R.B. 27/AGO/14 "Ordens acéfalas"


R.B.

"Ordens acéfalas"

 

São Paulo, 27 de agosto de 2014 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, mais uma vez com bom volume de negócios e também com os investidores "animados" com o aumento substancial das chances, que agora já ultrapassam os 50%, de derrota de Dilma nas eleições presidenciais e (2) o DÓLAR pode cair, diante dos leilões de venda do BC e da expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos por conta da redução das chances de o Brasil ter mais 4 anos de governo petista.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, recuperando as perdas registradas na abertura, para fechar novamente na maior pontuação desde 1/FEV/13 (aos 59.821pts), acompanhando a valorização das bolsas de NY e da Europa e beneficiada pelos "rumores", confirmados após o fechamento do pregão, de queda nas intenções de voto da presidenta Dilma e (2) o DÓLAR caiu –1,1% à R$ 2,27, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e com o BC dando continuidade ao seu programa de vendas, desta vez através do leilão de 4.000 contratos de swap.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão –0,6% e China –1,0%, devolvendo os ganhos dos últimos dias, pressionadas principalmente pelas ações das exportadoras, (2) da EUROPA, acumulando o maior ganho para um período de 2 dias em mais de 1 ano, Inglaterra 0,7%, França 1,2% e Alemanha 0,8%, impulsionadas pela perspectiva de mais estímulos do BC Europeu e por fortes ganhos em algumas siderúrgicas e (3) dos EUA, com o S&P registrando seu 30º fechamento em nível recorde apenas neste ano, S&P 0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,3%, já que o mercado reagiu positivamente a indicadores divulgados no país, como o crescimento de 22,6% nas encomendas de bens duráveis em JUL/14, e a notícias de fusões e aquisições, como da Amazon.com, que subiu 2,3% depois de confirmar a aquisição da Twitch Interactive por US$ 970mi.

 

Ontem, no mesmo dia em que Dilma confessou na TV que acha importante o Brasil financiar a construção de um porto em Cuba, seu governo, preocupado com o aumento dos atrasos nos pagamentos às empresas que exportam para a Venezuela, que já é o oitavo principal destino das mercadorias brasileiras no exterior, pressiona cada dia mais Caracas a solucionar o problema.

 

Apesar de Dilma garantir que a economia brasileira vai muito bem, segundo dados apresentados ontem por Delfim Netto, na comparação entre o quadriênio atual (de 2011 a 2014) e o anterior (de 2007 a 2010) ocorreu (1) uma redução de –60% do crescimento acumulado do PIB, de 19,6% para 7,4%, (2) uma ampliação de 20% da taxa de inflação acumulada, de 22,0% para 27,0%, e (3) um aumento de 170% do déficit em conta corrente acumulado, de US$ 98,2bi para US$ 268bi.

 

Ajudando a pressionar a inflação, obviamente por falta de capacidade administrativa do governo Dilma, ontem a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou uma série de reajustes anuais na conta de luz de consumidores do Nordeste, todos acima de 20%.

 

Desestimuladas por uma politica de preços equivocada do governo Dilma e também prejudicadas pela seca, ontem as usinas de cana-de-açúcar da região centro-sul do país a reduziram em –5,9% suas estimativas de moagem e de produção de etanol para a safra atual (2014/2015).

 

Prejudicando seus acionistas minoritários, e também o país, já que ajuda a pressionar a inflação, nos 7 primeiros meses deste ano os bancos públicos, que cumprem as "ordens acéfalas" da equipe econômica de Dilma, tiveram uma expansão de 8% nas suas carteiras de crédito na comparação com o mesmo período de 2013 e atualmente já são responsáveis por 53% de todas as operações deste tipo registadas no país.

 

Com império do "trio de ouro" do empresariado tupiniquim, que é formado por Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles, crescendo cada dia mais, ontem a Burger King anunciou que comprou a canadense Tim Hortons, que tem uma cadeia de café que atua principalmente no Canadá e nos EUA, por US$ 11,5bi.

 

-    A Oi subiu 10,6%, seguindo a valorização de quase 7% dos papéis da Portugal Telecom na Bolsa de Lisboa, após a portuguesa, que está em processo de fusão com a Oi, esclarecer investimentos que tinha na Espirito Santo Investimentos.

-    A Cemig caiu –5,7%, após ter recomendação pelo JP Morgan reduzida de neutra para abaixo da média do mercado.


Política:
 
Confirmando, exatamente como antecipado por este relatório, que "a batata de Dilma está assando", segundo a última pesquisa divulgada com as intenções de voto para presidente a petista caiu de 38% para 34%, Marina Silva subiu de 9% para 29% e Aécio Neves caiu de 23% para 19%.
 
Obviamente ajudando a consolidar a oposição em torno da candidatura de Marina Silva, nas simulações de segundo turno divulgadas ontem a candidata do PSB tem 45% das intenções de voto, contra 36% de Dilma, já o tucano Aécio Neves tem 35% das intenções de voto, contra 41% da candidata do PT.
 
O debate de ontem entre os presidenciáveis, que foi o primeiro desta campanha, teve (1) Dilma, como sempre confusa, atacando todos e sendo atacada por todos, (2) Aécio fazendo um discurso técnico, que certamente agrada seu eleitorado mas não conquista novos votos, (3) Marina pregando a conciliação, a nova politica e o fim da polarização entre PT e PSDB e (4) os nanicos se tornando mais conhecidos e certamente ganhando mais votos do que perderam.
 
Mesmo sofrendo ataques baixos e preconceituosos de petistas e tucanos, o que aliás deve se intensificar nos próximos dias, Marina Silva é a candidata com o menor índice de rejeição, á que apenas 10% dos eleitores dizem que não votariam nela de forma alguma, contra uma rejeição de 36% da petista Dilma e de 18% do tucano Aécio.

 

Em uma disputa que deve se arrastar para o segundo turno, segundo a última pesquisa divulgada Garotinho subiu de 21% para 28% e assim lidera a corrida eleitoral para o governo do RJ, seguido do peemedebista Luiz Fernando Pezão, que subiu de 15% para 18%, de Marcelo Crivella, do PRB, que manteve os 16% da pesquisa anterior e do petista Lindbergh Farias, que ainda aparece em quarto lugar, já que subiu de 11% para 12%.

 

De certo modo "beneficiado" pela morte de Eduardo Campos, Paulo Câmara, candidato do PSB ao governo de Pernambuco, subiu de 11% para 29% das intenções de voto, reduzindo sua diferença do líder das pesquisas, que continua Armando Monteiro, do PTB, que caiu de 43% para 38%.

 

Apesar de sua candidatura estar quase que 100% cassada pela justiça eleitoral, o candidato José Roberto Arruda, do PR, tem 37% das intenções de votos para o governo do Distrito Federal, seguido do petista Agnelo Queiroz, que tem 16% e de Rodrigo Rollemberg, PSB, que também tem 16%.

 

Tentando afastar sua imagem da de Dilma, o petista e ex-ministro Fernando Pimentel abriu vantagem e agora lidera com 37% a disputa pelo governo de MG, seguido do também ex-ministro Pimenta da Veiga, do PSDB, que tem 23%.

 

Mostrando que continua difícil tirar os tucanos do governo da maior cidade do Brasil, Alckmin, do PSDB, tem 50% das intenções de voto e seria reeleito no primeiro turno, já Paulo Skaf, do PMDB, tem 20% e o candidato do PT, Alexandre Padilha, tem vergonhosos 5%.


Crítica:

 

Por culpa da falta de educação financeira de brasileiro, que estimulado pelo governo federal toma credito de forma descontrolada para consumir o que é desnecessário, em JUL/14 a taxa média de juros subiu pelo sétimo mês consecutivo e atingiu 43,2% ao ano, o que representa novamente o maior taxa para a série histórica, que teve início em MAR/11.

 

Com o objetivo de reduzir o consumo de combustível e a emissão de poluentes em circuitos urbanos, o Fiat Uno 2015 será vendido no Brasil com a nova tecnologia start/stop, que desliga o motor do carro toda vez que ele para e religa novamente em menos de 1 segundo quando o motorista pisa na embreagem.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário