R.B. 14/AGO/18 "No Brasil o bonito é ser pobre, ignorante e malandro"



"No Brasil o bonito é ser pobre, ignorante e malandro"

São Paulo, 14 de agosto de 2018 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar subir, acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e beneficiada pela valorização das commodities, porém deve-se ressaltar que a tendência ainda é de queda, principalmente por conta da possível derrota de Alckmin nas eleições presidenciais e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo uma parte da forte alta registrada no pregão anterior, influenciada pela esperada alta da bolsa tupiniquim e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,3%, revertendo as perdas da abertura, em um pregão com boa volatilidade, já que na mínima atingiu 75.931pts e na máxima bateu 77.689pts, para fechar o dia na contramão do movimento visto nas principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR subiu 0,5% à R$ 3,88, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e impulsionado pelo agravamento da crise financeira na Turquia e pela elevação dos juros, de 40% para 45% ao ano, na Argentina.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -2,0%, com a valorização da moeda local (o iene) ante outras divisas principais pressionou ações de exportadoras, como as da montadora Toyota (-2,1%) e China -0,3%, em compasso de espera antes da divulgação de indicadores de produção industrial, vendas no varejo e investimentos, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,3%, França -0,1% e Alemanha -0,5%, novamente prejudicadas pela instabilidade financeira e política na Turquia, que preocupa investidores com uma iminente crise cambial no país e derrubou principalmente as ações dos bancos, como UniCredit (-2,6%), BBVA (-3,2%), BNP (-1,0%) e Garanti Bank (-10,1%) e (3) dos EUA, realizando lucros, S&P -0,4%, DJ -0,5% e NASDAQ -0,2%, seguindo os mesmos motivos que derrubaram as demais bolsas mundiais e também prejudicadas pelo recuo do petróleo, que afetou negativamente as petrolíferas Chevron (-0,7%) e ExxonMobil (-1,1%).

Tentando colocar o país nos eixos e conter, ainda sem sucesso, a forte desvalorização da moeda local, o BC (1) da Turquia anunciou a redução dos depósitos compulsórios e (2) da Argentina decidiu elevar, de 40% para 45%, a taxa básica de juros do país.

Superando as “apostas do mercado”, que estavam em 0,30%, no segundo trimestre deste ano a economia da zona do euro cresceu 0,40%, porém o lado negativo foi que, provavelmente por conta dos “temores” com as tensões no comércio Global, a produção industrial do bloco de 19 países caiu -0,7% em JUN/18, por conta de fraco investimento em máquinas e equipamentos.

Apesar de alertar que a incerteza econômica persiste antes das eleições presidenciais de OUT/18, a agência de classificação de risco Moody's afirmou ontem que as condições de crédito para as empresas brasileiras estão mostrando sinais de melhora, enquanto o país emerge de sua mais profunda recessão econômica da história.

Cada dia um pouquinho mais pessimista com o Brasil, o “mercado” elevou, de 4,11% para 4,15%, suas “apostas” para a inflação medida pelo IPCA neste ano e reduziu, de 1,50% para 1,49%, suas projeções para o desempenho da economia tupiniquim em 2018.

Pagando o pato da incompetência administrativa dos governadores, o socorro financeiro do governo federal para o pagamento de dívidas de estados e municípios com a União terá um impacto de R$ -90,3bi nas contas públicas ao longo de três anos, de 2017 a 2019, valor que corresponde a quase duas vezes o que foi gasto em investimentos em 2017 (cerca de R$ 46bi).

Com o brasileiro finalmente aprendendo que não é crime e principalmente é uma questão de segurança pessoal/familiar investir no exterior, nos 6 primeiros meses deste ano o volume de recursos enviados por pessoas físicas do Brasil para contas correntes em outros países cresceu 13,5% na comparação com o mesmo período de 2017.

-    A Bayer caiu -14,0% na bolsa de NY, depois que a recém-adquirida Monsanto foi condenada a pagar US$ 289mi por danos na primeira de possivelmente milhares de ações judiciais nos EUA sobre supostas ligações entre um herbicida e o câncer.

Política:

Inicialmente cotado para assumir a vaga de vice na chapa tucana de Alckmin, Aldo Rebelo, fundador do PCdoB que atualmente está no Solidariedade, disse que ainda não decidiu quem irá apoiar na corrida presidencial.

Cada dia mais liberal, Bolsonaro, candidato à presidente pelo PSL, decidiu incluir no seu plano de governo, quase que 100% preparado pelo economista Paulo Guedes, a reforma da Previdência, a reforma tributária e centenas de privatizações.

Ontem, enquanto os comedores de mortadela e terroristas do MST marchavam impunimente em Brasília, Gleisi Hoffmann, bandida e presidenta do PT, disse a jornalistas estrangeiros que o Brasil não terá estabilidade política se Lula continuar preso e se não participar do processo eleitoral.

Com a justiça se aproximando cada dia mais do candidato tucano à presidente, Marcio França e Guilherme Afif, ambos ex-vice-governadores de Alckmin, serão incluídos no inquérito eleitoral que apura o repasses de R$ 10,3mi da Odebrecht para o Caixa 2 das campanhas tucanas ao governo de SP em 2010 e em 2014.

Em uma atitude de coragem, Haddad, provável candidato petista a presidente assim que a candidatura de Lula for impugnada pela justiça, defendeu a descriminalização do usuário de maconha no Brasil.

Ontem Sergio Moro abriu a primeira ação penal contra Guido Mantega, ressaltando que ele tinha 2 contas não declaradas com aproximadamente US$ 2mi em propinas no exterior, o que preocupa bastante o PT, já que o referido ex-ministro de Dilma e de Lula não é, assim como Palocci, um “petista raiz” e vai abrir o bico caso seja preso.

Crítica:

Provavelmente mentindo, Alckmin declarou para a justiça eleitoral ter um patrimônio total de R$ 1,4mi, Ciro R$ 1,6mi e Boulos, socialista de IPhone, apenas R$ 15 mil, porém, falando a verdade e certamente perdendo votos, já que “no Brasil o bonito é ser pobre, ignorante e malandro”, Amoedo, candidato do partido NOVO à presidente, informou ter um patrimônio total de R$ 435mi.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário