R.B. 1/AGO/19 "De forma corajosa e segura"



"De forma corajosa e segura"

El Colorado, 1 de agosto de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, beneficiada pela valorização das commodities e com os investidores comemorando a decisão corajosa do Copom de cortar a taxa básica de juros da economia brasileira em -0,5% e (2) o DÓLAR pode cair, em um “ajuste técnico” após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 3/JUL/19, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,1%, para fechar o mês acumulando uma valorização de apenas 0,8%, com destaques de queda para as ações dos bancos, como Bradesco (-2,5%) e Itaú (-2,7%), e acompanhando a piora do “humor” nas bolsas de NY, diante de diferentes interpretações sobre os próximos passos do BC norte-americano e (2) o DÓLAR subiu 0,8% à R$ 3,82, influenciado pelas perdas na bolsa tupiniquim e pela “briga” para a formação da cotação de fechamento do mês.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,9% e China -0,7%, com os investidores temendo um desfecho negativo nas negociações comerciais entre Pequim e Washington, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,8%, França 0,1% e Alemanha 0,3%, beneficiadas pela divulgação de resultados positivos de grandes empresas e pelo anúncio de que a taxa de desemprego da zona do euro caiu para 7,5%, o que representa o menor patamar desde 2008 e (3) dos EUA, S&P -1,1%, DJ -1,2% e NASDAQ -1,1%, já que, apesar de reduzir os juros básicos do país, o FED (“Copom” local) não deixou claro se fará novas reduções da taxa.

Ao anunciar, conforme amplamente esperado, o primeiro corte da taxa básica de juros dos EUA desde 2008, o FED (“Copom” local) mencionou "implicações de acontecimentos globais sobre a perspectiva econômica" e "pressões inflacionárias contidas" no país como justificativas para a redução.

Ontem, em uma intensidade maior do que a esperada, o Copom, “de forma corajosa e segura”, decidiu cortar a taxa básica de juros da economia brasileira em -0,5%, de 6,5% para 6,0% ao ano, o que representa o menor patamar da história do país.

A aprovação da reforma da Previdência, a inflação abaixo da meta e a economia fraca foram os motivos citados pelo Copom para cortar a taxa básica de juros e para indicar que essa deverá ser a primeira de uma série de reduções.

Dando mais uma excelente notícia para o país, Paulo Guedes, brilhante ministro da economia, afirmou, após se encontrar com Wilbur Ross, o secretário de comércio norte-americano, que as negociações para um acordo comercial entre Brasil e EUA foram oficialmente iniciadas.

“Apostando no Brasil”, a gigante do setor de energia e commodities Vitol anunciou ontem a compra de 50% do GDE (Grupo Dislub Equador), sexta maior rede de postos de combustíveis do país.

Apresentando um ótimo e bastante esperado sinal de recuperação da economia tupiniquim, a taxa de desemprego no Brasil caiu de 12,7% no primeiro trimestre do ano para 12% no segundo trimestre de 2019, o que representa o recuo de 621 mil pessoas em busca de trabalho no referido período.

Confirmando que “a privatização faz bem para a saúde das empresas”, a BR Distribuidora, que não é mais controlada pelo estado, registrou lucro líquido de R$ 302mi no segundo trimestre, o que representa uma alta de 14,8% na comparação com igual período do ano anterior, quando a empresa ainda era uma estatal.

-    A Air France disparou 8,5% na bolsa de Paris, após divulgar um balanço considerado "sólido" pelos analistas.

Política:

Para o desespero da organização criminosa petista e de suas linhas auxiliares, a Polícia Federal, comandada pelo brilhante Serio Moro, rendeu na tarde de ontem o doleiro Dario Messer, que estava foragido desde o ano passado e que é o mentor de um esquema de evasão de divisas e lavagem de dinheiro que movimentou mais de R$ 5bi entre 2011 e 2017.

Pai da mentalidade socialista tupiniquim e fã número 1 de Lula, ontem o ex-presidente FHC perdeu mais uma oportunidade de ficar calado defender Felipe Santa Cruz, o nefasto presidente da OAB, dos ataques de Bolsonaro.

Mostrando que os “nobres ministros” do STF estão rapinando dinheiro público, segundo processo que corre em sigilo no TCU, apenas em 3 anos analisados (entre 2009 e 2012) a referida suprema corte tupiniquim adquiriu R$ 2,3mi em bilhetes de primeira classe para voos internacionais para cônjuges dos magistrados sem que haja amparo legal para a prática de tais atos e em desacordo com os princípios da supremacia do interesse público, da moralidade e da impessoalidade.

Se aproximando cada dia mais dos bandidos graúdos do PSDB, como Serra, Aécio e Alckmin, ontem a força-tarefa da Operação Lava Jato denunciou o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, vulgo Paulo Preto, que é acusado fraudes, propinas e lavagem de dinheiro de R$ 29 milhões em obras da Marginal do Rio Tietê, em SP.

Rebatendo pacientemente as críticas imbecis de Osmar Terra, o idiota do ministro da Cidadania que o acusou de tentar “legalizar a maconha no Brasil”, William Dib, diretor-presidente da Anvisa, lembrou que a proposta em discussão hoje na agência é para aumentar o acesso e o controle de medicamentos à base de derivados da Cannabis.

Crítica:

Linha auxiliar da organização criminosa petista, a Força Sindical, que é comandada pelo nefasto deputado Federal Paulinho da Força, divulgou um comunicado dizendo que a lei trabalhista está sendo desestruturada no governo Bolsonaro.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário