R.B. 9/MAI/17 "Estremecendo os pilares da mais alta corte tupiniquim"



"Estremecendo os pilares da mais alta corte tupiniquim"

São Paulo, 9 de maio de 2017 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e beneficiada pelo aumento das “apostas” de aprovação da reforma da Previdência e (2) o DÓLAR pode cair, em um “ajuste técnico” após fechar o pregão anterior no maior patamar em quase 4 meses, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e o fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,3%, revertendo os ganhos da abertura, quando na máxima avançou 0,5%, com baixo volume de negócios (R$ 5,9bi), pressionada pela queda do minério de ferro, diante da divulgação de dados piores do que o esperado da economia chinesa, e prejudicada pelo noticiário corporativo doméstico e (2) o DÓLAR subiu 0,7% à R$ 3,20, para fechar o dia no maior patamar desde 19/JAN/17, seguindo a piora do “humor” na bolsa tupiniquim e o comportamento da moeda norte-americana no exterior.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 2,3%, “comemorando” a vitória do centrista Emmanuel Macron no segundo turno da eleição presidencial francesa e China -0,8%, prejudicada pelos temores de que o governo local continue sendo agressivo na contenção de riscos e também na esteira de dados de comércio externo mais fracos do que o esperado, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, França -0,7% e Alemanha -0,2%, realizando lucros após as urnas francesas comprovarem o que vinha sendo indicado e com destaques de queda para as ações dos bancos, como BNP (-1,5%) e Commerzbank (-2,8%), e para as ações das mineradoras, como Anglo American (-2,0%) e BHP Billiton (-1,3%) e (3) dos EUA, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, sustentadas por ações dos setores de energia, diante da alta do petróleo (2,1%), em um pregão que tanto o Nasdaq quanto o S&P renovaram suas máximas históricas de fechamento.

Cada dia um pouquinho mais otimista, o “mercado” elevou, desta vez de 0,46% para 0,47%, suas “apostas” para o crescimento da economia tupiniquim em 2017 e reduziu pela nova vez seguida, agora de 4,03% para 4,01%, suas projeções para a inflação medida pelo IPCA neste ano.

Maria Silvia Bastos Marques, presidente do BNDES, afirmou que as boas notícias na economia tupiniquim começaram aparecer, destacando (1) o crescimento de 32% nas aprovações do Finame (linha do banco de fomento que financia aquisição de máquinas e equipamentos) no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2016, (2) a recente elevação da “nota” da agência Moody's para o país e (3) a recuperação da produção de veículos neste ano.

-    Conforme prometido pelo prefeito Dória em MAR/17, começou a funcionar ontem em SP o novo sistema para abertura de empresas em até 7 dias.

Lutando, com verba pública, pelos seus interesses, e não pelos interesses do país, Blairo “motosserra” Maggi, ministro da Agricultura, anunciou que visitará países que importam carnes do Brasil, ressaltando que, após o cenário conturbado deixado pela Operação Carne Fraca da Polícia Federal, a imagem do produto brasileiro acabou sendo prejudicada em algumas regiões.

Com exportações 7% maiores do que no mesmo período de 2016, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 997mi na primeira semana de MAI/17 e foi impulsionada principalmente pelo aumento dos embarques de produtos básicos e semimanufaturados, que cresceram respectivamente 17,1% e 11,9% na mesma base de comparação.

Certamente causando novas filas nos portos e assim revelando mais uma vez a enorme falta de infraestrutura do país, a safra 2016/17 brasileira de soja deverá atingir o recorde de 114 milhões de toneladas, 17% mais do que a anterior.

-    A Apple subiu 2,7% na bolsa de NY, após o anuncio de que a empresa vai começar a produzir a edição de dez anos do aniversário do iPhone mais cedo do que o previsto.
-    O Banco do Brasil caiu -2,5%, diante da notícia de que o Tesouro Nacional vendará ações da instituição em até 24 meses.

Política:

Podendo estimular DEM e PSDB a seguirem o mesmo exemplo, a cúpula do PMDB no governo e no Congresso se reuniu na noite de ontem, em jantar na casa do líder da sigla na Câmara, Baleia Rossi, para traçar plano que conduza o partido a fechar questão a favor da reforma da Previdência.

Em um descarado e vergonhoso jogo de “toma lá dá cá”, que aliás é facilmente aceito pela população tupiniquim, o presidente Temer anunciou que planeja acelerar a liberação de verbas para pagar emendas de deputados, valor que pode chegar a R$ 1,9bi, que se comprometerem a votar a favor da reforma da Previdência.

“Estremecendo os pilares da mais alta corte tupiniquim”, Rodrigo Janot, procurador-geral da República, pediu, coberto de razão, que o Supremo Tribunal Federal considere o ministro Gilmar Mendes impedido e suspeito de julgar casos relacionados a Eike Batista, solto pelo “nobre” magistrado na semana passado, alegando que a mulher do ministro, Guiomar Mendes, trabalhar no escritório de advocacia de Sérgio que representa o referido “midas do PowerPoint” em diversos processos.

Mais de 500 mil pessoas já tinham assinado, até a tarde de ontem, um abaixo-assinado on-line, que será entregue ao Senado, pedindo o impeachment de Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandovski, ministros do Supremo Tribunal Federal, que na semana passada soltaram José Dirceu e Eike Batista.

Acreditando que tem mais poderes que o Batman, Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal e defensor de bandidos como José Dirceu e Eike Batista, acusou os investigadores e magistrados da Lava Jato de usarem os presos como “reféns” para conquistar apoio popular.

“Pulando fora da canoa furada” que é a candidatura de Lula, o PSOL anunciou ontem que o deputado Chico Alencar será o candidato do partido à presidente em 2018, certamente com a meta de conquistar o eleitorado de esquerda que tem nojo da organização criminosa lulopetista.

Tentando esconder a corrupção debaixo do tapete, a defesa do presidente Temer no Tribunal Superior Eleitoral pediu para excluir os depoimentos dos delatores da Odebrecht e do casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura da ação que pede a cassação da chapa presidencial de 2014.

Crítica:

Com expectativa de um cancelamento ainda maior do que no pente-fino anterior (84% do total), o  governo já começou a convocar os beneficiários de auxílio-doença com mais de 60 anos para realizar nova perícia médica nos benefícios por incapacidade pagos pelo INSS.

Assinando um atentado de incompetência ou de leniência, o Tribunal de Contas da União, cuja função é fiscalizar as contas públicas, divulgou uma estimativa de que, apenas levando em consideração os casos de corrupção já revelados pela Lava Jato, o Brasil país perdeu R$ -29bi.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário