R.B. 21/NOV/18 "Deixando claro que quer mudar este quadro"



"Deixando claro que quer mudar este quadro"

São Paulo, 21 de novembro de 2018 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, se ajustando as perdas das principais bolsas mundiais e ao recuo das commodities durante o feriado no Brasil, porém deve-se ressaltar que o patamar pode ficar interessante para compras, principalmente para quem “aposta” na melhora e na recuperação da economia, e da moral, tupiniquim durante o governo Bolsonaro e (2) o DÓLAR pode subir, ampliando os ganhos acumulados no ano (13,9%) e também acompanhando a valorização internacional da moeda norte-americana.

Segunda-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,7%, aos 87.900pts, realizando lucros, em um movimento de cautela antes do feriado, e também a sintonia com o mau humor das bolsas de NY e (2) o DÓLAR subiu 0,7% à R$ 3,76, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, após um regional presidente do FED (“BC” dos EUA) ressaltar a força da economia dos EUA.

Ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -1,1% e China -2,1%, acompanhando as perdas expressivas e generalizadas dos mercados acionários de NY no dia anterior e com destaques de queda para as ações do setor de tecnologia, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,8%, França -1,2% e Alemanha -1,6%, prejudicadas pelas dificuldades para o Brexit, que ao que tudo indica não tem apoio necessário para passar no Parlamento britânico, e também seguindo as perdas das bolsas de NY e (3) dos EUA, registrando o segundo dia de fortes perdas e assim zerando os ganhos acumulados do ano, S&P -1,8%, DJ -2,2% e NASDAQ -1,7%, com a forte queda do petróleo penalizando os papéis do setor de energia, como Exxon (-2,9%) e ConocoPhillips (-3,7%), porém com as ações de empresas do setor de varejo também registrando baixas consideráveis, na esteira de notícias negativas da Target.

Fruto de uma sociedade com uma educação péssima e atrasada tecnologicamente e moralmente, o Brasil caiu 6 posições, do 52º para o 58º lugar, no ranking de talentos globais, que tem 63 países e que avalia como as nações desenvolvem, atraem e retêm talentos para municiar empresas e criar valor no longo prazo.

Reduzindo ainda mais as chances de elevação da taxa básica de juros do país, o “mercado” novamente diminuiu, desta vez de 4,23% para 4,13%, suas “apostas” para a inflação tupiniquim medida pelo IPCA em 2018 e manteve em 1,36% suas expectativas para o crescimento da economia brasileira neste ano.

A Suíça tem 4 estatais, a Austrália e o Japão têm 8, a Áustria tem 10, a Bélgica 12, os EUA e o Reino Unido têm 16, a Dinamarca tem 21 e o Chile 25, já o Brasil tem 418, porem, “deixando claro que quer mudar este quadro” durante o governo Bolsonaro, Paulo Guedes, futuro ministro da área econômica, confirmou que criará uma secretaria de privatizações que terá a missão de coordenar a venda de empresas públicas e ativos estatais, como imóveis e terrenos públicos.

Ainda prosperando em um país de analfabetos financeiros, nos 9 primeiros meses de 2018 a receita das empresas brasileiras de capitalização, que vendem títulos que rendem menos que a poupança e que muitas vezes perdem até da inflação, foi 2,6% maior do que no mesmo período de 2017.

“Apostando” na recuperação da economia tupiniquim, (1) o Sicoob, sistema de cooperativas financeiras, vai investir cerca de R$ 500 milhões no próximo ano em seu plano de expansão e (2) segundo uma pesquisa do ministério do turismo, 60% dos donos de meios de hospedagem querem investir em seus negócios até MAR/19.

Com o Brasil diversificando cada dia mais sua matriz energética, a energia eólica ultrapassou a marca de 14,34 GW de capacidade instalada no país, patamar equivalente a uma usina de Itaipu, que é a segunda maior hidrelétrica do mundo.

Atingindo o menor patamar desde OUT/17, o bitcoin, por conta da intensificação de vendas na Ásia, do aumento das restrições regulatórias e de uma queda no interesse dos investidores, despencou -10% ontem e já acumula retração de -25% em menos de 1 semana.

-    A Petrobrás subiu 0,8%, resistindo à forte queda do petróleo, diante do anúncio do nome do seu futuro presidente, que será Roberto Castello Branco e que conta com o apoio de Bolsonaro para privatizar partes da empresa.
-    A Nissan despencou -5,5% na bolsa de Tóquio, após a empresa anunciar que pretende demitir o executivo brasileiro Carlos Ghosn da presidência do seu conselho administrativo por constatar, em uma investigação interna, que ele teria cometido violações financeiras, como fraudar sua declaração de renda.
-    A Apple recuou -4,8% na bolsa de NY, ampliando as perdas registradas na segunda-feira (-3,9%), já que, graças a uma reportagem do Wall Street Journal que falava em cortes na produção de iPhone, a perspectiva do papel foi hoje revisada em baixa pelo Goldman Sachs.
-    A varejista Target despencou -10,5% na bolsa de NY, após a empresa informar que enfrentará mais custos com sua cadeia de fornecedores e os salários de seus funcionários.

Política:

Certamente preocupando bastante os políticos corruptos e os banqueiros picaretas, o Ministério da Justiça sob o comando de Moro terá como foco principal o combate ao crime de lavagem de dinheiro, com o objetivo de asfixiar as organizações criminosas.

Segundo sinalizações da Casa Branca, é real e cada vez maior a possibilidade de Trump, presidente dos EUA, vir ao Brasil no dia 1/JAN/19 para participar da posse de Bolsonaro, o primeiro presidente tupiniquim de direita após 36 anos de democracia socialista.

Esculpido nas ruas e anabolizado nas redes sociais, o MBL, que em 2016 pediu o impeachment de Dilma e que em 2018 elegeu 4 deputados federais e 2 senadores, quer se consolidar como um partido político.

Agora oficialmente réu sob a acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o petista Haddad, ultimo poste que Lula usou para tentar sair da cadeia e voltar ao poder, foi convidado por Bernie Sanders, que é um senador socialista norte-americano, para participar do lançamento de uma coalizão internacional progressista idealizada pelo e pelo ex-ministro das Finanças da Grécia.

A confirmação de Luiz Henrique Mandetta, do DEM do MS, no Ministério da Saúde de Bolsonaro ampliou o desconforto de dirigentes do centrão com o espaço que o partido conquistou, já que 3 novos ministros serão do DEM.

A Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos, extinta pela Assembleia Legislativa de Pernambuco no início deste mês a partir de projeto de lei enviado pelo governador Paulo Câmara, do PSB, estava, “coincidentemente”, investigando 7 deputados estaduais e 1 vereador do Recife.

O general Carlos Alberto dos Santos Cruz, hoje consultor da ONU, entrou na bolsa de apostas para chefiar a Secretaria Nacional de Segurança Pública na gestão de Moro.

Apesar de Lula, o maior bandido da história deste país, levar uma “vida VIP em Curitiba”, pois apesar de condenado em segunda instancia o meliante ainda não foi recolhido a uma penitenciária e além das enormes regalias que tem já recebeu mais de 500 visitas nos cerca de 6 meses que está enjaulado, já cresce “sem vergonha” na imprensa socialista tupiniquim o clamor para que o referido líder da organização criminosa petista passe a cumprir prisão domiciliar.

Crítica:

Com a “moral” de quem aprovou a venda da maior corretora de valores do Brasil para o maior banco privado do país, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) deve aprovar hoje um acordo que prevê perdão de ao menos R$ 800 milhões a 4 empreiteiras que participaram de cartel em obras investigadas pela Operação Lava Jato.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário