R.B. 1/OUT/18 "Um efeito contrário nas mulheres, que não são bestas"



"Um efeito contrário nas mulheres, que não são bestas"

São Paulo, 1 de outubro de 2018 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e beneficiada pela valorização das commodities, porém com baixo volume de negócios diante da cautela dos investidores antes do primeiro turno das eleições presidenciais, que se tudo ocorrer como esperado levará Bolsonaro e Haddad para o segundo turno e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e devolvendo parte da valorização registrada no pregão anterior.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,8%, realizando lucros após 3 pregões consecutivos de alta, acompanhando a instabilidade das demais bolsas mundiais e influenciada principalmente pelo aumento do stress pré-eleitoral, diante dos intensos ataques da imprensa socialista tupiniquim à Bolsonaro e (2) o DÓLAR subiu 1,3% à R$ 4,05, recuperando o patamar dos R$ 4,00, seguindo a piora do “humor” na bolsa tupiniquim e impulsionado pela “briga” para formação da cotação de fechamento do mês.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,4% e China 1,1%, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY no dia anterior e com destaques de alta para as ações das empresas dos setores financeiro e de montadoras de automóveis, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,5%, França -0,8% e Alemanha -1,5%, prejudicadas pelas declarações contraditórias de representantes do governo da Itália, que anunciou uma meta orçamentária de um déficit de 2,4% do PIB, patamar acima do esperado  (1,6%), o que derrubou principalmente ações de bancos, como Intesa Sanpaolo (-8,4%), UniCredit (-6,7%) e BPM (-9,4%) e (3) dos EUA, sem uma tendência única e próximas da estabilidade, S&P -0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, com as atenções divididas entre os sinais de fortalecimento da economia norte-americana o acirramento das questões comerciais.

Como “uma putinha barata”, o “mercado”, que já estava “comprado” com Bolsonaro, agora também não se assusta tanto com a possibilidade de vitória do petista Haddad, principalmente diante de “rumores” de que o referido poste de Lula já teria chamado Meirelles para ser seu ministro da Fazenda.

Fruto de um governo, caro ineficiente, incompetente e corrupto e de uma economia em frangalhos, em AGO/18 o setor público consolidado brasileiro registrou déficit primário de R$ -16,9bi, o que corresponde a uma alta de 77,1% sobre igual período do ano passado.

Diante da grave situação das contas públicas, o próximo presidente terá de tomar, logo nos primeiros 100 dias de governo, 36 decisões consideradas urgentes na área orçamentária, como, por exemplo, um decreto que deve ser editado para proibir ministérios de reajustarem índices e tabelas que resultem em mais despesas no ano que vem.

Muito mais por conta do desalento, que é quando a pessoa desiste de procurar emprego, do que por causa de alguma suposta melhora na economia, a taxa de desemprego no país recuou para 12,1% no trimestre encerrado em AGO/18, contra 12,7% nos três meses até MAI/18.

Como fruto da indecente compra da XP, maior corretora do Brasil, pelo Itaú, maior banco privado do país, a corretora Clear, que pertence à XP e que não dá atendimento personalizado aos seus clientes, decidiu zerar as taxas de corretagem para operações em bolsa de valores.

Mostrando que não aprenderam a lição com a terrorista greve dos caminhoneiros, dos 13 candidatos à presidente, 4 (Alvaro Dias, Alckmin, Meirelles e Vera Lúcia) não trataram nem dos investimentos que pretendem fazer no setor ferroviário e nem da dependência do transporte rodoviário para o escoamento de carga em seus planos de governo.

Tentando atrair simpatia e parceiros de negócios, diante da “guerra comercial” que trava contra os EUA, a China, podendo beneficiar bastante o Brasil, anunciou que reduzirá de 11,5% para 8,4% as tarifas de importação de produtos têxteis e metais, incluindo produtos siderúrgicos.

Acrescentado mais uma vitória à lista de sucessos de Trump, os EUA e o Canadá fecharam um acordo de último minuto no domingo para salvar o Nafta como um pacto trilateral com o México, resgatando uma zona de livre comércio entre três países de US$ 1,2tri que estava prestes a entrar em colapso após quase 25 anos.

-    A Tesla despencou -13,9%, diante do anúncio de que seu presidente-executivo, Elon Musk, foi processado pela SEC, a CVM dos EUA, e obrigado a deixar o conselho da empresa pelos próximos 3 anos.

Política:

Mostrando que está 99% consolidado que terá segundo turno e que ele será disputado entre o candidato do PSL e o candidato do PT, segundo uma pesquisa divulgada hoje pelo BTG (1) Bolsonaro segue na liderança com 31%, (2) Haddad está isolado em segundo com 24%, (3) Alckmin ganhou uma posição e está com 11%, (4) Ciro caiu para 9%, (5) Amoedo segue crescendo e tem 5% e (6) Marina definha e tem 4%.

Cada dia mais conhecido, segundo a pesquisa de hoje do BTG Haddad é rejeitado por 50% da população, que diz que não votaria de forma alguma no referido poste do presidiário VIP de Curitiba, contra 49% que diz que não votaria de forma alguma em Bolsonaro.

Sem nenhuma vergonha em sua cara de pau, ontem, pregando para seus eleitores convertidos, Haddad voltou a prometer, durante o debate da Record, que se for eleito convocará uma nova Assembleia Constituinte, o que certamente será o seu primeiro passo para transformar o Brasil em uma Venezuela.

Apesar da candidatura do PSOL ser uma linha auxiliar do PT, para fazer o “trabalho sujo” para a organização criminosa petista, ontem, durante o debate da Record, Boulos afirmou para Haddad que é inexplicável sua aliança com políticos, como os peemedebistas Renan e Eunice Oliveira, que apoiaram o impeachment de Dilma.

Com 5% das intenções de voto, mesmo sem tempo na TV e sem usar dinheiro público na campanha, Amoedo, do partido NOVO, aparece com 8% dos votos entre os eleitores mais novos, de 16 a 24 anos, e com 7% entre aqueles de 25 a 40 anos.

Após dizer que seu partido, a organização criminosa petista, vai tomar o poder, Dirceu defendeu, durante o lançamento de sua autobiografia, que é preciso “tirar o poder de investigação do Ministério Público”.

Por uma ação corajosa do partido NOVO, que por ser o único sem “rabo preso” por bater em todo mundo sem medo de represarias, Luiz Fux, ministro do Supremo, cancelou a criminosa entrevista que a Folha de SP queria fazer com Lula às vésperas da eleição presidencial.

Apesar de concorrer ao governo do RJ pelo DEM, partido que compõe a organização criminosa do centrão e que apoia oficialmente a candidatura presidencial de Alckmin, Eduardo Paes está pedindo votos para o petista Haddad.

Como já era de se esperar, já que o partido de Lula é na verdade uma organização criminosa, Haddad, candidato do PT à Presidência, vem se cercando em sua campanha de auxiliares que foram delatados em desdobramentos da Operação Lava Jato ou que possuem pendências na Justiça, como denúncias e ações cobrando ressarcimento aos cofres públicos.

Com cerca de 10% das intenções de voto nas pesquisas, Alckmin será um importante eleitor no segundo turno, já que atualmente cerca de 46% dos que votam nele votariam em Haddad e 31% votariam em Bolsonaro.

Crítica:

A campanha # EleNão, que tentou se vender como apartidária, revelou-se claramente uma linha auxiliar do petista Haddad e de artistas e jornalistas socialistas que não querem perder as boquinhas no governo, o que teve “um efeito contrário nas mulheres, que não são bestas” e que devem aumentar, nesta última semana antes do primeiro turno, o percentual de votos femininos em Bolsonaro.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário