R.B. 19/FEV/19 "Estabelechiment corrupto tupiniquim"



"Establishment corrupto tupiniquim"

São Paulo, 19 de fevereiro de 2019 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, retomando sua trajetória de alta após 2 pregões seguidos de queda, influenciada pela redução das tensões políticas tupiniquins e beneficiada pela constante entrada de novos investidores, principalmente internos, que “apostam” na retomada da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e influenciado pelo luxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e “investimentos”.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,0%, ainda realizando lucros acumulados no ano (9,8%), influenciada pelo recuo das commodities e pressionada pelos “temores” de que a demissão de Bebianno prejudique a aprovação da reforma da Previdência e (2) o DÓLAR subiu 0,8% à R$ 3,73, acompanhando a piora do “humor” na bolsa tupiniquim e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana. Em um dia de baixo volume de negócios por conta do feriado nos EUA.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,87% e China 1,7%, cada vez mais “animadas” com o aumento as “apostas” de acordo para pôr fim à “guerra comercial” entre Pequim e Washington, (2) da EUROPA, sem uma tendência única e com baixo volume de negócios por conta do feriado nos EUA, Inglaterra -0,2%, e Alemanha -01%, prejudicadas pelo entre o risco dos norte-americanos imporem tarifas sobre o setor automotivo e pelo recuo das commodities, porem França 0,3%, sustentada pelo bom desempenho das ações dos bancos, como BNP (0,8%) e Crédit Agricole (2,4%) e (3) dos EUA, S&P, DJ e NASDAQ não funcionaram por conta do feriado nacional do dia do presidente.

Assoprando depois de bater bastante, Trump, presidente dos EUA, declarou, durante coletiva na Casa Branca, que Washington está mais perto do que nunca de ter "um acordo comercial de verdade" com Pequim e que ficaria "honrado" em remover as atuais sobretarifas sobre produtos chineses se um pacto for fechado.

Com o “mercado” esperando “ver para crer”, na pesquisa focus divulgada ontem as expectativas para a inflação de 2019 foi mantida em 3,87%, patamar “confortavelmente abaixo do centro da meta do BC (4,25%) e as “apostas” para o crescimento da economia este ano recuaram levemente, de 2,50% para 2,48%.

Fazendo o Tesouro Nacional rever a sua previsão orçamentária para 2019 e certamente desanimando bastante o “mercado”, Marisete Pereira, secretária-executiva do Ministério de Minas e Energia, afirmou que a venda das ações da Eletrobras no mercado financeiro, processo que levará a União a deixar o controle da companhia, não deve ocorrer neste ano, como previsto, pois o governo federal reavaliando o modelo de capitalização da referida estatal tupiniquim.

Opção qualificada para escapar do monopólio bancário tupiniquim, o Citi busca estreitar suas relações com o governo Bolsonaro, dando especial atenção aos negócios gerados por privatizações e vendas de participações de empresas estatais e também oferecendo linhas de financiamento para infraestrutura.

Com potencial para prejudicar ainda mais as contas públicas tupiniquins, hoje ocorrerá um julgamento no Superior Tribunal de Justiça que determinará se fornecedores de companhias localizadas na Zona Franca de Manaus têm direito ao ressarcimento de impostos como se fossem exportadoras.

“Apostando” na recuperação da economia tupiniquim, a rede de supermercados Hirota investirá cerca de R$ 30 milhões em seu plano de expansão neste ano pretende inaugurar ao menos 11 lojas na capital paulista até DEZ/19.

Fugindo, de forma criativa e eficaz, dos elevados patamares de juros cobrados pelos monopolistas bancos tupiniquins, no ano passado 26,5% do volume de empréstimos feitos por empresas do Brasil foram oriundos de suas matrizes ou subsidiárias no exterior, superando, pela primeira vez na história, o volume de credito bancário, que ficou em 24,0%.

“Brigando” pelos seus direitos, ontem o governo brasileiro pediu compensações da União Europeia pelas salvaguardas às importações de aço impostas pelo bloco no início deste mês e também notificou a Organização Mundial do Comércio de que poderá adotar medidas protecionistas para reequilibrar o comércio.

Política:

Conforme adiantado pelo R.B. desde quinta-feira da semana passada, ontem Bebianno foi exonerado do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, contrariando a vontade do “establishment corrupto tupiniquim” e afastando Bolsonaro do esquema de candidaturas laranjas de mulheres no PSL.

Principal propaganda para a aprovação da matéria, na reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro, que será entregue amanhã pessoalmente pelo referido presidente para o Congresso Nacional, os novos políticos terão as mesmas regras para aposentadoria que os trabalhadores da iniciativa privada.

Bandido da pior espécie, que já roubou com PT, PSDB e MDB, Paulinho da Força, deputado federal e dono do partido de aluguel Solidariedade, foi acusado pela Polícia Federa de comandar uma organização criminosa que atuava no extinto Ministério do Trabalho para desviar recursos de contribuições sindicais feitas pelos trabalhadores.

Com o objetivo de impedir que os parlamentares corruptos e eleitos com dinheiro sujo usem algum pretexto para sabotar a criminalização do caixa 2, o governo Bolsonaro decidiu fatiar o pacote anticorrupção de Sergio Moro.

Alegando que houve quebra de confiança e ressaltando que, quando é assim, não tem jeito de manter ninguém no cargo, o delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, afirmou que a exoneração de Bebianno é página virada e que as pessoas não estão acostumadas com essa nossa nova forma de agir, com o diálogo pelas redes sociais.

Atualmente o representante máximo e com o maior poder entre o “estabelechiment corrupto tupiniquim”, Rodrigo Maia, como não poderia ser diferente, lamentou a demissão de Bebianno, ressaltando que ele tinha uma boa articulação e sempre se mostrou disponível para ajudar.

Logo após demitir Bebianno, seu principal interlocutor com o nefasto Rodrigo Maia, Bolsonaro convidou líderes de partidos no Congresso Nacional simpáticos ao governo para um café da manhã no Palácio da Alvorada e cuja pauta é pedir apoio para aprovar a reforma da Previdência.

Confirmando a urgência em se acabar com o nefasto uso de dinheiro público nas eleições, os candidatos que disputaram as eleições de 2018 gastaram pelo menos R$ 1,1 milhão dos recursos públicos dos fundos partidário e eleitoral em empresas próprias ou de outros políticos.

Fazendo, assim como o nefasto ator Wagner Moura, seu papel de prejudicar a imagem do Brasil no exterior, ontem o deplorável e covarde ex-deputado Jean Wyllys, do PSOL, afirmou, diretamente da Alemanha, que o governo Bolsonaro que legalizar assassinatos cometidos contra minorias.

Com uma visão otimista, integrantes da equipe de Paulo Guedes, ministro da Economia, dizem ver com bons olhos o fato de o pacote anticrime de Sergio Moro, ministro da Justiça, chegar ao Congresso quase colado à reforma da Previdência.

Crítica:
Podendo, se tudo correr como o esperado, colocar novamente o mentor intelectual da organização criminosa petista atrás das grades, na quinta-feira o Tribunal Regional Federal da 4ª Região julgará os embargos de José Dirceu a uma das condenações dele na Lava Jato.

Provando mais uma vez que no Brasil “o crime de colarinho branco ainda compensa bastante”, Nelson Meurer, primeiro político com foro privilegiado a ser condenado pelo STF na Lava Jato, pediu e já obteve da Câmara uma aposentadoria de R$ 28mil por mês.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário