R.B. 27/DEZ/17 "Ação de governo"



"Ação de governo"

São Paulo, 27 de dezembro de 2017 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros após 4 pregões consecutivos de alta, nos quais avançou 3,8%, e após acumular uma alta de 25,7% no ano, influenciado pela desvalorização das commodities e em com os investidores “apostando” que 2018 será um ano turbulento por conta das eleições presidenciais e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,7%, revertendo uma abertura negativa, na qual chegou a recuar -0,4%, com baixo volume de negócios (R$ 5,1bi) e impulsionada pela recuperação dos preços das commodities, como o petróleo, que subiu 2,4%, e pelo bom desempenho das ações varejistas e (2) o DÓLAR caiu -0,7% à R$ 3,31, também revertendo o movimento inicial, quando na máxima atingiu R$ 3,34, influenciado pela melhora do “humor” na bolsa tupiniquim, pelo bom resultado da balança comercial brasileira e pelos leilões de venda do BC.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,2%, com baixo volume de negócios e em um movimento de realização de lucros após fechar o pregão anterior no maior patamar em 26 anos e China 0,4%, recuperando as perdas do pregão anterior, com destaques de alta para as construtoras ligadas à zona de livre comércio de Xangai, (2) da EUROPA, Inglaterra, França e Alemanha permaneceram fechadas por conta do feriado de Natal e (3) dos EUA, realizando lucros recentes, S&P -0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,3%, pressionadas pelo mau desempenho dos papéis de tecnologia e de companhias financeiras.

Principal, e única, fonte de tensão no final deste ano de 2017, a agencia de classificação de risco S&P confirmou que deve tomar sua decisão sobre sua “nota” para o Brasil ainda nesta semana, ressaltando que não anuncia decisões sobre ratings soberanos em ano eleitoral, “por isso a pressa".

Já ciente de que é inevitável o rebaixamento da “nota” o Brasil, Meirelles, ministro da Fazenda, mostrando que está deixando de ser economista para ser político, afirmou que isto não vai afetar o PIB, que segundo ele é mais sensível a aprovação ou não da reforma da Previdência.

Muitos no Brasil, principalmente 99% dos meios de comunicação tupiniquim que tem tendência esquerdista, acreditavam que, após a vitória de Trump nas eleições presidenciais, o mundo acabaria em 2017, porém (1) os EUA continuam sendo o país mais democrático do mundo, (2) a bolsa norte-americana bateu dezenas de recordes de alta e acumula uma valorização de quase 19% no ano e (3) a proposta de reforma tributária do governo republicano, recém aprovada no Congresso do país, trará ainda mais investimentos para a maior economia do planeta.

Com a capacidade produtiva longe de patamares capazes de causar uma inflação de demanda e com a economia tupiniquim ainda “engatinhando” para sair da recessão, o “mercado” (1) cravou um 6,75% suas “apostas” para a taxa básica ao longo do próximo ano, acreditando que o Copom vai cortar os juros em -0,25% já na primeira reunião do ano que vem, (1) reduziu, de 4,00% para 3,96%, suas “apostas” para a inflação de 2018 e (2) elevou, de 2,64% para 2,68%, suas previsões para o crescimento do PIB no ano que vem.

Dando sinais positivos da economia tupiniquim, (1) revertendo 3 anos consecutivos de queda, neste Natal de 2017 as vendas do comercio varejista foram 5,6% maiores que no menos período de 2016 e (2) o Índice Nacional de Confiança da população na economia subiu de 66pts em NOV/17 para 74pts em DEZ/17.

Beneficiada por fatores não recorrentes, como a receita de R$ 12,4bi em concessões, em NOV/17 as contas do governo tiveram um superávit de R$ 1,3bi, o que representa o melhor resultado para meses de novembro desde 2013, porem no acumulado dos últimos 11 meses as despesas ainda superam as receitas em R$ -101,9bi, o que representa o pior resultado da série histórica do Tesouro Nacional, que começa em 1997.

Descendo cada dia mais a régua, por conta do avanço da tecnologia, a Receita Federal anunciou que em 2018 vai monitorar de maneira especial 43 mil pessoas físicas (com rendimentos acima de R$ 10 milhões) e jurídicas (com rendimentos acima de R$ 200 milhões).

Provando, de forma insofismável, que a Olimpíada do RJ de 2016, além de quebrar a “cidade maravilhosa”, também prejudicou o turismo no país, em OUT/17 e em NOV/17 os gastos dos turistas estrangeiros no Brasil cresceram respectivamente 6,69% e 2,62% na comparação com os mesmos meses do ano passado.

Como, principalmente para os brasileiros, fazer turismo no Brasil é cada dia pior e mais caro, nos 11 primeiros meses deste ano, mesmo com o dólar acumulando uma alta de 1,9%, os turistas tupiniquins gastaram US$ 17,38bi em viagens internacionais, valor 32,6% maior que no mesmo período de 2016.

-    A Apple caiu -2,5% na bolsa de NY, após relatos de que a companhia está considerando cortar suas estimativas de vendas para o primeiro trimestre.
-    A Lojas Americanas subiu 3,7%, a JBS ganhou 3,4%, o Pão de Açúcar avançou 3,4%, a Lojas Renner se valorizou em 2,73% e a Magazine Luiza registrou alta de 3,6%, todas beneficiadas pelos sinais de que as vendas de Natal tupiniquim deste ano foram melhores do que o esperado.

Política:

Mostrando a forma como o atual governo faz política, o peemedebista Carlos Marun, novo ministro da Secretaria de Governo, afirmou, sem nenhuma vergonha na sua cara de pau, que a liberação de recursos de bancos públicos em troca de apoio à reforma da Previdência não é "chantagem", mas sim uma "ação de governo".

Certamente eleger um novo Congresso Nacional é tão ou mais importante que escolher um presidente da República, ainda mais no nosso país, porem mostrando que, ao menos no curto prazo, o Brasil é um país fadado ao fracasso, segundo uma pesquisa feita pelo instituto Paraná, 41,7% dos eleitores tupiniquins pretendem anular o voto para deputado federal em 2018.

Contrariando a opinião de Gilmar Mendes, que já impediu várias vezes esta mudança, 70% dos eleitores brasileiros gostariam de ter seu voto impresso para conferência na urna eletrônica, que por sua vez não tem a confiança de 31,8%.

Conforme já se esperava, o DEM “avisou” ontem que trabalha para lançar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, como candidato à Presidência da República pelo partido em 2018, com um discurso de que ele é o único candidato com capacidade de “reunificar” a política nacional, por ser hoje um dos poucos políticos com trânsito no governo e nos principais partidos da oposição (PT, PC do B e PDT).

Colocando, mais uma vez, os tucanos no mesmo balaio de bandidos de petistas e peemedebistas, o estaleiro de Cingapura Keppel Fels, que é um dos maiores do mundo, relatou em acordo que assinou com autoridades de 3 países que pagou propina para assegurar que ganharia um contrato no governo de FHC para a construção da plataforma P-48 para a Petrobras.

Crítica:

Apesar de eleito 5 vezes pela Fifa o melhor jogador de futebol do mundo, Cristiano Ronaldo, segundo o chefe do Fisco Espanhol, usou “laranjas” para sonegar quase 15 milhões de euros e, por este motivo, tem de ser preso.

Fazendo “uma nova lei para que a antiga seja cumprida”, a partir de hoje, os clientes terão de avisar o banco com 3 dias de antecedência para sacar valores acima de R$ 50 mil em espécie e as instituições financeiras deverão comunicar essas comunicações prévias de seus clientes ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras.

Reduzindo cada dia mais a competitividade tupiniquim, atualmente no Brasil são necessários 14 anos para se conseguir a patente de um produto, contra 4 anos nos EUA e 1 apenas ano no Japão.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário