cai do céu e que não é trivial colocar dinheiro na mão de 38 milhões de pessoas.

Desde o início do surto do coronavírus, o BC tupiniquim já liberou R$ 1,2tri para o sistema financeiro brasileiro, porém, como o mercado é dominado e monopolizado por 3 bancos privados e 2 bancos públicos, o dinheiro não chega nas empresas e nos consumidores.

Alertando, coberto de razão, que a ciência médica é tão imprecisa quanto a econômica, Rubens Noavaes, presidente do Banco do Brasil, afirmou que o Brasil corre risco de sofrer uma enorme depressão por conta de decretos populista e alarmistas de governadores e prefeitos determinando o isolamento horizontal da população.

Aparentemente ainda sem refletir os efeitos do coronavírus, em MAR/20 as operações de fusões e aquisições realizadas no Brasil e notificadas ao Cade cresceram 37% em relação ao mesmo mês de 2019.

Após avançar 1,9% em 2019, o agronegócio paulista, que no ano passado representou 12% de toda riqueza produzida em SP, espera manter o ritmo de crescimento mesmo diante da crise do coronavírus, projetando inclusive um aumento nas exportações de carnes e grãos.

No dia 23/JAN/20, quando bateu o recorde histórico em reais (119.528pts), o Ibovespa dolarizado estava em 28.688pts e, mostrando que na verdade a retração da bolsa tupiniquim é bem maior, caiu para 14.051pts ontem, o que representa uma queda de -51,0% no período.

-    A Ford caiu -4,0% na bolsa de NY, após a empresa, que pretendia reiniciar suas atividades em 6/ABR/20, decidir adiar a retomada da produção em fábricas da América do Norte para proteger funcionários da pandemia.
-    A United Airlines subiu 4,6% na bolsa de NY, beneficiada pelo anúncio de incentivo do Departamento do Tesouro dos EUA, que pediu a empresas do setor que entreguem pedidos de subsídios e empréstimos até sexta-feira.

Política:

Preciso, didático e bem lúcido, Bolsonaro, apesar das já esperadas críticas da nefasta imprensa socialista tupiniquim, desta vez acertou em seu pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, (1) admitindo que não existe remédio ou vacina com eficiência cientificamente comprovada contra o coronavírus, (2) defendendo colaboração entre os poderes e governadores e (3) usando as palavras de Tedros Adhanom, socialista etíope que dirige a OMS, ao dizer que “é preciso salvar vidas sem deixar para trás os empregos”.

Esquecendo que “é um magistrado medíocre e não um economista prestigiado”, Dias Toffoli, presidente do STF e ex-advogado da organização criminosa petista, preparou um nefasto projeto de lei, com viés socialista e quiçá até anarquista, que determina a suspensão do pagamento de aluguéis e a proibição de ações de despejo.

Com os socialistas e idiotas colocando, com o apoio da nefasta imprensa tupiniquim, suas manguinhas de fora, foi ressuscitada no Congresso a proposta de taxação de grandes fortunas e de empréstimo compulsório de parte do lucro de empresas.

Alvo, assim como os ministros Mandetta e Paulo Guedes, de constantes fake news da nefasta imprensa socialista tupiniquim, o ministro Sergio Moro elogio o pronunciamento de ontem do presidente Bolsonaro, defendendo o isolamento social e as medidas para proteger empresas, renda e emprego.

Crítica:

Ajudando a manter as regalias dos políticos, Reis Friede, presidente do TRF-2, acolheu pedido da AGU e determinou a suspensão da decisão da 26ª Vara Federal no RJ, que havia cobrado do Executivo e do Legislativo manifestação acerca do uso do fundão eleitoral no combate ao novo coronavírus.

Se esbaldando em uma audiência recorde, já que todos estão presos em casa sem ter nada de útil para fazer, a nefasta e corrupta TV Globo decidiu reprisar, no próximo domingo, a final da Copa do Mundo de 2002, última grande atuação da seleção brasileira de futebol.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário