R.B. 14/JUL/14 "Proteger seus investimentos"


R.B.

"Proteger seus investimentos"

 

São Paulo, 14 de julho de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, para fechar em alta pelo quarto pregão consecutivo, acompanhando o desempenho positivo das demais bolsas mundiais e com os investidores ainda "apostando" na queda de Dilma nas próximas pesquisas de intenção de voto por conta do vexame da seleção brasileira de futebol e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a melhora do "humor" na Bovespa e também influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,4%, acompanhando o desempenho positivo das principais bolsas mundiais, novamente com destaque de alta para as ações da Petrobrás (0,9%) e desta vez também impulsionada pelo bom desempenho das ações do setor elétrico e (2) o DÓLAR caiu –0,1% à R$ 2,22, influenciado pelos leilões de venda do BC e pela trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão –0,4% e China –0,3%, acompanhando as perdas do pregão anterior nas bolsas dos EUA e prejudicadas pelos problemas bancários observados no continente Europeu, (2) da EUROPA, recuperando as perdas do pregão anterior, Inglaterra 0,3%, França 0,4% e Alemanha 0,1%, diante da diminuição dos temores com a situação financeira do Banco Espírito Santo, após o primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, dizer que a instituição é de confiança e (3) dos EUA, tentando iniciar um movimento de recuperação em uma semana no qual o S&P registrou a maior baixa (-0,9%) semanal desde ABR/14, S&P 0,2%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,4%, com investidores mostrando um entusiasmo comedido com os primeiros capítulos da temporada de balanços corporativos, que começou com Amazon.com (5,6%) e eBay (2,3%).

 

Nos 6 primeiros meses do ano a inflação oficial medida pelo IPCA foi de 3,75%, enquanto a rentabilidade da caderneta de poupança foi de 3,47% e, para o investidor "proteger seus investimentos" da perda de poder aquisitivo por meio de aplicações indexadas à inflação, o mais indicado pelos especialistas são os títulos públicos atrelados a um índice inflacionário, como a NTN-B, os papéis privados, como a LCA e LCI, e os fundos de investimento e imobiliários, como o FIXX11.

 

Com o "imperialismo tupiniquim" dando mais um passo importante, o banco de investimentos brasileiro BTG Pactual, que é comandado por André Esteves, anunciou neste final de semana que comprou o banco suíço BSI por cerca de R$ 3,7bi, que tem 140 anos de história e aproximadamente US$ 100bi em ativos sob gestão.

 

Ajudando a segurar a alta do dólar, as casas de câmbio viram um aumento de até 150% nas compras de real por estrangeiros que vieram ao Brasil curtir a Copa do Mundo e as maiores altas foram registradas em cidades-sede dos jogos.

 

Como a política de juros baixos dos bancos públicos tem custo e acaba não sendo sustentável por muito tempo, ainda mais em cenário de Selic elevada, desaceleração do crédito e alto endividamento, a diferença entre os juros nos grandes bancos públicos e privados vem caindo seguidamente desde o final de 2012 nas principais linhas de crédito ao consumidor.

 

Brasilagro, CR2 Empreendimentos Imobiliários, General Shopping Brasil, HRT Participações em Petróleo, Nutriplant, Renar Maçãs e Senior Solution são as 7 empresas com ações cotadas na Bovespa incluídas na MP 651, que dá isenção de Imposto de Renda para ganhos com a valorização de ações de pequenas e médias empresas.

 

-    O Pão de Açúcar caiu –0,3%, mesmo após anunciar que sua receita líquida avançou 13,4% no segundo trimestre ante igual período do ano passado.


Política:

 

Com "muitas generalidades" e alguns pontos em comum, os programas de governo dos 3 principais candidatos à Presidência da República na eleição deste ano não esclarecem o principal, que é de onde virá o dinheiro para implementar suas agendas, sobretudo em um cenário de crescimento medíocre como o atual.

 

Com a meta de ouvir 5.468 eleitores, o instituto Datafolha registrou na Justiça Eleitoral três novas pesquisas sobre as eleições de OUT/14 que serão aplicadas nesta semana, a primeira sobre a disputa pela Presidência da República, a segunda sobre a a avaliação do governo Dilma Rousseff e a terceira sobre a realização da Copa do Mundo e seu impacto para os presidenciáveis.

 

"Simplesmente" por criticar a CBF após a derrota do Brasil na Copa, Franklin Martins, ex-ministro de Lula e responsável pelo site da campanha de Dilma, causou a primeira crise interna do comitê de reeleição da presidenta e corre o risco de ser desligado do grupo.

 

Com estrutura nanica e sem palanques próprios nos principais Estados, o presidenciável Pastor Everaldo, do PSC e que já tem 4% das intenções de voto, tem fechado alianças para ganhar espaço em palanques de candidatos que apoiam Dilma e Aécio, já que em troca dá a associação ao eleitorado evangélico que vota nele.

 

27 das 81 vagas do Senado serão disputadas nas eleições deste ano e o PMDB, que dos 20 senadores que tem atualmente terá que disputar a reeleição de 7, pode perder o posto de maior bancada da Casa.

 

A disputa pela vaga única de senador por SP nas eleições de OUT/14 reunirá três nomes de peso, já que além do atual ocupante da cadeira, o petista Eduardo Suplicy, ingressaram na campanha o ex-governador tucano José Serra e o ex-prefeito da capital paulista Gilberto Kassab, do PSD.

 

Como já era esperado, a presidenta Dilma foi vaiada e ofendida com intensidade quando sua imagem surgiu nos telões do Maracanã, durante a entrega das premiações aos melhores da Copa do Mundo.


Crítica:
 

Mostrando mais uma vez que a conta não fecha, com a Copa do Mundo de Futebol R$ 30bi foram injetados na economia brasileira, valor equivale a cerca apenas de 0,6% do PIB do país.

 

Um empréstimo do BNDES, em pleno ano eleitoral, de R$ 2,7bi às Lojas Americanas e seu braço de comércio eletrônico B2W, controladas pelo investidor Jorge Paulo Lemann e seus sócios, trouxe à tona a discussão sobre o direcionamento dos financiamentos do banco, cujas fontes principais de recursos são o Tesouro e o Fundo de Amparo ao Trabalhador.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário