R.B. 19/NOV/19 "Um enorme avanço para a democracia tupiniquim"



"Um enorme avanço para a democracia tupiniquim

São Paulo, 19 de novembro de 2019 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, recuperando as perdas do pregão anterior, beneficiada pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais e impulsionada pela gradativa melhora das perspectivas para a economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a esperada melhora do "humor" na bolsa brasileira e influenciado pelos esperados leilões de venda do BC.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,3% (aos 106.269pts), devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu 107.519pts, com destaques de queda para Petrobrás (-0,8%) e Vale (-1,3%), prejudicadas pelo recuo das commodities e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 4,20, para fechar o dia no maior patamar da história, acompanhando a piora do "humor" na bolsa tupiniquim, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e com o "mercado" testando os limites do BC em um ambiente de tensões políticas na América Latina.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,5% e China 0,6%, favorecidas por sinais de que Pequim e Whashigton caminham no sentido de fechar um acordo comercial preliminar, (2) da EUROPA, sem uma tendência única e devolvendo quase todos os ganhos da abertura, Inglaterra 0,1%, sustentada pelo bom desempenho das ações dos bancos, porem França -0,2% e Alemanha -0,3%, apesar do BC alemão afirmar, em relatório mensal, que não teme uma recessão para o país e (3) dos EUA, batendo novos recordes históricos de alta, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, beneficiadas pela notícia de que Trump, presidente do país e CPT do mundo, afirmou que teve uma conversa "cordial" com Jerome Powell, presidente do FED ("BC" local) sobre juros, câmbio e também sobre o comércio global, incluindo a China.

Em mais uma tentativa de conter a desaceleração da economia doméstica, o Banco do Povo da China anunciou que cortou os juros para operações de recompra reversa de 7 dias, de 2,55% para 2,50% ao ano, na primeira redução da taxa desde OUT/15.

Cada semana um pouco mais otimista, o "mercado" (1) elevou, desta vez de 2,08% para 2,17%, suas "apostas" para o crescimento da economia brasileira em 2020 e (2) manteve em 3,60% suas projeções para a inflação medida pelo IPCA no ano que vem, patamar abaixo do centro da meta do BC (4,0%).

Mostrando que, mesmo com a alta do dólar, a inflação está controlada e o Copom pode seguir cortando a taxa básica de juros, o IGP-M registrou deflação de -0,01% na segunda prévia de NOV/19, acumulando com isto um avanço de apenas 3,65% nos últimos 12 meses.

Comprovando mais uma vez o excelente trabalho feito pelo brilhante Ministro Paulo Guedes e por sua equipe, ontem foi anunciado que o déficit fiscal do país em 2019 deve ficar abaixo de R$ -80bi, rombo muito menor do que a meta estipulada para este ano, que era de R$ -139bi.

Dando mais um sinal positivo da economia tupiniquim, em NOV/19 o Índice de Adequação dos Estoques do comércio da capital paulista ficou em 121,3pts, o que representa o maior patamar para o período desde NOV/13.

"Apostando" na recuperação da economia tupiniquim, no dia 21/NOV/19 o Sam's Club abrirá 2 novas lojas em SP que fazem parte do projeto de expansão do grupo Big, que neste ano planeja investir mais de R$ 110mi na conversão de 4 hipermercados em clube de compras.

-    A Embraer caiu -0,3%, mesmo após a empresa anunciar que recebeu pedidos de R$ 1,5bi das aéreas da Nigéria e África Ocidental.

Política:

Atendendo a pedidos da esquerda e da direita e oposição dos caciques partidários, Luís Roberto Barroso, ministro do STF, marcou para 9/DEZ/19 uma audiência pública para ouvir movimentos políticos, entidades, parlamentares, partidos e especialistas sobre a possibilidade de o STF permitir candidaturas sem filiação partidária, o que se aprovado será "um enorme avanço para a democracia tupiniquim".

Lula, líder máximo da organização criminosa petista, vai se reunir com Rodrigo Maia, líder da organização criminosa do centrão, certamente para negociar e traçar estratégias e medidas contra a operação Lava Jato.

Temendo um impacto negativo nas eleições municiais, dirigentes dos partidos da organização criminosa do centrão contrariam o entendimento do seu líder Rodrigo Maia e dispensam, ao menos neste momento, uma aproximação com Lula.

Com medo de ser o primeiro ministro do STF a sofrer um processo de impeachment, Toffoli, ex-advogado do PT e atualmente presidente do STF, voltou atrás da decisão que determinou que o antigo Coaf lhe enviasse cópias de todos os relatórios de inteligência financeira feitos nos últimos três anos.

Câmara e Senado devem criar uma comissão mista informal para chegar a uma "convergência" entre o pacote de reforma tributária que o governo deve enviar até o fim deste mês ao Congresso e as duas outras propostas que já tramitam em ambas as Casas.

Crítica:

Querendo se desfazer o quanto antes da sociedade com bandidos, o BNDES já contratou 5 grandes bancos para coordenarem a venda das ações que tem da JBS e que representam 21% dos papéis do referido frigorífico.

O setor de lubrificantes, que movimenta mundialmente US$ 146bi por ano, corre o risco de sofrer o mesmo destino da fabricante de filmes fotográficos Kodak, graças à expansão dos veículos elétricos, que são mais simples e usam muito menos graxa do que os veículos de combustão.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário