R.B. 4/ABR/16 "Paquiderme que já é o Estado tupiniquim"


"Paquiderme que já é o Estado tupiniquim"

 

São Paulo, 4 de abril de 2016 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, para fechar o dia acima dos 51.000pts, seguindo a valorização das principais bolsas mundiais e animada com o novo aumento das "apostas" de queda da presidenta Dilma e prisão do ex-presidente Lula e (2) o DÓLAR pode voltar a cair, rompendo o "suporte" dos R$ 3,55, influenciado principalmente pela esperada melhora do "humor" na bolsa brasileira e também pela trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,0%, acompanhando o movimento ascendente das bolsas dos EUA e impulsionada pela nova fase da Operação Lava Jato, que pode chegar à conclusão de que foi Lula quem mandou matar o petista Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André e (2) o DÓLAR caiu 0,9% à R$ 3,56, revertendo uma abertura positiva, na qual chegou a avançar 0,8%, acompanhando os mesmos motivos que causaram a melhora do ''humor'' na bolsa brasileira, para fechar a semana acumulando baixa de -3,3%.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, ainda sem uma tendência única, Japão -3,5%, acumulando perdas por 4 pregões consecutivos e desta vez registrando a maior baixa diária desde 12/FEV/16, prejudicada pela divulgação de uma pesquisa mostrando uma queda maior que o esperado do sentimento das empresas do país e China 0,2%, sustentada pelo anúncio de que o índice de gerentes de compras da indústria do país subiu de 49,4pts em FEV/16 para 50,2pts em MAR/16, (2) da EUROPA, ignorando a divulgação de dados positivos da economia dos EUA, Inglaterra -0,5%, França -1,4% e Alemanha -1,7%, pressionadas por uma queda mais pronunciada das commodities, com o petróleo (-4,2%), e pelo dado negativo da economia japonesa e (3) dos EUA, recuperando das perdas da abertura, S&P 0,6%, DJ 0,6% e NASDAQ 0,9%, beneficiadas pela divulgação de dados positivos da indústria e da confiança dos consumidores e pelas "apostas" de que estes dados não devem acelerar o ritmo para a alta dos juros pelo Fed ("BC" local).

 

Após ressaltar que a forte queda dos investimentos no Brasil é provocada fundamentalmente pela queda da confiança dos investidores, Henrique Meirelles, ex-presidente do BC durante o governo Lula, lembrou que, antes mesmo da atual turbulência política, a ruína econômica do país começou com o aumento da dívida pública (gerando dúvidas sobre sua sustentabilidade) e com intervenções irresponsáveis no sistema de preços, com de energia elétrica, e outros setores importantes.

 

Competindo, e consequentemente desidratando, com o setor produtivo da economia, o Estado brasileiro, para financiar as estatais, o bolsa família e o bolsa empresário (via BNDES), absorveu 72% das operações de dívida do país, que incluem empréstimos a pessoas físicas, empresas e o lançamento de títulos públicos e privados no mercado.

 

Dando novos sinais negativos da economia brasileira, (1) em FEV/16 a produção industrial brasileira, desta vez afetada pelas atividades de fabricação de veículos e extrativas (minério e petróleo), teve uma queda de -9,8% na comparação com FEV/15, registrando assim a 24ª retração consecutiva nesta base de comparação, (2) no ano passado o número de imóveis devolvidos às construtoras por consumidores que desistiram da compra foi 40% maior que em 2014 e (3) em MAR/16 a produção de cerveja no Brasil caiu -17,9% na comparação com MAR/15.

 

Pagando a conta dos empresários que lhe elegeram, o governo Dilma, sem se preocupara com a inflação e com a saúde da população, autorizou um aumento de 12,5% no médio dos medicamentos patamar, pela primeira vez nos últimos 10 anos, bem acima da inflação registrada no mesmo período (10,3%).

 

Podendo pressionar ainda mais a inflação, segundo previsões do Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses, o preço da referida leguminosa, que subiu 6,8% apenas em FEV/16, pode, por conta do excesso de chuvas na região Sul, acumular uma alta de até 40% neste ano de 2016.

 

Prejudicando a Petrobrás e ajudando a reduzir ainda mais os preços da commoditie que já foi conhecida como "ouro negro", a Rússia anunciou durante este final de semana que em MAR/16 a sua produção de petróleo atingiu 10,91 milhões de barris por dia, o que representa o maior nível em quase 30 anos.

 

Enganando incautos, em MAR/16 o saldo da balança comercial brasileira ficou em US$ 4,4bi, o que representa o maior superávit já registrado desde o início da série histórica (em 1989), porem isto foi fruto de uma queda de -30% das importações na comparação com MAR/15 e de um recuo das exportações que, mesmo com a alta do dólar, foram -5,8% menores na mesma base de comparação.

 

Prejudicando a modernização e o desenvolvimento econômico do país, a compra de bens de capital (como máquinas e equipamentos utilizados na indústria e na agropecuária) do exterior neste ano deve cair mais de 50% em relação a 2015, quando já ocorreu uma retração de 26% em relação ao ano anterior.


Política:
 
Segundo investigações da procuradoria da República, o pecuarista José Carlos Bumlai, amigão do ex-presidente Lula, contraiu um empréstimo fraudulento junto ao Banco Schahin em OUT/04 no montante de R$ 12mi e pelo menos R$ 6mi deste valor teve como destino o empresário do município de Santo André, Ronan Maria Pinto, que começou a ganhar muito dinheiro em Santo André e nas demais cidades do ABC paulista após o assassinato do prefeito petista Celso Daniel, covardemente morto em 2002.

 

Como o peidorreiro da piada que olha para ver se sua mão está amarela, a presidenta Dilma, que segundo "rumores" perdeu o pouco de sanidade mental que lhe restava, respondeu ás críticas de um editorial de um jornal brasileiro "garantindo" que jamais vai renunciar.

 

Mostrando que, mesmo com dezenas de políticos e empresários presos, "o crime não para", segundo o depoimento de uma profissional de saúde do Complexo Médico Penal de Pinhais, no Paraná, os presos da Operação Lava Jato, como Renato Duque (ex-diretor de serviços da Petrobras) e Pedro Corrêa (ex-deputado do PP), tem regalias pagas pela construtora Andrade Gutierrez, como podóloga, chocolates suíços e frutas exóticas".

 

Confirmando pela enésima vez que "se gritar pega ladrão não sobra 1", foram encontradas nos arquivos da Mossack Fonseca, consultoria especializada em lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio, empresas offshore no nome de políticos brasileiros e seus familiares dos seguintes partidos (PT, PDT, PMDB, PP, PSB, PSD, PSDB e PTB).

 

O deputado Jovair Arantes, do PTB e atualmente relator da comissão do impeachment, está sendo orientado a apresentar um parecer que, além de recomendar a admissibilidade da denúncia pelo crime de responsabilidade, cite, além da parte técnica, casos de corrupção e problemas da gestão da presidenta Dilma como "bônus extra".

 

Fazendo uma pressão pacifica e inteligente, o grupo Vem Pra Rua, que é um dos principais organizadores dos protestos antigoverno, inaugurou ontem, na Av. Paulista, um painel para exibir os nomes e rostos dos deputados federais contrários ou indecisos em relação à votação do impeachment da presidenta Dilma.

 

Comandado por "raposas velhas e aposentadas" da política tupiniquim, o Tribunal de Contas da União decidiu tirar o pé do acelerador em processos que envolvem o governo ou a presidente Dilma e deram origem ao pedido de impeachment em análise na Câmara dos Deputados.

 

-    Jogando sua reputação no lixo, Luiza Erundina anunciou ontem que será a candidata do PSOL à Prefeitura de SP, com o depurado Ivan Valente, do mesmo partido, de vice.

-    Contando com a presença de Lula, o PT está se organizando, em conjunto com os bandidos do MST e os vagabundos da CUT, para fazer um protesto no dia 9/ABR/16 no Vale do Anhangabaú, em SP.


Crítica:
 
Aumentando ainda mais o tamanho do "paquiderme que já é o Estado tupiniquim" e arrumando mais empregos para "companheiros", a Caixa Econômica Federal, para evitar que um investimento irresponsável e suspeito de R$ 500mi vire pó, estuda assumir o comando de um conjunto de usinas eólicas, já que o grupo argentino que controla o projeto entrou em recuperação judicial no seu país.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso site: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário