R.B. 18/JUN/19 "Tempo de sobra para pensar bem se querem mesmo soltar Lula"



"Tempo de sobra para pensar bem se querem mesmo soltar Lula"

São Paulo, 18 de junho de 2019 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando a forte melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e beneficiada pelo também forte aumento das “apostas” de redução da taxa básica de juros brasileira na reunião do Copom desta semana e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, beneficiado pela esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,4%, revertendo os ganhos da abertura, para fechar na mínima do dia, prejudicada pelo recuo das commodities e com os investidores adotando a cautela antes das reuniões de política monetária dos BCs do Brasil e dos EUA que podem reduzir as taxas de juros de ambos os países e (2) o DÓLAR subiu 0,1% à R$ 3,90, acompanhando a leve piora do “humor” na bolsa tupiniquim e a estabilidade internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1% e China 0,2%, sustentada principalmente por ações de companhias farmacêuticas, (2) da EUROPA, recuperando as perdas da abertura, Inglaterra 0,2%, França 0,4% e Alemanha 0,1%, sustentadas pelo bom desempenho das ações dos bancos, como o Deutsche Bank (1,5%), que anunciou a reestruturação das suas operações de trading e (3) dos EUA, também recuperando as perdas da abertura, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,6%, com destaques de alta para as ações de gigantes de tecnologia, com o Facebook (4,2%) à frente do pelotão, com os agentes atentos ao lançamento da criptomoeda da empresa.

Apesar de não ser esperado para já um corte na taxa de juros dos EUA por parte do Fed, a reunião de política monetária é o principal evento desta semana, que deve contar com as atenções dos investidores diante da recente divulgação de indicadores abaixo do esperado da economia norte-americana.

Esperando menos inflação e menos crescimento econômico, o que pode estimular o Copom a cortar a taxa básica de juros na reunião desta semana, o “mercado” (1) reduziu pela 16º semana seguida, desta vez de 1,00% para 0,93%, suas “apostas” para o desempenho do PIB tupiniquim neste ano e (2) diminuiu, de 3,89% para 3,84%, suas previsões para o IPCA de 2019, patamar cada vez mais abaixo do centro da meta (4,25%).

Com perfil bastante técnico e principalmente alinhado com a missão de abrir a caixa preta do BNDES, avançar na venda de ativos e auxiliar nas privatizações, Gustavo Montezano foi anunciado ontem como novo presidente do referido banco de fomento tupiniquim, o que certamente vai tirar o sono de muitos picaretas que estavam “confortáveis” com a gestão de Joaquim Levy.

Mostrando que, cada dia mais alinhado com Paulo Guedes, está aprendendo rapidinho como funciona o livre mercado, ontem o presidente Bolsonaro vetou a estúpida “gratuidade das bagagens” em voos domésticos ao sancionar a medida provisória que abre 100% do capital para as aéreas estrangeiras.

Confirmando que, assim como a maioria dos tucanos, é fã de monopólios, Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência, afirmou que estuda rever o trecho da proposta que poderia impor aumento, de 9% para 20%, da CSLL tributação sobre a B3 (Bolsa de SP).

Responsabilizando, de forma canalha, a Lava Jato, e consequentemente a lei, pelo seu fracasso, e colocando, de forma criminosa, Emílio e Marcelo Odebrecht como credores de mais de R$ 96 milhões, ontem a construtora Odebrecht entrou com um pedido de recuperação judicial de R$ 98,5bi

Dando uma ótima notícia para o setor agrícola tupiniquim, Tereza Cristina, ministra da Agricultura, lançará hoje Plano Safra que terá R$ 10bi de subvenção ao crédito, o que é o mesmo valor orçado no ano passado.

-    A Vale caiu -2,3%, prejudicada pela queda dos preços do minério de ferro e pela elevação, de R$ 100 mil para R$ 200 mil, da multa diária para a empresa por cada dia que sejam feitas atividades na mina Onça Puma, no Pará.
-    A Lufthansa despencou -11,6% na bolsa da Alemanha, após a companhia emitir de um alerta de lucro para 2019, citando a competição de preços como principal motivo.
-  As ações do time de futebol Juventus caíram -3,4% na bolsa da Itália, após o anúncio da contratação de Maurizio Sarri como novo técnico da equipe.
-   A Boeing subiu 2,3% na bolsa de NY, após a empresa anunciar que que investirá 1 milhão na indústria de combustível sustentável para aviação no Brasil.

Política:

Sem humildade para entender que a demissão e a contratação de ministros são uma prerrogativa do presidente da República, Rodrigo Maia, o nefasto presidente da Câmara, reclamou da saída de Joaquim Levy do comando do BNDES, classificando-a como “uma covardia”, quiçá inclusive por medo de que seu substituto abra a caixa preta do referido banco de fomento tupiniquim.

Após ser questionado sobre se o governo promoveria uma caça às bruxas por conta da saída de Joaquim Levy do BNDES, o general Otávio Rêgo Barros, porta-voz da Presidência, afirmou, de maneira brilhante e didática, que está claro que pessoas que integraram governos que colocaram o Brasil “nessa situação catastrófica” não poderão compartilhar com a administração de Bolsonaro a possibilidade de melhorar o país.

Impedindo Bolsonaro de governar e de fazer aquilo que seus eleitores esperavam dele, hoje o senado devo votar, e se tudo correr como esperado rejeitar, 2 decretos presidenciais sobre a posse e o porte de armas de fogo.

Todos os 1.147 membros do Ministério Público Federal estão aptos a votar hoje em 3 dos 10 nomes que concorrem oficialmente ao cargo de procurador-geral da República, para substituir Raquel Dodge, e a listra tríplice, a ser apresentada para o presidente Bolsonaro, deve ser conhecida por volta das 19h.

Enquanto os brasileiros trabalham quase metade do ano para pagar impostos, no Supremo Tribunal Federal, usando como desculpa o feriado de Corpus Christi, os “nobres ministros” não terão nenhuma sessão de julgamentos nesta semana e assim terão “tempo de sobra para pensar bem se querem mesmo soltar Lula”, o maior bandido da história tupiniquim, na terça-feira da semana que vem.

Crítica:

Hoje, como único efeito prático da fracassada greve convocada pela organização criminosa petista e suas linhas auxiliares (CUT e MST), morreu a trabalhadora Adi Alves Guimarães, que era mãe de 8 filhos e que se intoxicou, em um ônibus à caminho do trabalho, ao inalar fumaça de pneus queimados por vagabundos durante os protestos em MG.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário