R.B. 30/MAI/16 "O Brasil já bateu no fundo do poço"



"O Brasil já bateu no fundo do poço"

São Paulo, 30 de maio de 2016 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, acompanhando o recuo das commodities e das bolsas da Europa e com baixo volume de negócios por conta do feriado do Memorial Day nos EUA e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela esperada piora do “humor” na bolsa brasileira.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,9%, para fechar o dia no menor patamar desde 7/ABR/16 (aos 49.051pts), mesmo diante da valorização das principais bolsas mundiais, já que foi prejudicada pelo conturbado cenário político nacional e pela forte baixa das ações da Petrobrás (-5,5%) e (2) o DÓLAR subiu 0,6% à R$ 3,61, acompanhando a piora do “humor” na bolsa brasileira e influenciado pelo aumento das “apostas” de alta dos juros nos EUA.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,4%, beneficiada pelo adiamento do imposto sobre as vendas planejadas e China -0,1%, com os investidores optando pela cautela enquanto aguardam a fala da dirigente do FED (“BC” dos EUA), (2) da EUROPA, fechando em alta uma semana que acumulou ganhos médios de 3,4%, Inglaterra 0,1%, França 0,1% e Alemanha 0,1%, desta vez beneficiadas pela divulgação de boas notícias corporativas, como a tentativa da Bayer de comprar a Monsanto e a venda dos negócios da AXA em pensão e proteção direta no Reino Unido ao Phoenix Group e (3) dos EUA, com os investidores finalmente compreendendo que a iminente elevação dos juros do país acontecerá por conta da melhora da economia, S&P 0,4%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,6%, porem com baixo volume de negócios por conta do feriado do Memorial Day, que acontecerá nesta segunda-feira.

Mostrando-se bastante otimista com o futuro do Brasil, Mark Mobius, presidente executivo da Templeton Emerging Market Group, que é uma das principais gestoras de investimentos globais e que administra mais de US$ 26bi, afirmou que nenhum país fez como o Brasil em termos de combate à corrupção e por isso o potencial de crescimento da economia brasileira é um dos maiores do mundo.

“Apostado” que “o Brasil já bateu no fundo do poço”, economistas prestigiados, como Caio Megale do Itaú, acreditam que, depois de 2 anos de retração da economia tupiniquim, o país está caminhando para uma recuperação embrionária que poderá levar a uma retomada mais rápida do que o esperado e que pode ocorrer, se o quadro político não atrapalhar, já no início de 2017.

Segundo a opinião de 87% dos banqueiros do mundo, a principal preocupação é o excesso de regulamentação do setor, porem, mostrando que os donos do capital começam a se incomodar com a concorrência, para 81% destes executivos a velocidade das mudanças tecnológicas também é encarada como uma ameaça.

Dando novos sinais negativos da economia brasileira, (1) hoje cerca de 60 milhões de brasileiros, o que representa 41% da população com mais de 18 anos, estão inadimplentes e juntos devem R$ 256bi, o que representa a maior marca já registrada desde o início dessa medição, em 2012 e (2) segundo o português Helder Boavida, presidente da BMW do Brasil, em 2016 as vendas dos carros de luxo no país devem recuar -20%.

Responsável por um mercado trilionário nos EUA e na Europa, o Certificado de Operação Estruturada, também conhecido como COE, tem começado a atrair a atenção também de brasileiros, já que procura aproveitar um eventual ganho com a alta do dólar ou a recuperação da Bolsa, mas sem perder o dinheiro investido em caso de queda, combinando investimentos em renda fixa e variável.

-    A Petrobrás caiu -5,5%, acompanhando o recuo internacional do petróleo e prejudicada pela intenção de investidores estrangeiros de terem acesso ao conteúdo das investigações da Operação Lava Jato a respeito de práticas ilegais ocorridas dentro da referida estatal.

Política:

Indicando que a corrupção também está incrustada no governo tucano de SP, direção da Dersa, empresa controlada pelo governo Alckmin e responsável pelo Rodoanel Norte, aceitou aumentar em 290% o valor pago a uma terraplanagem da construtora OAS com base somente em um relatório feito pela própria empresa interessada.

Com potencial para aniquilar o grupo anarco-terrorista que aterroriza e atrapalha muito o Brasil, o general Sérgio Etchegoyen, nomeado ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional pelo presidente Temer, faz parte de uma ala do Exército que vê o MST com muita preocupação.

Coberto de razão, o deputado peemedebista afastado Eduardo Cunha ingressou com uma queixa-crime no Supremo Tribunal Federal contra o deputado Jean Wyllys, do PSOL do RJ, por calúnia, difamação e injúria, o que ainda é pouco perto da cusparada que o “nobre parlamentar” deferiu contra seu colega Bolsonaro durante a votação do impeachment da presidenta Dilma.

Colocando mais uma vez petista contra petista, em um novo trecho da gravação de diálogos seus com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ex-senador Sarney afirmou que Lula considera a escolha de Dilma para sucedê-lo como seu "mais grave erro".

Cada dia mais perturbada mentalmente, Dilma, que ainda acha que voltará ao comando do Brasil, segue com mesma rotina de antes do impeachment, já que corda cedo, despacha com senadores, deputados, ex-ministros, dá bronca, exige pontualidade, se apega a detalhes e trabalha no lançamento de um site para comparar as iniciativas de seu governo com as de Temer.

Apesar da influência do peemedebista sobre o chamado “centrão”, um líder partidário nota que os ventos estão mudando para Eduardo Cunha, ressaltando inclusive que se ele não conseguir barrar seu processo no Conselho de Ética, correrá grande perigo no plenário.

Crítica:

Com o objetivo de ajudar sonegadores e bandidos, a recente lei que permite a repatriação de recursos brasileiros mantidos irregularmente no exterior, que é a aposta do governo para aumentar a receita em meio à recessão, ainda tem vários pontos para esclarecer e, em alguns casos, as respostas da Receita em seu site acabam gerando novas dúvidas.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário