R.B. 31/JUL/19 "Desnudar as mentiras"



"Desnudar as mentiras"

El Colorado, 31 de julho de 2019 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, para recuperar as perdas do pregão anterior, beneficiada pela divulgação de bons resultados corporativos e pelas expectativas de corte da taxa básica de juros tupiniquim na reunião do Copom que termina hoje e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo os ganhos do pregão anterior, seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,5%, acompanhando a piora do “humor” nas bolsas de NY e da Europa e com destaques de baixa para as ações dos bancos, como Itaú (-3,2%), Bradesco (-2,1%) e Santander (-3,1%) e (2) o DÓLAR subiu 0,2% à R$ 3,79, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e com os agentes evitando fazer apostas mais firmes antes do final da reunião das reuniões de política monetária dos EUA e do Brasil.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,4% e China 0,4%, acompanhando o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior e animadas com a retomada das negociações comerciais entre Pequim e Washington, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,5%, França -1,6% e Alemanha -2,2%, prejudicadas pela divulgação de indicadores econômicos fracos na zona do euro, como o índice de sentimento econômico da região, que recuou ao seu menor nível desde MAR/16, e pelos atritos políticos na Espanha, diante do risco de eleições antecipadas se o primeiro-ministro Pedro Sánchez falhar em constituir um governo e (3) dos EUA, realizando lucros recentes, S&P -0,3%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,2%, usando como “desculpa” falas de Trump sobre as negociações comerciais com a China.

Conseguindo “bater e assoprar no mesmo dia”, Trump, presidente dos EUA, “avisou” que se for reeleito as negociações comerciais com a China serão "duras" e, mais tarde, ressaltou que as conversas com o referido país asiático "estão indo bem" e defendeu um corte mais radical de juros do seu país pelo FED (“BC” norte-americano).

Apesar de manter sua política monetária inalterada, o BC do Japão “garantiu” que não hesitará se precisar adotar afrouxamento adicional diante de uma eventual perda do ímpeto dos preços, inclusive aprofundando as taxas de juros ainda mais em território negativo.

Ciente de que tem em Bolsonaro um admirador e um aliado de primeira hora, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, afirmou que sua administração vai buscar um acordo comercial com o Brasil.

Mais otimistas que a média do “mercado”, os economistas do Citibank acreditam que o corte dos básicos do Brasil juros pelo Copom, na reunião que termina hoje, aliado a aprovação da reforma da Previdência vai levar a uma apreciação do real, que terminará 2019 em R$ 3,68 e 2020 em R$ 3,66.

Em busca de uma maior competitividade no país, diminuindo a burocracia e reduzindo a intervenção estatal na iniciativa privada, o governo Bolsonaro anunciou ontem mudanças em normas de segurança e saúde no trabalho, facilitando assim a vida de quem investe, gera empregos e paga impostos.

Dando uma notícia positiva para a suinocultura tupiniquim, a China, maior produtor global de carne de porco, pode ver o seu rebanho encolher pela metade até o final de 2019, segundo projeções dos analistas do banco holandês Rabobank.

-    A Capital One despencou -5,6% na bolsa de NY, após a empresa, que é a quinta maior emissora de cartões de crédito dos EUA, divulgar informações de cerca de 106 milhões de clientes vazaram, em uma das maiores violações de dados de um grande banco.
-    O Banco Inter subiu 20,1%, após o banco digital levantar R$ 1,25bi em sua oferta primária de ações e atrair o japonês Softbank como acionista.

Política:

Trabalhando para “desnudar as mentiras” que a esquerda, com apoio da canalha e socialista imprensa tupiniquim, transformou em verdades, Bolsonaro questionou a legitimidade da “Comissão da verdade”, que foi criada pela nefasta ex-presidenta Dilma e comandante da por seus comparsas .

“Sem perder nenhuma oportunidade de arrumar inimigos”, Ciro Gomes, ao comentar as declarações dadas por Doria sobre o PSDB não ter “alinhamento” com o governo Bolsonaro, afirmou que o governador de SP é um “típico rato de navio”.

Coberta de razão, Janaina Paschoal, brilhante deputada estadual de SP, protocolou no senado um pedido de impeachment do nefasto Dias Toffoli, alegando que o referido presidente do STF tupiniquim cometeu um crime ao suspender todos os processos judiciais instaurados sem supervisão da Justiça que envolvem dados compartilhados por Coaf e Receita Federal.

Cercado de canetinhas e aluguel, de bandidos da organização criminosa petista e de suas linhas auxiliares, como CUT e MST, Glenn Greenwald, o jornalista canalha que hackeou diversas autoridades brasileiras, “garantiu” que não tem medo de ser preso e que não vai sair do Brasil.

Citando o engavetamento da CPI da Lava Toga e de pedidos de impeachment de ministros do STF, o senador Jorge Kajuru, que afirmou que “fez de tudo” para eleger Davi Alcolumbre, afirmou que está decepcionado com o presidente do Senado.

Ladrão de galinha perto de Lula, o emedebista Sérgio Cabral, ex-governador do RJ, foi condenado pela 10ª vez em decorrência dos processos desencadeados pela Operação Lava Jato e suas penas somadas já chegam a 216 anos e 6 meses de prisão.

Crítica:

Mostrando como é caro para o país ter um idiota, canalha e ex-advogado da organização criminosa petista como presidente da sua mais elevada corte, segundo o embaixador Carlos Márcio Cozendey, representante do Brasil junto à organização OCDE, a decisão estúpida de Toffoli de suspender investigações que usem dados detalhados dos órgãos de controle, como o Coaf, pode dificultar as negociações para a entrada do Brasil na referida Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário