R.B. 20/ABR/18 "O babaca pacifista do Obama nem sonhou"



"O babaca pacifista do Obama nem sonhou"

São Paulo, 20 de abril de 2018 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, dando sequência ao movimento de realização de lucros iniciado ontem, influenciada pela desvalorização das commodities e pelas perspectivas negativas para a economia e para a política no Brasil e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, para retomar o patamar dos R$ 3,40, influenciado pela esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e pela redução do fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,1%, “perdendo folego” após subir 3,5% em 2 sessões consecutivas, acompanhando a realização de lucros das bolsas de NY e com destaques de queda para as ações dos bancos, como Itaú (-0,9%) e Bradesco (0,6%), diante da redução das expectativas de crescimento da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR subiu 0,9% à R$ 3,39, retornando sua trajetória de alta após 3 pregões seguidos de queda, seguindo a valorização internacional da moeda norte-americana, diante do aumento das “apostas” de alta dos juros nos EUA.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,2% e China 0,8%, beneficiadas pela valorização das commodities e pelo bom desempenho das bolsas de NY no dia anterior, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra 0,2%, França 0,1% e Alemanha -0,2%, à medida que as bolsas do continente administraram individualmente a recepção a balanços corporativos divulgados por várias empresas de grande porte, como Imperial Brands (-2,9%), Unilever (-2,2%), Siemens (1,5%) e Abengoa (8,3%) e (3) dos EUA, devolvendo os ganhos da abertura, S&P -0,6%, DJ -0,3% e NASDAQ -0,8%, diante dos “temores” de que o FED (“BC” local) acelere o ritmo de elevação nas taxas de juros devido ao forte avanço registrado nos preços das commodities, que por sua vez pode impulsionar a inflação.

Frustrando as expectativas do “mercado”, que esperava uma alta de 1,5%, em MAR/18 as vendas no varejo do Reino Unido, já sofrendo os efeitos da separação da zona do Euro, recuaram cresceram “apenas” 0,8% na comparação com MAR/17.

Apesar de se dizer otimista, Artur Grynbaum, presidente do Boticário, afirmou que que mantém os “pés no chão” com o Brasil, ressaltando que os dados recentes indicam que a retomada da economia tupiniquim será mais lenta do que o previsto e só ganhará impulso após as eleições presidenciais, cujo resultado é bastante imprevisível.

Destoando da opinião dos empresários industriais brasileiros, que em ABR/18 ficaram menos otimistas segundo uma pesquisa da FGV e da CNI, o banco Goldman Sachs divulgou ontem um relatório indicando compra de ativos brasileiros, principalmente ações, e citando como motivos a valorização internacional das commodities e os juros básicos da economia tupiniquim no menor patamar da história.

Colocando, como é de costume aos incompetentes, a culpa nos outros, Ilan Goldfajn, presidente do BC tupiniquim, disse que se o FED (“BC” dos EUA) elevar os juros mais rapidamente que o esperado pode provocar volatilidade e aumento da aversão ao risco no mercado financeiro mundial, afetando os fluxos internacionais de capitais.

Aproveitando que sua popularidade está mais no chão do que bumbum de cobra, ontem finalmente o presidente Temer um decreto que autoriza a realização de estudos para a privatização da Eletrobras.

Com o claro objetivo de beneficiar apenas 1 setor empresarial, a Medida Provisória 811/2017 sobre o uso de petróleo e gás, lida ontem no plenário da Câmara dos Deputados e que deverá ir à votação na próxima semana, recebeu ao menos 7 emendas com texto quase idêntico, com isto o valor que a União obterá nas vendas para esse “clube VIP” tenderá a ser menor que o teria em um leilão em que qualquer comprador pudesse dar lances.

Alegando o descumprimento da regra de tolerância zero para presença de qualquer tipo de salmonela, ontem a União Europeia anunciou que proibiu a importação de carne de frango e derivados de 20 unidades de frigoríficos do Brasil, o que é aproximadamente um terço do total de plantas autorizadas a vender para o bloco.

-    A Philip Morris despencou -15,6% na bolsa de NY, após anunciar vendas decepcionantes no primeiro trimestre.
-    Amazon subiu 1,9% na bolsa de NY, após informar que o seu serviço Prime já tem mais de 100 milhões de clientes.

Política:

Com Temer colocando mais uma raposa para tomar conta do galinheiro, Rogério Scarabel, conhecido lobista do setor de medicamentos, foi indicado pelo presidente do Brasil para ser diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar, o que gerou enormes críticas da Associação Brasileira de Saúde Coletiva e do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, que inclusive já acionaram a Comissão de Ética Pública da Presidência da República.

Como os “nobres” parlamentares querem manter o poder de decidir o que fazer com o dinheiro dos trabalhadores, o projeto de lei que permitiria o saque de recursos do FGTS a quem pede demissão sofreu um revés por conta de um recurso do senador peemedebista Romero Jucá, líder do governo na Casa, e agora terá que ser submetido à análise do Plenário do Senado, para provavelmente ser rejeitado e “enterrado”.

Semana passada elogiado por ter ajudado a manter Lula na cadeia, ontem Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal, alegou “questões humanitárias” para conceder habeas corpus para que Maluf, um dos maiores bandidos do país, continue cumprindo pena em casa.

Acreditando, assim como Meirelles, que é a bolacha mais gostosa do pacote, Joaquim Barbosa afirmou, ao deixar a primeira reunião com o comando nacional do PSB, que ainda não se convenceu se realmente quer ser candidato e que sua família é contrária ao seu lançamento ao Palácio do Planalto.

Sem medo das panelas, o presidente Temer, que só tem medo de ir para a cadeia, fará hoje um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV para destacar as medidas do seu governo e mandar uma “mensagem de otimismo” aos brasileiros.

Esperando apenas a polícia bater à sua porta para voltar para a cadeia e provavelmente nunca mais sair de lá enquanto viver, Dirceu afirmou ontem, com toda razão, que se Lula não foi o candidato do PT à presidente o partido vai se esfacelar, se dividindo em 4 ou 5 facções.

Coberto de razão, Rodrigo Maia, presidente da Câmara e pré-candidato do DEM à presidente do Brasil, afirmou ontem que não pode opinar sobre Joaquim Barbosa, do PSB, porque não sabe o que ele pensa.

Confirmando, mais uma vez, que é candidato de si mesmo, e não de uma ideia ou de um projeto de país, Flavio Rocha, dono da Riachuelo que comprou o partido dos bispos da Universal para tentar ser presidente do Brasil, avisou ontem que bancará com dinheiro próprio sua campanha presidencial.

Dando mais munição para a justiça colocar Aécio Neves na cadeia, o empresário e picareta Joesley Batista, dono da Friboi, afirmou à Procuradoria-Geral da República que pagou R$ 50 mil por mês para o referido senador tucano, ao longo de dois anos, por meio de uma rádio da qual ele é sócio.

Crítica:

Prestes a conquistar algo que “o babaca pacifista do Obama nem sonhou”, Trump, presidente dos EUA e cada dia mais CPT do mundo, afirmou que ele e sua equipe farão "o que for possível" para que seu planejado encontro com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, ocorra até JUN/18 e seja bem-sucedido.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário