R.B. 10/OUT/14 "Belo exemplo"


R.B.

"Belo exemplo"

 

São Paulo, 10 de outubro de 2014 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, com os investidores otimistas com o resultado das duas primeiras grandes pesquisas de intenção de voto, que mostram Aécio na frente de Dilma, e ainda desdenhando as perdas nas principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR seguir em queda, influenciado pela expectativa de forte fluxo positivo de investimentos externos caso o candidato tucano ganhe as eleições presidenciais brasileiras.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,4%, mesmo com o desempenho negativo das bolsas de NY, já que foi impulsionada pelas expectativas positivas para a divulgação de pesquisas eleitorais e (2) o DÓLAR caiu –1,2% à R$ 2,39, rompendo facilmente o "suporte" dos R$ 2,40, acompanhando a melhora do "humor" na Bovespa e influenciado pelos leilões de venda do BC.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão –0,8%, prejudicada pelo anuncio de que as encomendas de máquinas no país caíram -2,2% em AGO/14 e China 0,3%, com os investidores otimistas com a divulgação da ata do Fed ("BC" dos EUA) no dia anterior, (2) da EUROPA, revertendo uma abertura positiva, para fecharem em queda pelo terceiro pregão consecutivo, Inglaterra –0,8%, França –0,6% e Alemanha –0,1%, prejudicadas divulgação de relatórios de 4 institutos econômicos alertando que a economia alemã está à beira da recessão com as quedas nas exportações para a China e para Rússia e (3) dos EUA, devolvendo todos os fortes ganhos acumulados no pregão anterior, S&P –2,1%, DJ –2,0% e NASDAQ 2,0%, prejudicadas por comentários de James Bullard, presidente do Fed de St. Louis, que disse estar preocupado com uma desconexão entre a visão do mercado sobre a alta das taxas do Fed e o ponto de vista da autoridade monetária.

 

Como a Alemanha ameaça cair em recessão, a China tem perdido fôlego e os EUA temem que a desaceleração global prejudique a recuperação norte-americana, Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI, pediu ontem que as maiores economias do mundo abram os cofres e gastem mais em projetos de infraestrutura.

 

Representando frutos do aumento do pessimismo na economia brasileira, em SET/14 (1) a demanda por crédito no país recuou –1,6% na comparação com AGO/14 e (2) as taxas de juros médias cobradas do consumidor, depois de subirem por 15 meses seguidos, recuaram para ainda "astronómicos" 102,59% ao ano, ante 103,05% ao ano em AGO/14.

 

Confirmando mais uma vez a falta de capacidade gerencial do governo Dilma, nada menos do que 7 empresas baseadas no Nordeste estão segurando R$ 4,4bi em investimentos por conta do impasse na renovação de contratos de energia com a Chesf, geradora da Eletrobrás que atua na região.

 

Torrando patrimônio publico, "à preço de banana", para fechar as contas do atual governo incompetente, ontem o Tesouro Nacional anunciou que vendeu 5,24 milhões de ações do Banco do Brasil, pelo valor total de cerca de R$ 178,9mi, entre 29 de agosto e 10 de setembro, para fazer caixa para cumprir a meta de superávit primário.

 

-    Mais uma vez beneficiando os caloteiros para ajudar o governo a aumentar a arrecadação no final do ano, deve ser aberto em breve o programa de parcelamento de débitos do governo, chamado Refis.

 

Como o governo brasileiro, cada dia mais ideológico e menos pragmático, segue preferindo fazer negócios apenas com paisecos, em SET/14, mesmo com o aumento dos embarques para a Rússia, o faturamento das exportações de carne bovina do Brasil recuou –9,0% na comparação com SET/13 e –12,0% na comparação com AGO/14.

 

Buscando preço mais baixo e qualidade mais elevada, no ano passado os turistas tupiniquim trouxeram nas suas malas cerca de R$ 12 bilhões em roupas do exterior, o que equivale a 60 mil toneladas e corresponde ao faturamento anual estimado das quatro maiores cadeias do varejo têxtil (Riachuelo, Renner, C&A e Marisa).


Política:
 
Dando motivos de sobra para os petistas se preocuparem, segundo a média das duas pesquisas divulgadas ontem, o tucano Aécio tem 51% das intenções de voto e assim lidera a corrida pela presidência da republica, já a presidenta Dilma, que tenta reeleição, tem 49% dos votos válidos.
 
Também preocupando os petistas, segundo depoimento do doleiro Alberto Youssef à Justiça Federal, o esquema de corrupção na Petrobras tinha agentes públicos "mais elevados" que o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa.
 
Analisando o histórico da polarização entre PT x PSDB, que ocorre desde as eleições presidenciais de 2002, quando o ex-presidente Lula triunfou, as pesquisas divulgadas ontem mostram pela primeira vez um tucano numericamente à frente de um petista em simulação de segundo turno.
 
Mesmo após o aval do Rede e do PSB, Marina, terceira colocada na disputa pela Presidência da República com 21% dos votos válidos, adiou para uma data ainda indefinida seu esperado pronunciamento a favor da candidatura de Aécio no segundo turno das eleições presidenciais, provavelmente por resistências do tucano em colocar no seu programa de governo pontos defendidos por ela.
 
Convenientemente se esquecendo de que sua campanha faz "terrorismo eleitoral", ontem Dilma afirmou, em entrevista a rádios da Bahia, que seus adversários de criam uma "oposição ridícula" entre o Sudeste e o Nordeste, o que segundo a presidenta é uma visão preconceituosa e elitista.


Crítica:
 
Como sabe que o brasileiro é consumista, inocente e vaidoso, já que na maioria das vezes não dá valor ao dinheiro e compra por impulso, a BMW inaugurou sua fábrica em Araquari, que fica no Estado de Santa Catarina, porem os preços dos automóveis da marca não sofrerão redução após a nacionalização.

 

Dando um "belo exemplo", ontem o Comitê do Nobel anunciou que a ativista paquistanesa Malala Yousafzai, que tem apenas 17 anos e que em 2012 foi baleada na cabeça por membros do Taleban paquistanês por defender a educação escolar das mulheres no país, ganhou o prêmio Nobel da Paz de 2014, se tornando assim a mais jovem vencedora do prêmio em 112 anos de história.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário