R.B. 30/ABR/15 "Dilma coração valente é na verdade uma grande covarde"


R.B.

"Dilma coração valente é na verdade uma grande covarde"

 

São Paulo, 30 de abril de 2015 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando a recuperação das principais bolsas mundiais e desta vez impulsionada pela provável alta das ações da Petrobrás, que após o fechamento do pregão de ontem elegeu o Conselho de Administração menos político de sua história e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e pressionado pela "briga" para a formação da cotação de fechamento do mês.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –0,9%, realizando lucros recentes, principalmente nas ações da Vale (-%), novamente com bom volume de negócios (R$7,4bi) e desta vez acompanhando as perdas das bolsas de NY e da Europa e (2) o DÓLAR subiu 0,5% à R$ 2,96, revertendo uma abertura positiva, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos sinais de que a taxa de juros dos EUA deve subir ainda este ano.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, com poucos negócios, Japão não teve pregão por conta de feriado local e China 0,1%,com os investidores aguardam o fim da reunião do Fed ("BC" dos EUA), (2) da EUROPA, Inglaterra –2,2%, França –2,6% e Alemanha –3,2%, com destaques de queda para as ações de exportadoras, prejudicadas pelo crescimento abaixo do esperado dos EUA, e para as mineradoras, diante do recuo dos preços do minério de ferro e (3) dos EUA, S&P –0,4%, DJ –0,4% e NASDAQ –0,6%, com os investidores analisando a reafirmação do Fed ("BC" local) de que sua decisão para a elevação da taxa de juros vai depender dos  próximos dados, levando em consideração de fraco desempenho do PIB no primeiro trimestre, que teve contribuições positivas de gastos pessoais e investimentos primários e contribuições negativas das exportações, dos investimentos fixos não-residenciais e dos gastos do estado e governo local.

 

Apesar da primeira estimativa de crescimento econômico dos EUA no primeiro trimestre de 2015 ficar em 0,2%, patamar bem abaixo do esperado (1,0%), Fed ("BC" dos EUA) voltou a mostrar otimismo em relação à recuperação econômica norte-americana, ressaltando que o arrefecimento do primeiro trimestre obedece a "fatores transitórios" e indicando que mantem seu enfoque flexível sobre uma alta nos juros.

 

Corroborando com o pessimismo do "mercado" financeiro brasileiro, ontem o FMI alertou que, influenciado pelo baixo investimento, que por sua vez sofre com problemas de competitividade e fortes incertezas, o Brasil enfrenta a desaceleração mais grave de sua economia em mais de 2 décadas e deve fechar este ano com um PIB negativo em no mínimo –1,0% e uma inflação superior aos 8,0%.

 

Com juros elevados, preços nas alturas, desemprego crescente e perspectivas negativas para o futuro próximo, no primeiro trimestre deste ano o financiamento imobiliário, segmento do crédito ao consumidor que mais crescia no Brasil, teve uma retração de –4,62% na comparação com o mesmo período de 2014, o que representa o primeiro resultado negativo para o período pelo menos desde 2002, quando se iniciou o último ciclo de expansão no crédito no país.

 

Aumentando a dose do remédio, sem se preocupar em intoxicar e matar o paciente, ontem, conforme já era esperado por mais de 90% do "mercado", o Copom, de forma unanime, elevou pela quinta vez seguida a taxa básica de juros da economia brasileira, desta vez de 12,75% para 13,25%, o que (1) não deve contribuir com o arrefecimento da inflação, que é quase todo oriunda de preços administrados pelo governo, e (2) vai prejudicar ainda mais o desempenho da economia brasileira.

 

Diante de duras negociações no Congresso, da crise econômica e do fato de que parte das medidas só terá impacto a partir de 2016, as medidas de ajuste fiscal anunciadas pelo governo para tentar cumprir a meta de superávit primário devem ter um efeito bem mais modesto sobre as contas de 2015 do que o alardeado inicialmente.

 

-    Confirmando que as contas publicas estão "uma bagunça", nos 3 primeiros meses deste ano o o governo acumulou um superávit primário de apenas 4,5bi, o que é menos de 10% da meta do ano e o pior resultado para o período desde 1998.

-    Indicando que a inflação segue "firme e forte", (1) o IGP-M, usado para contratos de aluguéis, teve alta para 1,17% em ABR/15, patamar superior ao auferido no mês anterior (0,98%) e (2) em ABR/15 o IPA registrou alta para 1,41%, ante 0,92% do mês anterior.

 

-    A Petrobrás subiu 0,3%, porem após o fechamento do pregão foi anunciado que a União (1) indicou, de última hora, 3 novos nomes, com perfil mais técnico do que político, para o conselho de administração da empresa e (2) determinou a redução da proposta de aumento do teto da remuneração global (salários fixos, bônus, benefícios e previdência complementar) da diretoria da estatal em -9,6%.

-    A BRF subiu 9,0%, diante da divulgação de um resultado operacional muito melhor do que o esperado.


Política:
 
Provando que "Dilma coração valente é na verdade uma grande covarde", está confirmado que amanhã, quebrando uma tradição que começou em 1930 com o então presidente Getúlio Vargas, teremos no Brasil um feriado do dia do trabalhado sem um discurso presidencial no rádio e na TV.
 
Podendo representar um vexame inédito para um presidente na história do Brasil, segundo parlamentares peemedebistas, que em tese deveriam apoiar o governo, o jurista Luiz Edson Fachin, indicado por Dilma para uma vaga no Supremo Tribunal Federal, percorrerá um árduo caminho e pode inclusive ter seu nome rejeitado.
 
Com discursos sóbrios e técnicos e atacando o governo Dilma sem dó nem piedade, o Senador goiano Ronaldo Caiado, que é do DEM, tem se destacado bem mais do que o tucano Aécio Neves e já é apontado como um nome forte da oposição na disputa presidencial de 2018.

 

Como se fosse um político de oposição, ontem, visivelmente contrariado, o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, afirmou que "várias obras no país vão parar" e que ele "não pode esconder o que está acontecendo no ministério", que por sua vez ainda não tem previsão de quanto poderá investir neste ano.

 

Prometendo ficar na oposição ao governo Dilma, PSB e PPS, que já foram partidos da base aliada, anunciaram ontem que iniciaram as tratativas para a fusão das duas legendas, depois de a iniciativa ter sido aprovada em reunião da executiva pessebista, ressaltando que pretendem finalizar o processo antes de OUT/15, para que seus integrantes possam disputar as eleições municipais de 2016.

 

Contrariando publicamente seus colegas de toga, o que é no mínimo estranho, ontem Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, afirmou que representa uma "enorme a decepção" para a sociedade a decisão da corte que revogou a prisão preventiva e mandou que 9 executivos acusados de envolvimento com o esquema de corrupção da Petrobras aguardem julgamento em prisão domiciliar.

 

Ressaltando, com toda a razão, que a ''truculência'' não foi a polícia, mas os black blocs identificados pelo governo na manifestação, Beto Richa, governador tucano do Paraná, defendeu a ação da Polícia Militar que entrou em confronto com manifestantes em frente à Assembleia Legislativa do referido estado.


Crítica:

 

Provando, pela enésima vez, que no Brasil o crime compensa, ontem o juiz Vitor Valpuesta, da 3ª Vara Federal Criminal do RJ, determinou o desbloqueio de todos os bens e ativos de Eike Batista, o "empresário-ilusionista" que é acusado de crimes contra o mercado financeiro.

 

Com potencial para ser a prova necessária para confirmar definitivamente a enorme incompetência da presidenta do Brasil, termina na segunda-feira o prazo para que a Petrobras envie à CPI as atas e gravações de reuniões do conselho de administração da estatal desde 2005, quando Dilma era presidente do órgão.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário