R.B. 16/JUL/14 "Vagabundagem dos legisladores"


R.B.

"Vagabundagem dos legisladores"

 

São Paulo, 16 de julho de 2014 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, para fechar em alta pelo sexto pregão consecutivo, desta vez impulsionada pela divulgação de dados melhores do que o esperado da economia chinesa, que já causou um reação positiva na abertura das bolsas da Europa e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo os ganhos do pregão anterior, seguindo a melhora do "humor" na Bovespa e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,4%, para fechar o dia novamente no maior patamar dos últimos 8 meses (aos 55.973pts), já que mesmo com as perdas das bolsas da Europa e dos EUA foi novamente impulsionada pela expectativa de queda das intenções de voto na presidenta Dilma nas novas pesquisas eleitorais previstas para esta semana e (2) o DÓLAR subiu 0,5% à R$ 2,22, refletindo a fala de Janet Yellen, presidente do Fed ("BC" dos EUA), que ressaltou que a contração do PIB norte-americano no primeiro trimestre deste ano deveu-se mais a fatores transitórios e que um aumento dos juros poderia ocorrer antes se o emprego continuar melhorando mais rápido do que o esperado.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,4% e China 0,2%, acompanhando os ganhos dos mercados de NY no dia anterior e à espera do anúncio do Produto Interno Bruto chinês no segundo trimestre, (2) da EUROPA, revertendo uma abertura positiva, Inglaterra –0,5%, França –1,0% e Alemanha –0,6%, prejudicadas pela divulgação da pesquisa ZEW, que mostrou que a confiança de investidores e analistas caiu em JUL/14 pelo sétimo mês seguido, para o nível mais baixo desde DEZ/02 e (3) dos EUA, S&P –0,2%, DJ –0,1% e NASDAQ –0,4%, prejudicadas por declarações de integrantes do Fed ("BC" local) sobre preços "substancialmente esticados" de ações de alguns setores, mesmo diante da divulgação de resultados positivos do JPMorgan (3,5%) e do Goldman Sachs (1,3%).

 

Conforme já se esperava, ontem, durante a reunião de cúpula dos BRICs foi oficializada a criação de um banco de desenvolvimento, que (1) surge como um complemento à atuação das instituições internacionais existentes, como FMI e Banco Mundial, (2) tem a proposta de financiar projetos de infraestrutura de países em desenvolvimento, integrantes ou não do grupo, com foco na sustentabilidade, (3) terá capital subscrito de US$ 50bi, com possibilidade de expansão futura para até US$ 100bi, (4) será presidido pela Índia e (5) será sediado em Xangai, na China.

 

Superando as expectativas do "mercado", que giravam em torno de 7,4%, e impulsionado pelos estímulos adotados por Pequim, que no começo do ano reduziu impostos e anunciou novos projetos de infraestrutura, o PIB da China, que tem a segunda maior do mundo e que é o principal destino das exportações brasileiras, cresceu 7,5% no segundo trimestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado e continua em linha com o ritmo desejado pelo governo.

 

-    Apresentando mais um "legado negativo" da Copa, segundo dados da empresa Braspag as vendas no comércio eletrônico tupiniquim recuaram até -37% nos dias em que o Brasil jogou.

-    Como os preços estão fora da realidade e o credito está mais difícil e caro, em MAI/14 as vendas de imóveis novos na cidade de SP caíram -36,5% na comparação com MAI/13.

 

Diante do aumento dos níveis de inadimplência e da piora das perspectivas econômicas, em JUL/14 os juros médios ao consumidor tupiniquim registraram sua 13ª alta seguida, atingindo 6,03% ao mês, ante 5,98% ao mês em MAI/14, o que representa o maior patamar desde JUL/12.

 

-    A Marfrig subiu 7,2%, após o Bank of America Merrill Lynch elevar sua recomendação da companhia para "compra" ante "neutra", citando os preços mais baixos de grãos e o recente recuo no custo da dívida da empresa de alimentos.

-    A CSN avançou 3,9% e a Usiminas ganhou 4,2%, refletindo a expectativa positiva pelo PIB chinês.

-    A Duratex caiu –4,0%, após ter a recomendação cortada pelo BofA de "neutra" para "underperform".


Política:

 

Mesmo com a aprovação de apenas 17% dos eleitores da cidade, Haddad, prefeito de SP, participou de um ato da militância petista em defesa da candidatura de Alexandre Padilha ao governo paulista, pois foi cobrado pelo ex-presidente Lula a se movimentar para reabilitar sua popularidade.

 

Citando o mensalão, o  ex-presidente FHC publicou ontem um artigo em que acusa o ex-presidente Lula de promover "baixarias e falsas acusações", ser "incapaz da autocrítica" e tentar "distrair a opinião pública jogando culpa nos outros".

 

Confirmando mais uma vez a enorme "vagabundagem dos legisladores" brasileiros, conforme já combinado e confirmado por Renan Calheiros, presidente do Senado, nos meses de AGO/14, SET/14 e OUT/14, período de campanha eleitoral, os "nobres senadores" terão que comparecer a apenas duas sessões no Congresso, porem mesmo assim obviamente receberão seus salários sem desconto.

 

Às vésperas de entrar no chamado "recesso branco", a Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem o pedido de urgência para votar uma proposta que pode derrubar o decreto bolivariano da presidenta Dilma, destinado a criar conselhos populares em órgãos da administração pública.


Crítica:

 

Com a maior "cara de pau", ontem, apenas dois dias depois do BNDES anunciar um empréstimo de R$ 2,7bi às Lojas Americanas e seu braço de comércio eletrônico B2W, Luciano Coutinho, presidente do referido banco de fomento, afirmou que a escassez de crédito para companhias brasileiras está impedindo a redução do montante de empréstimos subsidiados que o governo Dilma oferece a companhias brasileiras, inviabilizando assim a tentativa de conter a dívida pública e de abrir espaço para que os bancos comerciais, sobretudo os privados, aumentem sua participação no mercado de crédito corporativo.

 

Cometendo uma enorme arbitrariedade, os vereadores de Nova Odessa, cidade de 55 mil habitantes a 122 km da capital paulista, aprovaram um projeto de lei que torna obrigatória a leitura da Bíblia nas escolas municipais da cidade.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Um comentário:

  1. Você precisa de um empréstimo?
    Você está procurando Finanças?
    Você está procurando um empréstimo para ampliar o seu negócio?
    Eu acho que você veio ao lugar certo.
    Oferecemos empréstimos a baixa taxa de juros de 3%.
    As pessoas interessadas devem por favor contacte-nos em: Standardlifeorg@outlook.com
    Para uma resposta imediata para a sua aplicação, favor
    responda a este e-mails abaixo apenas: contacte-nos através do email: Standardlifeorg@outlook.com, ligue para o nosso Agente Cliente On @ + (447) 042-045878.
    Saudações

    Owen Harvey.

    ResponderExcluir