R.B. 31/MAI/19 "Se afastando do populismo socialista tupiniquim"



"Se afastando do populismo socialista tupiniquim"

São Paulo, 31 de maio de 2019 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, prejudicada pelo recuo das commodities e realizando lucros após 4 pregões seguidos de alta e (2) o DÓLAR pode subir, seguindo a esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e também influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,9% (aos 97.457pts), para fechar em território positivo pelo quarto pregão consecutivo, beneficiada pela melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e ainda impulsionada pela redução das tensões na política tupiniquim e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,97, após um pregão com boa volatilidade, como mínima aos R$ 3,95 e máxima aos R$ 3,99, que é fruto de movimentos técnicos e de ajustes de posições, em meio à disputa pela cotação de fechamento do mês.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,3% e China -0,3%, ainda prejudicadas pelo temor com as tensões no comércio entre as 2 maiores economias do mundo, (2) da EUROPA, recuperando parte de perdas recentes, Inglaterra 0,5%, França 0,5% e Alemanha 0,5%, com destaques de alta para as ações dos bancos, como Deutsche Bank (0,7%) e Lloyds (1,2%) e (3) dos EUA, também recuperando perdas recentes, S&P 0,2%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,3%, beneficiadas pela divulgação de que o PIB do país cresceu 3,1%, patamar ligeiramente acima do esperado pelo “mercado” (3,0%).

Com a economia tupiniquim já “pagando o preço” da demora na aprovação da reforma da Previdência, já que isto posterga decisões de investimentos e consumo, o PIB brasileiro do primeiro trimestre registrou retração de -0,2%.

Comprovando que as incertezas políticas afugentam investidores, no primeiro trimestre deste ano os investimentos na economia real tupiniquim, para gerar emprego e renda, foram -1,7% menores do que no último trimestre de 2018.

Buscando formas de estimular o crescimento da economia tupiniquim, a equipe econômica do governo Bolsonaro estuda liberar o dinheiro de contas ativas e inativas do FGTS e do PIS/Pasep assim que a reforma da Previdência for aprovada.

Como já era de se esperar em um país socialista, onde o Estado acredita que tem a obrigação e o direto de cuidar da vida privada do cidadão, membros do Conselho Curador do FGTS não gostaram da ideia de Paulo Guedes, brilhante ministro da economia do governo Bolsonaro, de estudar a liberação de saques de contas ativas do referido fundo para estimular a economia.

Mostrando mais uma vez como é urgente aprovar a reforma da Previdência, o Índice de Confiança Empresarial caiu de 93,8pts em ABR/19 para 91,8pts em MAI/19, atingindo assim o menor nível desde OUT/18, quando Bolsonaro foi eleito.

Ressaltando que dados do BC tupiniquim divulgados ontem mostram que o fluxo cambial total de MAI/19 estava positivo em R$ 1,6bi até o dia 24, Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da Treviso Corretora, afirmou que o dólar ainda "segue caro".

Após conversar com os brilhantes e liberais deputados do partido NOVO, Bolsonaro, “se afastando do populismo socialista tupiniquim”, afirmou que está convencido a vetar trecho da medida provisória que obriga as empresas de aviação a despacharem as bagagens gratuitamente.

-    A BRF subiu 0,9% e a Marfrig avançou 0,1% e, após o fechamento do pregão, estas empresas anunciaram que negociam uma fusão, que quando for concluída criará a quarta maior produtora de carnes do mundo, com R$ 80bi de receitas.

Política:

Membro VIP da organização criminosa do centrão, o PL, que é comandando pelo picareta do Valdemar Costa Neto, apresentou ontem um projeto de reforma da Previdência alternativo ao encaminhado pelo Executivo, cujo texto acaba com a possibilidade de capitalização e permite um gatilho que autoriza o governo a adotar uma arrecadação nos moldes da antiga CPMF, no limite de 0,2%.

Com a oposição rezando na cartilha do quanto pior melhor e a base aliada sem uma coordenação eficiente, o Senado, atuando em benefício de bandidos, adiou a votação da medida provisória que cria um pente-fino para os benefícios do INSS, que por sua vez volta a correr risco de perder validade.

Exemplo claro de atuação que os "nobres" parlamentares estão tentando abafar a todo custo, cerceando o trabalho dos fiscais da receita agora com um Projeto de Lei em regime de urgência no Congresso, ontem a Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram a Operação Alcatraz, destinada a combater fraudes a licitações e desvios de recursos públicos estimados em R$ 100 milhões em Santa Catarina.

Agindo livremente como Pablo Escobar, que da cadeia comandava sua organização criminosa, Lula, da prisão VIP em Curitiba, mandou chamar Flávio Dino, socialista do PCdoB que governa o Maranhão, para visitá-lo com o objetivo de discutir as eleições municipais de 2020.

Pagando o preço por se aliar a bandidos, Bolsonaro erou ao escolher Fernando Bezerra, senador do nefasto MDB, para ser seu líder de governo no Senado, já que o “nobre parlamentar” foi acusado esta semana de receber propinas da construtora OAS.

Se aproximando daquilo que foi eleito para combater, ontem, em café da manhã com a bancada feminina, Bolsonaro agradeceu a presença de Dias Toffoli, presidente do STF, disse é "muito bom" ter a Justiça "do lado certo" e ressaltou que o referido ex-advogado do PT tem sido uma "pessoa excepcional".

Comprovando que a ideia é péssima, Felipe Santa Cruz, o bandido que toma conta da OAB, afirmou considerar digna de louvor e aplauso a participação do presidente Bolsonaro na tentativa de formulação de um pacto entre os três Poderes da República.

Coberto de razão, Abraham Weintraub, ministro da Educação do governo Bolsonaro, pediu que os estudantes denunciem os professores que os obrigaram e coagiram a irem as manifestações esquizofrênicas de ontem, que pediram democracia e a soltura de Lula, que se dizem que querem mais dinheiro para a educação mas não contra a reforma da Previdência.

Ontem, em uma convenção com várias indiretas ao presidente Bolsonaro, o DEM evitou dar apoio formal ao governo, comprometendo-se apenas com a agenda de reformas econômicas defendidas pelo Palácio do Planalto.

Crítica:

Socialista e intervencionista, como qualquer tucano, e criando dificuldades para vender facilidades, como a grande maioria dos políticos corruptos tupiniquins, Bruno Covas, prefeito de SP, decidiu entrar em guerra contra os patinetes, proibindo seu uso sem capacete e nas calçadas da cidade.

Para o delírio da imprensa socialista tupiniquim, ontem um evento em SP juntou um idiota inútil, Obama (que foi o pior presidente da história dos EUA), com um idiota útil, Pelé (que foi um grande atleta mas é um canalha da pior espécie).

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário