R.B. 13/SET/16 "Medo de chatear o maior anunciante do Brasil"


"Medo de chatear o maior anunciante do Brasil"

 

São Paulo, 13 de setembro de 2016 (TERÇA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, comemorando a cassação de mandato de Eduardo Cunha, que confirma para o mundo o pleno funcionamento das instituições democráticas tupiniquins, e acompanhando a trajetória internacional das demais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode cair, ampliando a baixa já acumulada no ano (-17,7%), influenciado pela esperada melhora do “humor” na bolsa brasileira e pela manutenção do fluxo positivo de recursos externos.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,0%, revertendo as perdas da abertura, quando na mínima recuou -0,8%, acompanhando a melhora do “humor” nas bolsas de NY, após a diretora do Fed (“BC” dos EUA) Lael Brainard alertar contra a elevação dos juros norte-americanos e (2) o DÓLAR caiu -0,9% à R$ 3,25, revertendo a alta da abertura, quando na máxima avançou 0,6%, influenciado pelos mesmos motivos que animaram a bolsa brasileira.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -1,7% e China -1,8%, repetindo o comportamento dos mercados acionários de NY no fim da semana passada, em meio a uma nova onda de especulação sobre possíveis aumentos de juros nos EUA, e com destaque de queda para a Samsung (-7,0%), que registrou sua maior desvalorização em 1 único dia em 4 anos, após fazer recall de seu recém-lançado smartphone Galaxy Note 7, que apresentou problemas de bateria, (2) da EUROPA, Inglaterra -1,1%, França -1,1% e Alemanha -1,3%, ainda temendo um aumento dos juros nos EUA e com destaques de queda para as ações dos bancos, como Barclays (-2,7%), BNP (-2,2%) e FinecoBank (-3,0%) e (3) dos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 1,5%, DJ 1,3% e NASDAQ 1,7%, após a diretora do Fed (“BC” local) Lael Brainard alertar contra a elevação dos juros norte-americanos já na reunião dos dias 20 e 21/SET/16.

 

Como fruto dos últimos índices divulgados, o “mercado” elevou, de 7,34% para 7,36%, suas “apostas” para a inflação brasileira medida pelo IPCA neste ano de 2016, porem, apresentando um lado positivo, melhorou, de -3,20% para -3,18%, suas projeções para o desempenho da economia tupiniquim neste ano.

 

Dando sinais divergentes da economia brasileira, (1) segundo uma pesquisa da FecomercioSP, em SET/16 a confiança do consumidor paulistano aumentou 25,1% na comparação com SET/15, registrando a quarta alta anual consecutiva e (2) em JUL/16 o preço médio do aluguel em SP recuou nominalmente -2,2% na comparação com JUL/15, isto sem contar a inflação no período (8,9%).

 

Capitaneados por Previ (do BB), Funcef (da Caixa), Petros (da Petrobras) e Postalis (do Correios), e mostrando que a coisa mais arriscada que se pode fazer para garantir o futuro é ter um plano de previdência, a indústria brasileira de fundos de pensão fechados encerrou o primeiro semestre do ano com um déficit acumulado de R$ -84bi, R$ 7bi a mais que no fim do ano passado e 80% mais que na comparação com JUL/15 (R$ -45,8bi).

 

Após as decorrentes de sua participação em empresas investigadas pela Operação Lava Jato, o FI-FGTS, bilionário fundo que, de forma arbitraria, investe em infraestrutura com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço dos trabalhadores, terá regras mais rígidas para seus investimentos, que serão aplicadas no novo programa de concessões que o governo apresentará nesta semana.

 

Fruto da falta de educação financeira do consumidor brasileiro e do aumento da inadimplência, a taxa média de juros cobrada no (1) cartão de crédito subiu de 447% ao ano em JUL/16 para o patamar estratosférico de 451,44% ao ano em AGO/16, o que representa o maior valor desde OUT/95 e (2) cheque especial atingiu 296,33% ao ano em AGO/16, o que representa o maior nível desde MAR/99.

 

-    A Petrobrás subiu 3,4%, acompanhando a elevação dos preços do petróleo e também repercutindo dados melhores do que o esperado de sua produção de petróleo em AGO/16 e comentários do seu presidente sobre o plano de desinvestimentos.

-    A Vale subiu 2,5%, ajudada por um relatório do JPMorgan elevando a recomendação de compra das ações da empresa e pela leve alta no preço do minério de ferro à vista na China.


Política:

 

Largado à própria sorte por petistas, seus inimigos declarados, e por peemedebistas, seus antigos “companheiros”, ontem, por 450 votos, o que são 193 a mais do que o mínimo necessário, Eduardo Cunha, um dos principais responsáveis pela queda da ex-presidenta Dilma, teve finalmente seu mandato de deputado federal cassado e com isto ficará proibido de ocupar qualquer cargo publico até 2027.

 

Com o discurso de que a atuação do Judiciário ainda está aquém das necessidades da população, a ministra Cármen Lúcia assumiu ontem a presidência do Supremo Tribunal Federal ressaltando que o país atravessa tempos de "águas em revolto" e que o cidadão comum "não há de estar satisfeito" com o Poder que ela presidirá por 2 anos em substituição ao ministro Ricardo Lewandowski.

 

Certamente preocupando bastante o ex-presidente Lula e seus comparsas petistas, hoje Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, fará um depoimento ao juiz Sergio Moro, que é aguardado com expectativa nos meios jurídicos, já que na primeira convocação ele ficou em silêncio e agora já avisou que, cansado da cadeia, deve falar o que sabe sobre a acusação de que deu propina para o ex-senador Gim Argello evitar que empreiteiros fossem investigados numa CPI.

 

Com a avaliação de que ele tem um perfil desagregador, os líderes dos partidos da base do presidente Temer na Câmara estão insatisfeitos com o ministro Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo, e chegaram até a iniciar um abaixo-assinado pedindo o afastamento dele do cargo, articulação que acabou barrada pelo líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), para evitar expor o racha na base governista.

 

Obviamente se referindo ao assassinato de Celso Daniel, ontem o publicitário Marcos Valério, já condenado e preso numa penitenciária em MG, afirmou em depoimento ao juiz Sergio Moro que o ex-presidente Lula estava sendo "chantageado" pelo empresário de Santo André Ronan Maria Pinto, em 2004, porem, ressaltando que o fato é muito grave e que tem medo de também ser assassinado, não esclareceu o motivo da chantagem.

 

-    Com a queda de Eduardo Cunha assume seu suplente, o peemedebista José Augusto Nalin, que “ou é burro ou é bandido” já que declarou em 2014 à Justiça Eleitoral ter R$ 1,355 milhão "em espécie".

-    Após Cármen Lúcia sinalizar que pode abandonar o projeto de reajuste do Judiciário, a Frentas, entidade que representa magistrados e procuradores, chamou reunião para discutir uma reação à ministra.


Crítica:

 

Desvendando uma pequena parte de uma história que, mesmo com o proposital desprezo da imprensa, que tem “medo de chatear o maior anunciante do Brasil”, pode levar ao maior caso de corrupção do mundo, o Tribunal de Contas da União abriu um procedimento para analisar empréstimo, que aliás pelas condições mais parece doação, de R$ 2,7bi da Caixa para que o grupo J&F, dono da Friboi e do banco Original, comprasse as ações da empresa Alpargatas, dona da marca Havaianas.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil




Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário