R.B. 7/JUN/19 "Como senhores de escravos que decidiam o destino de suas peças"



"Como senhores de escravos que decidiam o destino de suas peças"

São Paulo, 7 de junho de 2019 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, rumo aos 100.000pts, seguindo o “humor positivo” das principais bolsas mundiais, impulsionada pelo crescente aumento das “apostas” de aprovação da reforma da previdência e “animada” com a decisão do STF de liberar a venda das subsidiárias das estatais e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelo crescimento das expectativas de corte de juros nos EUA e agora também na Europa.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,3%, recuperando as perdas do pregão anterior, beneficiada pela valorização das commodities, acompanhado o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e impulsionada pelo anúncio de que o governo já tem 310 votos favoráveis à aprovação da reforma da Previdência e (2) o DÓLAR caiu -0,3% à R$ 3,88, seguindo a melhora do “humor” na bolsa e influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,1% e China -1,2%, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais no dia anterior e em um movimento de cautela antes de um feriado que manterá os mercados chineses fechados, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra 0,5%, sustentada pelas ações das fabricantes de cigarro, como Imperial Brands (5,7%) e British American Tobacco (3,1%), porem França -0,3% e Alemanha -0,2%, prejudicadas pela piora das expectativas de crescimento da economia da região e (3) dos EUA, S&P 0,6%, DJ 0,7% e NASDAQ 0,5%, diante do otimismo com as conversas entre autoridades do país com o México para que tarifas norte-americanas não sejam implementadas sobre produtos mexicanos no início da próxima semana, o que impulsionou as ações do setor financeiro, como Citigroup (1,1%), Morgan Stanley (0,9%) e Goldman Sachs (0,8%).

Comprovando mais uma vez o sucesso do governo Trump, hoje será divulgado o relatório de empregos dos EUA referente a MAI/19 que, segundo as “apostas do mercado”, mostrará que foram gerados de 180 mil postos de trabalho no mês passado e que taxa de desemprego do país está em míseros 3,6%.

Após meterem o bedelho onde não são chamados, ontem os “nobres” ministros do STF, que como os parlamentares criam dificuldades para venderem facilidades, decidiram que o governo pode vender empresas subsidiárias de estatais sem necessidade de lei específica, sem o aval do Congresso Nacional e sem realização de licitação.

Como senhores de escravos que decidiam o destino de suas peças”, hoje, sem ao menos perguntar a opinião da Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimentos, bancos e corretoras de valores se reúnem na Anbima para encontrar formas de conter o crescimento, aumentar a regulação e limitar a atuação dos agentes autônomos de investimentos.

Cobertíssimo de razão, como na maioria das vezes, Paulo Guedes, ministro tupiniquim da Economia, afirmou que mobilizar o Supremo Tribunal Federal para permitir que estatais vendam suas subsidiárias é um exemplo das leis inadequadas do Brasil e da preferência do país pelo empobrecimento.

Ontem, em um encontro com empresários em Buenos Aires, o presidente Bolsonaro e o ministro da economia Paulo Guedes discutiram a ideia, ainda incipiente, de criar uma moeda única para Brasil e Argentina, cujo nome seria peso real.

Mostrando que, com trabalho sério e competência, se resolve os problemas, Paulo Guedes “avisou” que o Mercosul deve fechar o acordo com a União Europeia, que vem sendo negociado a mais de 20 anos, em no máximo 4 semanas.

Indicando que a economia do velho continente está pior do que o esperado, ontem o BC Europeu decidiu alterar sua previsão para as taxas de juros na zona do euro, estendendo sua expectativa de manter os níveis atuais inalterados até pelo menos o fim do primeiro semestre de 2020, e não somente até o final de 2019.

Dando mais um sinal positivo da economia tupiniquim, em MAI/19 a produção de veículos no Brasil saltou 30% na comparação com MAI/18 e cresceu 3,1% na comparação com ABR/19, acumulando com isto uma alta de 5,3% no ano.

“Apostando” na recuperação e no crescimento sustentável da economia tupiniquim, ontem a CSN anunciou que investirá R$ 1,5bi SP em SP para desenvolver um polo metal-metalúrgico de máquinas e equipamentos que vai gerar 400 empregos diretos.

-    A Petrobras subiu 1,6%, à medida que se desenhava, no STF, um placar aparentemente favorável à dispensa de aval legislativo nas privatizações.
-    A Renault perdeu -6,4% na bolsa de Paris, após a Fiat Chrysler retirar sua proposta de fusão em meio a divergências com a japonesa Nissan.

Política:

Para o bem do Brasil, e desespero da organização criminosa petista, ontem, em carta conjunta, 25 dos 27 governadores do país, assinaram um pedido para que o Congresso Nacional mantenha estados e municípios na reforma da Previdência.

Finalmente destravando a agenda legislativa e trabalhando para um país melhor, na manhã de ontem o Senado aprovou o marco legal do saneamento, que facilitará e atrairá investimentos privados para este importante segmento da economia, tirando da idade média cerca de 100 milhões de brasileiros que atualmente não tem saneamento básico.

Com Paulo Guedes, o “posto Ipiranga”, como principal estrela, o PSL, partido do presidente Bolsonaro, lançará na terça-feira da próxima semana uma campanha em apoio à reforma da Previdência.

Comprovando que a máquina pública tupiniquim segue infestada pela organização criminosa petista, ontem Luciano Mariz Maia, vice-procurador-geral da República, disse, durante um evento no Vaticano, que a eleição de Bolsonaro traz de volta "o medo de um retrocesso político" e que "há uma grande dor no Brasil" com a situação de Lula.

Muito bom para ser verdade, Rodrigo Maia, o nefasto presidente da Câmara, afirmou que pretende colocar em votação, ainda em JUN/19, o fim do foro privilegiado para senadores, deputados e ministros, que passariam a responder os processos em primeira instância.

Complicando ainda mais a vida do líder da organização criminosa petista, ontem Lula, que já foi condenado 2 vezes e que ainda respondia 7 processos, virou réu mais uma vez, agora por receber R$ 64 milhões em propina para ajudar a Odebrecht a fazer obras em Angola, obviamente com dinheiro público via BNDES.

Crítica:

Se livrado de socialistas, bandidos e vagabundos da organização criminosa petista e portanto tornando o Brasil um país melhor, o IBGE foi premiado ontem com a decisão de 4 servidores da diretoria de Pesquisa do instituto de entregarem seus cargos.

Um estudo feito pelo Banco Mundial apontou que os servidores públicos federais do Brasil ganham 67% a mais do que um empregado no setor privado em cargo semelhante, com a mesma formação e experiência profissional e, para reduzir esta distorção injusta, a equipe técnica do Ministério da Economia estuda uma proposta para limitar os supersalários do funcionalismo público.

Já que, “assim como qualquer grande empresa com juízo”, não quer que sua marca seja ligada a um malandro, moleque, enganador, sonegador, mau-caráter, baladeiro, bebum, devasso e agora acusado de agredir e violentar uma mulher, a Mastercard decidiu suspender sua campanha para a Copa América com o Neymala.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário