R.B. 16/JUN/16 "A esdrúxula cabeça do petista"



"A esdrúxula cabeça do petista"

São Paulo, 16 de junho de 2016 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, devolvendo os ganhos do pregão anterior, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e a retração das commodities, já que a possível saída do Reino Unido da União Europeia está causando cada dia mais tensão e (2) o DÓLAR pode subir, rumo aos R$ 3,50, seguindo a esperada piora do “humor” na bolsa brasileira e também influenciado pela provável redução, de 25% para 6%, do Imposto de Renda incidente sobre remessas de dinheiro ao exterior para gastos com viagem, como hotéis, pacotes turísticos e transporte.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,55%, tentando iniciar um movimento de recuperação de perdas recentes, diante da manutenção da taxa de juros nos EUA e da ligeira valorização das commodities, que impulsionou as ações de empresas como Petrobras (2,5%) e Vale (3,2%) e (2) o DÓLAR caiu -0,3% à R$ 3,47, para fechar em território negativo pela 2ª sessão consecutiva, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos mesmos motivos que animaram a bolsa brasileira.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, ignorando a decisão, a principio negativa, do provedor Morgan Stanley de adiar a inclusão de ações chinesas classe A em seu prestigiado índice de economias emergentes, o MSCI Emerging Markets Index, Japão 0,4% e China 1,6%, com destaques de alta para as exportadoras, (2) da EUROPA, recuperando parte das perdas recentes, Inglaterra 0,7%, França 1,0% e Alemanha 0,9%, beneficiadas pela divulgação de dados econômicos positivos da zona do euro, como crescimento do superávit comercial e queda do desemprego e (3) dos EUA, devolvendo nos minutos finais do pregão os ganhos da abertura, S&P -0,2%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,2%, já que ao anunciar a manutenção da taxa básica de juros do país a autoridade monetária local ressaltou os efeitos negativos da possível saída do Reino Unido da União Europeia.

Ontem, após anunciar a manutenção da taxa básica de juros da economia norte-americana em um patamar entre 0,25% e 0,50% ao ano, Janet Yellen, presidente do FED (“BC” dos EUA) concedeu um entrevista coletiva na qual indicou que não está com pressa para elevar os juros, que teme os efeitos negativos da possível saída do Reino Unido da União Europeia e que vai continuar a observar indicadores econômicos, locais e globais, antes de iniciar um aperto monetário gradual.

Coberto de razão, André Araújo, presidente da Shell Brasil, afirmou que a instabilidade política é um entrave menor do que mudanças repentinas na regulação do setor, como os aumentos de impostos no RJ, ressaltando que sua empresa, parceira da Petrobrás em várias operações, está interessada em leilões do pré-sal caso o projeto de lei que flexibiliza as regras seja aprovado no Congresso.

Como já era de se esperar, economistas com mais de 1 neurônio comemoraram a iniciativa do governo Temer de fixar um teto para o gasto público, porem a proposta apresentada foi considerada ainda imprecisa e menos agressiva do que se gostaria, diante da grave situação das contas públicas, já que do total dos gastos, 16% não ficaram sujeitos ao limite do teto  e outros 47% estão legalmente amarrados a alguma forma de vinculação ou indexação que ainda precisa ser revista no Congresso.

Mostrando como funciona “a esdrúxula cabeça do petista” que foi um dos responsáveis pela quebra do Brasil, Arno Augustin, ex-secretário do Tesouro no primeiro mandato de Dilma e que foi um dos principais artífices das pedaladas fiscais, criticou a ideia do governo Temer de limitar os gastos públicos ao crescimento das receitas, algo que até uma dona de casa analfabeta sabe que deve ser feito.

Dando um pouco mais de liberdade ao capital, que já é tributado na fonte, ontem o plenário da Câmara aprovou a medida provisória 713, que reduz de 25% para 6% o Imposto de Renda incidente sobre remessas de dinheiro ao exterior para gastos com viagem, como hotéis, pacotes turísticos e transporte até o limite de R$ 20 mil ao mês.

Fazendo o trabalho que deveria ser feito pelo governo, ontem a OAB do RJ entrou com uma denúncia no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) contra a possível fusão da universidade Estácio com sua concorrente Kroton, ressaltando que esta operação provocará uma concentração econômica ilegal no mercado e trará riscos à qualidade do ensino.

-    A Petrobrás subiu 2,9% e, após o fechamento do pregão, a empresa (1) anunciou que concluiu a perfuração do 7º poço da bacia de Livra e que ele tem a maior coluna de óleo já descoberta, com 410 metros de espessura e (2) confirmou a abertura de processo de venda da Liquigás, sua subsidiária que tem 23% do mercado brasileiro de gás de botijão.
-    A Usiminas disparou 22,5%, após anunciar que está prestes a fechar um acordo com seus credores para refinanciar sua dívida de R$ 7,5bi de forma parcelada em 10 anos.

Política:

Aumentando as tensões políticas em Brasília, ontem foi homologada a delação premiada de Sergio Machado, incluindo o nome do presidente Temer e de outros 20 políticos que, segundo o referido ex-presidente da Transpetro, sabiam e se beneficiavam do funcionamento do esquema de corrupção na estatal.

A acusação de se beneficiou do esquema de corrupção na Transpetro é ruim para Temer, porem, neste momento, o maior dos problemas do referido presidente do Brasil se chama Renan Calheiros, presidente do Senado, que acuado fará de tudo para ajudar Dilma a voltar ao poder e se condenado tentará levar consigo para o buraco vários companheiros peemedebistas.

Covil de raposas velhas da política, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo aprovou ontem um parecer favorável às contas de 2015 do governador tucano Geraldo Alckmin, que agora segue para a Assembleia Legislativa, que fará o julgamento final da prestação de contas.

Em resposta ao pedido de prisão feito contra ele por Rodrigo Janot, Renan Calheiros, presidente do Senado, deve aprovar nos próximos dias o início do processo de impeachment do referido procurador-geral da República, que foi apresentado na última segunda-feira pelos senadores do PT.

Ontem, apenas 1 dia depois de o Conselho de Ética aprovar parecer pela cassação de Eduardo Cunha, veio à tona a informação de que partidos políticos da Câmara indicaram ou pretendem indicar para disputar uma vaga no Conselho Nacional de Justiça 2 advogados que atuaram na assessoria do presidente afastado da Câmara ou na de deputados de sua tropa de choque.

Impedindo mais uma manobra protelatória do nefasto advogado da ex-presidenta, ontem a Comissão Especial do Impeachment rejeitou um pedido feito pela defesa de Dilma para impugnar o coordenador do grupo que irá realizar a perícia contábil sobre os fatos que motivam a denúncia contra ela, que são as pedaladas fiscais e a edição de decretos de crédito suplementares editados sem autorização.

Antes resistente à tese da nova eleição presidencial, a CUT já fala em analisar a proposta de um plebiscito sobre o tema, feita por Dilma, desde que a consulta também preveja pergunta sobre uma Constituinte exclusiva para a reforma política.

Crítica:

Mostrando que, assim como os petistas, os chineses também sabem mentir sem ficar vermelho, Jack Ma, fundador do site de vendas on-line da Alibaba, afirmou que sua empresa fará “qualquer coisa" para impedir o comércio dos produtos falsos, porem alertou que muitos produtos piratas chineses têm "mais qualidade" do que o artigo original.

Como já era de se esperar, o Comitê Organizador da Rio-2016, lotado de corruptos, confirmou ontem que, além do presidente Temer, convidará a ex-presidenta Dilma Rousseff e todos os ex-presidentes brasileiros para a cerimônia de abertura dos Jogos, em 5/AGO/16, no Maracanã.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário