R.B. 31/OUT/19 "Nefasta, canalha e escrota disseminadora de fake news"



"Nefasta, canalha e escrota disseminadora de fake news"

São Paulo, 31 de outubro de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, desdenhando do movimento descendente das principais bolsas mundiais, embalada pelo fortalecimento do governo Bolsonaro, diante do recuo da nefasta TV Globo, e principalmente impulsionada pela sinalização clara de que a taxa básica de juros da economia brasileira, que ontem caiu para o menor patamar da história (5,0%), seguirá sendo reduzida nas próximas reuniões do Copom e (2) o DÓLAR pode subir, em um “ajuste técnico” após fechar o pregão anterior no menor patamar desde 13/AGO/19, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pela expectativa de redução ainda maior do diferencial entre os juros tupiniquim e dos EUA.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,8%, para fechar o dia registrando um novo recorde histórico de alta (aos 108.407pts), embalada pelo bom desempenho das bolsas de NY e das commodities, à espera da confirmação de mais um corte na taxa básica de juros tupiniquim e também impulsionada pela divulgação de bons resultados corporativos e (2) o DÓLAR caiu -0,4% à R$ 3,98, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu R$ 4,03, e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, diante dos sinais de novos cortes da taxa básica de juros nos EUA.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,6% e China -0,5%, em meio a preocupações renovadas com a disputa comercial entre Pequim e Whashigton, diante de “rumores” de que a fase 1 do acordo comercial pode não ficar pronta a tempo de ser assinada durante evento no Chile no mês que vem, como se previa anteriormente, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,3%, França 0,4% e Alemanha -0,2%, sem uma direção única, à medida que a cautela antes da decisão sobre juros nos EUA se somou à resposta dos mercados à publicação de balanços corporativos mistos e (3) dos EUA, com o S&P atingindo um novo maior patamar da história (aos 8.304pts) S&P 0,3%, DJ 0,4% e NASDAQ %, diante dos sinais de que a autoridade monetária do país deve adotar medidas adicionais de estímulo monetário.

Como esperado por mais de 90% do “mercado”, ontem o FED (“Copom” norte-americano) decidiu cortar a taxa básica de juros da economia dos EUA em -0,25%, indicando inclusive que ainda pode promover novas reduções, apesar dos sinais de melhora da economia, como os indicados pelo PIB do país no terceiro trimestre do ano, que ficou acima do esperado.

Também como esperado por mais de 90% do “mercado”, ontem o Copom tupiniquim reduziu a taxa básica de juros da economia brasileira em -0,5%, de 5,5% para 5,0% ao ano, deixando bem claro que, como a inflação está controlada e o setor produtivo precisa de estímulos, novas reduções devem ocorrer nas próximas reuniões da referida autoridade monetária.

Como fruto de mais uma redução da taxa básica de juros tupiniquim, que está no menor patamar da história, a caderneta de poupança, que rende 70% da Selic, e cerca de 41% dos fundos de renda fixa, principalmente aqueles vendidos pelos grandes e monopolistas bancos tupiniquim, perdem para inflação projetada para os próximos 12 meses (3,54%).

-  Mostrando otimismo com o futuro da economia tupiniquim, a BR Malls anunciou ontem que planeja inaugurar 150 lojas em 26 de seus shoppings até DEZ/19.
-   Dando mais um sinal de controle das contas públicas, em SET/19 as contas do governo federal registraram déficit de R$ -20,4bi, o que representa o melhor resultado em 4 anos.

Se esbaldando às custas de 200 milhões “de patos”, ainda sem nenhuma medida concreta do “liberal” governo Bolsonaro para abrir o setor à concorrência internacional, (1) o Bradesco registrou um lucro R$ 6,5bi no terceiro trimestre deste ano, patamar 19,6% maior que o auferido no mesmo período de 2018 e (2) o Santander registrou um lucro de R$ 3.7bi no terceiro trimestre deste ano, patamar 19,2% maior que o auferido no mesmo período de 2018.

Reagindo positivamente à expectativa de cortes da taxa básica de juros e ao anúncio da Caixa Econômica Federal de reduzir os juros cobrados em financiamentos imobiliários, o índice IMOB, que reúne 14 ações de empresas do setor de construção civil, fechou em alta de 1,78% na bolsa tupiniquim.

Política:

Nefasta, canalha e escrota disseminadora de fake news”, ontem a TV Globo, com medo de perder ainda mais credibilidade, audiência, os anunciantes que pagam suas contas e quiçá até sua concessão pública, desmentiu a insinuação que fez no dia anterior de que o presidente Bolsonaro seria o mandante do assassinato de Marielle Franco.

Para a surpresa de ninguém, ontem deputados petistas aproveitaram a reportagem exibida no dia anterior pelo Jornal Nacional sobre o caso Marielle Franco para atacar Bolsonaro, com destaque para o petista Jorge Solla, da Bahia, que disse no plenário da Câmara que o presidente tupiniquim tem “relações com a milícia”.

Marionete da organização criminosa petista, Felipe Santa Cruz, presidente da OAB (Organização de Amigos dos Bandidos), afirmou que Bolsonaro é um homem de um viés autoritário, ressaltando que há nele um ditador enrustido que quer calar o trabalho livre da imprensa brasileira.

Com o objetivo de manter bandidos na cadeia, a carta que o brilhante senador Lasier Martins, do Podemos do RS, vai entregar a Dias Toffoli, nefasto presidente do STF, em defesa da prisão de condenados em segunda instância já tem 35 assinaturas de senadores de diversos partidos, mas obviamente nenhuma dos membros da organização criminosa petista.

Finalmente acabando com mais uma palhaçada socialista, a pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, o ministro relator do caso no Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, extinguiu, sem julgamento do mérito, a estúpida e descabida ação ajuizada pela ex-procuradora-geral Raquel Dodge que pedia indenização para indígenas guaranis atingidos pela construção da hidrelétrica Itaipu durante o regime militar (1964-1985).

Mais falso que uma nota de R$ 3,00, Dória, governador tucano de SP, afirmou que não será candidato à reeleição, porem desconversou quando foi questionado sobre a possibilidade de ser candidato à Presidência em 2022.

De olho no controle das centenas de milhões de reais em dinheiro público que o partido receberá por conta do nefasto fundo eleitoral e partidário, Bolsonaro acionou a PGR para tentar tirar Luciano Bivar do comando do PSL.

Depois de 230 dias e quatro prorrogações de prazo, o grupo de trabalho da Câmara que analisou, e dilacerou, o pacote anticrime de Sergio Moro aprovou ontem um texto alternativo ao parecer do relator, deputado Capitão Augusto (do PL de SP), que agora deve ser entregue ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e analisado em plenário.

Tentando se livrar do fantasma de Lula, líderes de partidos de esquerda, como PV, PDT, PSB e Rede, querem costurar alianças em cerca de 120 cidades na eleição do ano que vem.

Crítica:

Vagabundo, ordinário, canalha e principalmente pilantra, o Greenpeace ameaçou entrar com uma queixa-crime no STF contra Ricardo Salles, brilhante ministro do Meio Ambiente, por ele ter insinuado, com uma boa chance de estar certo, que um navio da referida ONG é responsável pelo vazamento de óleo nas praias do Nordeste.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário