R.B. "Apostas para 2020 e avaliação de 2019"



"Apostas para 2020 e avaliação de 2019" 

São Paulo, 31 de dezembro de 2019 (TERÇA-FEIRA).

"Apostas do R.B. para o final de 2020"

Já acostumado, e quiçá bastante enfeitiçado, pelo poder, Bolsonaro tem em 2020 o desafio de seguir com a agenda de reformas, importantes para o crescimento sustentável da economia, e de recuperar a popularidade, abalada pelas denúncias contra seu filho e pelas besteiras que ele mesmo fala. Missões nada simples.

As eleições municipais provarão que nem Lula e nem Bolsonaro são cabos eleitorais infalíveis e devem confirmar o crescimento dos partidos liberais, como o NOVO, o MBL e o Podemos. Algo bastante positivo para o futuro do país.

Com as principais lideranças tupiniquins fragilizadas, a voz das ruas voltará a ser ouvida no Congresso Nacional, facilitando o combate a corrupção e o andamento de pautas importantes.

A recuperação da economia, com queda do desemprego e aumento da renda, devem elevar o fluxo positivo de recursos externos, destinados à investimentos no promissor setor produtivo do pais, estimular a queda do dólar e até, se tudo correr muito bem, causar a elevação da "nota" do Brasil por ao menos 1 das 3 principais agências de classificação de risco.

No cenário externo Trump, que deve se reeleger com certa facilidade, vai seguir implementando medidas de estímulo à economia do seu pais, que já está no pleno emprego, com inflação controlada e juros baixos.

Na Europa o Brexit finalmente entrará em vigor, retirando a Inglaterra da zona do euro e deixando apenas a Alemanha para "pagar o pato" dos países cada vez mais improdutivos e socialistas da região, em especial a França.

Na China, diante do fim da guerra comercial com os norte-americanos, o PIB pode se recuperar e o governo local reforçará seus laços com os países emergentes, beneficiando as exportações brasileiras.
  
Indicador
''Aposta'' para 31/DEZ/20
Ibovespa
160.000pts
Dólar/Real
R$ 3,70
Juros - Selic
4,50%
PIB
3,0%
Inflação - IPCA
4,0%
Exportações
US$ 260bi
Desemprego
9,5%


"Avaliação das apostas de 2019"

O primeiro ano do Brasil governado pela direita conservadora, após 36 anos de socialistas no poder, foi positivo e traumático, positivo pois Bolsonaro escalou um excelente time de ministros, com destaques para Paulo Guedes, Sergio Moro e Tarcísio Freitas, e traumático por conta da falta de traquejo, e até vocação, do presidente eleito para o cargo que ocupa, perdendo muito tempo e energia em assuntos de pouca relevância.

Com a inflação controlada, bem próxima das nossas "apostas", a demanda estagnada e a capacidade ociosa enorme, por conta de anos de recessão e de cleptocracia petista, para estimular o crescimento da economia, que ficou bem aquém do esperado, o BC cortou a taxa básica de juros bem mais do que as expectativas, mas isto ajudou a reduzir pouco a taxa de desemprego, que que fecha o ano bem acima do projetado.

Os seguidos cortes da taxa básica de juros, que está no menor patamar da história, mudou rapidamente a cabeça do investidor brasileiro, que começa cada dia mais a investir em ações, levando a bolsa de valores a bater seguidos recordes históricos de alta e a fechar 2019 bem próxima da previsão do R.B., mas também causou uma alta acima do esperado na cotação do dólar, já que o investidor externo não enxerga mais atratividade no diferencial entre os juros tupiniquins e os juros dos países desenvolvidos.

As exportações brasileiras, que não se beneficiaram da desvalorização do real, foram prejudicadas pela guerra comercial entre EUA e China, pela ampliação da crise na Argentina e por declarações desnecessárias do presidente Bolsonaro, que caiu na provocação de ONGs canalhas, da imprensa socialista tupiniquim, do presidente da França e até de uma pirralha sueca.

Indicador
''Aposta'' de 2019
Realizado em 2019
Ibovespa
120.000pts
115.645pts
Dólar/Real
R$ 3,60
 R$ 4,02
Juros – Selic
6,5%
4,50%
PIB
3,0%
1,2%*
Inflação - PCA
4,0%
4,04%*
Exportações
US$ 260bi
US$ 225bi*
Desemprego
8,0%
11,2%*

(*) valores aproximados, já que falta a divulgação oficial.


PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário