R.B. 7/NOV/16 "A qualidade de vida de todos será melhor se o Estado estiver só nas áreas essenciais"



"A qualidade de vida de todos será melhor se o Estado estiver só nas áreas essenciais"

São Paulo, 7 de novembro de 2016 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, em um movimento de recuperação após 3 pregões consecutivos de baixa e após recuar -4,2% na semana passada, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e beneficiada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa brasileira, porem deve-se ressaltar que o patamar é interessante para compra, diante das esperadas alta dos juros nos EUA e queda da Selic no Brasil.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,2%, com bom volume de negócios (R$ 8,6bi), ainda acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais, diante do aumento dos “temores” de vitória de Trump nas eleições presidenciais dos EUA, e com destaques de queda para as ações da Petrobrás (-0,9%) e Itaú (-0,8%) e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,23, reduzindo a alta acumulada na semana para 1,1%, influenciado pela manutenção do fluxo positivo de recursos externos, mesmo diante do aumento das “apostas” de alta dos juros dos EUA em DEZ/16 e dos leilões de compra do BC.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -1,3% e China -0,2%, ainda em meio à tensão crescente antes da eleição presidencial nos EUA, (2) da EUROPA, Inglaterra -1,4%, França -0,8% e Alemanha -0,6%, também reagindo negativamente a balanços ruins e à queda acentuada do petróleo e (3) dos EUA, S&P -0,2%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,2%, com acirramento da disputa entre Trump e Clinton ofuscando resultados positivos sobre o mercado de trabalho do país, como o anúncio de que em OUT/16 o desemprego retrocedeu para 4,9% e a criação de emprego foi de 161 mil.

Comemorando o sucesso da medida de repatriação de divisas, que rendeu mais de R$ 50bi de impostos ao regularizar recursos não declarados no exterior, Jorge Rachid, secretário da Receita Federal, afirmou que "a era do sigilo bancário acabou”, esquecendo-se porem de levar em consideração moedas virtuais, como a bitcoin e a recém lançada Zcash.

Dando novos sinais positivos da economia tupiniquim, (1) no terceiro trimestre deste ano a receita dos shopping centers do país foi
4% maior que no mesmo período de 2015, (2) em OUT/16 as exportações tupiniquins de calçados foram 18,2% maiores que em OUT/15 e (3) a Gol anunciou hoje que criará 5.000 voos adicionais no Brasil durante a temporada de verão, entre o fim deste ano e o início de 2017.

De acordo com a opinião de grandes especialistas, diante da grande probabilidade de que o BC dos EUA comece a elevar os juros na sua reunião de DEZ/16 e de que o BC tupiniquim siga reduzindo a Selic na reunião do final deste mês, quem planeja uma viagem para o exterior nos próximos meses deve aproveitar para comprar dólar o quanto antes.

Fazendo o funcionalismo público, que é bem maior do que o necessário, “pagar o pato” de sua incompetência administrativa, o governo do RJ, afogado e atolado em dívidas também por conta da irresponsabilidade que foi sediar uma Olimpíada, propôs na sexta-feira criação de uma contribuição extraordinária de 30% do salário a ser paga pelos servidores pelos próximos 18 meses para bancar o déficit do seu sistema de previdência.

Podendo representar boas oportunidades de negócios para pequenos e médios investidores, diante da tendência de redução da Selic e de recuperação da economia, a bolsa tupiniquim deve passar no ano que vem por um novo ciclo de aberturas de capital e já existem cerca de 20 operações “no formo”, como da incorporadora Tenda e do Carrefour.

Símbolo da má gestão, em um segmento mercado quase sem competição no país, e envolvida até a alma na corrupção dos governos Lula e Dilma, a OI, que ainda tenta uma "saída de mercado" para se salvar da falência, pode ser objeto de uma "solução de emergência", que prevê a edição de uma medida provisória para permitir uma intervenção completa na operadora.

Política:

Seguro de que tem os votos necessários para a aprovação da matéria, Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, “avisou” que a reforma da Previdência, vital para tirar o país da crise, será enviada pelo governo Temer ao Congresso até o final deste ano, antes do recesso parlamentar.

Ressaltando que “a qualidade de vida de todos será melhor se o Estado estiver só nas áreas essenciais”, como saúde, educação e segurança, e deixar o indivíduo empreender, João Dionísio, presidente do Partido Novo, comemorou o fato da legenda se aproximar rapidamente dos 10.000 filiados.

Mostrando que no Brasil a lei é descumprida até por quem é pago para garantir seu cumprimento, segundo uma auditoria realizada pelo Tribunal Superior do Trabalho os 24 tribunais regionais do país descumpriram normas legais em relação a férias de juízes e desembargadores.

Por trás da ideia de Marcelo Crivella, novo prefeito do RJ, de atrair Índio da Costa, do PSD, e Carlos Osório, do PSDB, para a Prefeitura do Rio está o desejo do PRB de formar com as duas legendas uma nova força política capaz de se opor ao PMDB fluminense e de lançar ao governo estadual um nome oriundo do bloco e que tenha sido, de preferência, testado na administração da capital.

Com o objetivo de economizar R$ 1,5bi por ano, o governo deve soltar na semana que vem o decreto que vai endurecer as regras para concessão do seguro-defeso, que é o auxílio pago aos pescadores artesanais nos períodos em que a atividade fica proibida pelo IBAMA.

Com a provável volta de um de seus representantes à Câmara dos Deputados em janeiro, lideranças do MBL (Movimento Brasil Livre) se movimentam para que Paulo Martins, que é filiado ao PSDB, ganhe força na Casa, assumindo a relatoria de projetos importantes.

Diante do forte aumento da “força política” de Alckmin, que atualmente é o nome mais cotado para ser o candidato do partido à presidência em 2018, os tucanos Aécio e Serra, até pouco tempo atrás em lados opostos, começaram a se aproximar.

Crítica:

Diante do aprofundamento da crise na Venezuela do desalinhamento do atual governo brasileiro com o referido país, em 2016 as exportações tupiniquins para o país governado pelo ditador Nicolás Maduro já caíram -61% n comparação com 2015 e devem fechar 2016 no menor nível em 13 anos.

Aumentando a sensação de impunidade no país e reforçando a necessidade do fim do fórum privilegiado, um grupo de 30 inquéritos sobre parlamentares com foro privilegiado no STF (Supremo Tribunal Federal) tramita há mais de 6 anos sem desfecho.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário