R.B. 11/MAR/20 "A arrogância e a prepotência que tem afugentado cada dia mais telespectadores"



"A arrogância e a prepotência que tem afugentado cada dia mais telespectadores"

São Paulo, 11 de março de 2020 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, ampliando as perdas acumuladas no ano (-20,3%), no (-11,5%) e na semana (-5,9%), influenciada pela nova retração dos preços das commodities e pela intensificação dos casos de coronavírus na Europa e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando a valorização internacional da moeda norte-americana e influenciado pela manutenção das “apostas” de corte da taxa de juros na reunião do Copom da próxima semana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 7,1%, recuperando mais da metade das perdas do pregão anterior (-12,2%) e registrando a maior alta diária desde 8/DEZ/08, acompanhando a melhora do “humor” nas demais bolsas mundiais e influenciada positivamente pelas medidas de estímulos adotadas para atenuar o impacto do coronavírus na economia e (2) o DÓLAR caiu -1,6% à R$ 4,65, registrando a maior baixa percentual desde 4/SET/19, em um “ajuste técnico” após avançar em 13 das 15 ultimas sessões, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e com exportadores, investidores e especuladores aproveitando o elevado patamar para vendas.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,8% e China 1,8%, apagando uma pequena parte das robustas perdas que sofreram no pregão anterior, em meio à expectativa de que governos tomem novas medidas para amenizar o impacto econômico da disseminação do coronavírus, (2) da EUROPA, após um pregão com muita volatilidade, Inglaterra -0,1%, França -1,5% e Alemanha -1,4%, diante do pânico espalhado, principalmente pelo governo Italiano, por conta do inevitável avanço do coronavírus na região e (3) dos EUA, recuperando uma boa parte das perdas do pregão anterior, S&P 4,9%, DJ 4,9% e NASDAQ 4,9%, com destaques de alta para as ações dos bancos, com JPMorgan (7,8%), Citigroup (8,2%) e Wells Fargo (8,0%), animados pelas sinalizações de que o governo do país vai adotar estímulos à economia e pelas expectativas de que a candidatura do socialista Bernie Sanders será enterrada em breve.

Com o objetivo de preservar o bom desempenho da economia, nos EUA (1) Steven Mnuchin, secretário do Tesouro, afirmou haver entendimento entre republicanos e democratas sobre resposta econômica ao coronavírus e (2) Trump, presidente do país e CPT do mundo, sinalizou que pretende desonerar a folha de pagamentos até a eleição presidencial de NOV/20.

Citando medidas duras como as adotadas pelo governo italiano, que anunciou quarentena e restringiu a circulação de pessoas em todo país, o banco Morgan Stanley anunciou que prevê recessão na Europa já no primeiro semestre deste ano.

Ontem, em ofício enviado aos canalhas que comandam o Congresso Nacional, Paulo Guedes, brilhante ministro da Economia, pediu, citando o agravamento da crise internacional causada pelo coronavírus, a aceleração da pauta de reformas econômicas e projetos enviados pelo governo, destacando a privatização da Eletrobras, a autonomia do BC, as novas regras para recuperação judicial de empresas e os novos marcos legais de gás, do setor elétrico, de ferrovias e de saneamento.

Repetindo o que é cada vez mais escutado entre os economias e analistas, Hélio Beltrão, economista e presidente do brilhante Instituto Mises Brasil, alertou que o baixo patamar da taxa básica de juros está incompatível com estresse internacional e tem causado fuga de capital e alta do dólar, ressaltando que o BC, na sua reunião da próxima semana, deveria elevar a Selic.

Alijados da política nacional, por incompetência, por militância socialista ou pela polícia, (1) Delfin Neto argumentou que o governo deve negociar com os bandidos do Congresso Nacional e (2) Armínio Fraga afirmou que o Congresso tem feito muito pelo Brasil e (3) Lula, maior bandido da história tupiniquim, aconselhou Bolsonaro a fazer investimentos públicos.

Dando mais um sinal positivo da economia tupiniquim, em JAN/20 a produção industrial brasileira cresceu 0,9% na comparação com DEZ/19, o que representa o melhor resultado para o mês desde JAN/17.

Em comunicados ao mercado, a Telefônica e a TIM informaram que as duas companhias manifestaram ao Bank of America Merrill Lynch, assessor financeiro da Oi, interesse em iniciar tratativas com vistas a uma potencial aquisição, em conjunto, do negócio móvel do Grupo Oi, no todo ou em parte.

Política:

Morrendo de medo das manifestações populares marcadas para o próximo domingo, Rodrigo Maia, nefasto presidente da Câmara e um dos principais alvos, afirmou que está evitando alimentar atritos com o presidente Bolsonaro (sem partido) e defendeu que o Congresso não entre em conflitos com o Executivo para não ajudar o governo a “jogar o Brasil numa recessão”.

Indicando que Bolsonaro fala cada dia mais apenas para seu “fã clube”, segundo uma pesquisa divulgada hoje o governo do referido presidente tupiniquim é positivo para 30% dos brasileiros, negativo para 35% e regular para 34%.

Finalmente mostrando sua cara, Eduardo Bolsonaro é um dos signatários da carta aberta, elaborada por parlamentares, que pede a Bolsonaro que retire um dos projetos que dá aos canalhas que comandam o Congresso Nacional o controle de até R$ 19bi do Orçamento.

Segundo uma reportagem da Veja, um ministro do TSE teria dito que o discurso de Bolsonaro sobre a fraude eleitoral em 2018 é apenas uma manobra do presidente para tentar evitar o suposto fracasso dos protestos marcados para o próximo domingo, dia 15/MAR/20.

Herói tupiniquim, do mesmo nível que o ministro Sergio Moro, o procurador Deltan Dallagnol afirmou, ao fazer um balanço de 6 anos da Lava Jato, que, por conta de decisões do Supremo Tribunal Federal e de iniciativas do Congresso Nacional, existe hoje um ambiente “mais difícil” de combate à corrupção se comparado ao do início da operação.

Mostrando que gosta de arrumar confusão, o que nem sempre é ruim, o procurador Renato Brill de Góes,  escolhido por Augusto Aras como novo vice-procurador-geral Eleitoral, utilizou as redes sociais para ironizar o caso Queiroz, classificar de “baboseira” dúvidas sobre as urnas eletrônicas, criticar ações do governo na área ambiental e ainda o inquérito aberto de ofício por Dias Toffoli.

Crítica:

Com “a arrogância e a prepotência que tem afugentado cada dia mais telespectadores”, a TV Globo, assinando mais um atestado de incompetência, afirmou em uma nota patética lida no JN que não sabia que o travesti que foi vitimizado por uma reportagem do Fantástico estava preso por ter estuprado e assassinado uma criança de 9 anos.

Desdenhando da lei, uma empresa chamada bet365 anuncia abertamente em grandes sites nacionais um sistema de apostas esportivas on-line.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário