R.B. 3/JUN/14 ''Ideia esdrúxula''


R.B.

"Ideia esdrúxula "

 

São Paulo, 3 de junho de 2014 (TERÇA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, devolvendo a valorização acumulada no pregão anterior, acompanhando a realização de lucros nas demais bolsas mundiais e também influenciada pela divulgação de novos dados negativos da economia brasileira e (2) o DÓLAR pode cair, em um ‘’ajuste técnico’’ após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 3/ABR/14 e influenciado pelos leilões de venda do BC que, mais preocupado com a pressão inflacionária do que com as exportações, deve seguir atuando na ponta vendedora.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,7%, acompanhando o ‘’humor positivo’’ das demais bolsas mundiais e com destaques de alta para as exportadoras, como a Vale (2,1%), beneficiada pela valorização do dólar frente ao real e pela divulgação de dados positivos sobre a indústria chinesa e (2) o DÓLAR subiu 1,3% à R$ 2,27, registrando o maior avanço diário em 6 meses, diante de dúvidas dos investidores em relação ao futuro das intervenções do BC no mercado cambial, já que o BC já parou de subir os juros e a economia norte-americana segue se recuperando.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 2,1% e China 1,8%, reagindo positivamente a divulgação de que o setor industrial chinês apresentou um crescimento acima do esperado em MAI/14, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,3%, França 0,1% e Alemanha 0,1%, impulsionadas pela expectativa de que o BC Europeu anunciará medidas de estímulo à economia na reunião de política monetária que ocorre na quinta-feira e (3) dos EUA, S&P 0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ -0,1%, próximas da estabilidade, depois de terem oscilado entre altas e baixas em consequência de um erro na divulgação de um indicador do setor de manufatura do país e das expectativas para a divulgação do relatório mensal sobre o mercado de trabalho, que ocorrerá na sexta-feira.

 

Cada dia mais pessimista com o futuro da economia brasileira, o ‘’mercado’’ reduziu, desta vez de 1,63% para 1,50%, suas ‘’apostas’’ para o desempenho do PIB do país este ano, e para piorar também elevou, desta vez de 6,58% para 6,60%, suas previsões para o IPC deste ano.

 

Com R$ 7bi separados para ‘’abrir a torneira’’, o comando do fundo de investimentos do FGTS, por ‘’mera coincidência’’ em ano eleitoral, quer engordar a fatia de recursos aplicados em grandes empreiteiras, que são as principais doadoras das campanhas políticas, e já procurou a grande maioria delas, obviamente as maiores, para que apresentem propostas de projetos nos seguimentos de saneamento, rodovias e aeroportos.

 

Além de criar obstáculos para um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia, a Argentina quer impedir que Brasil, Uruguai e Paraguai negociem em separado com os europeus e, confirmando como atualmente é ruim para o governo brasileiro ser parceiro dos ‘’hermanos‘’, as vendas de produtos tupiniquins para a terra do Maradona caíram novamente com força em MAI/14, registrando o pior desempenho desde MAI/02.

 

Como o brasileiro, apesar do credito fácil e do estímulo dado pelo governo, não tem mais nenhum motivo para comprar carros, em MAI/14 foram comercializados 278,3 mil veículos, volume -0,6% inferior a ABR/14 e -7,0% abaixo do registrado em MAI/13, o que deixa a indústria ainda mais distante da previsão inicial de obter crescimento de 1% neste ano.

 

De acordo com dados oficiais do BC brasileiro, entre ABR/13 e ABR/14 a taxa média de juros cobrados no crédito pessoal ficou 46% mais cara, fazendo as parcelas dos empréstimos pesarem mais no bolso do consumidor e os especialistas recomendarem que se evite ao máximo a tomada de crédito.

 

A crise energética, que fez os preços da energia elétrica dispararem, está perto de provocar o fechamento de fábricas no Nordeste, já que 7 empresas instaladas na Bahia, em Alagoas e em Pernambuco podem fechar as portas caso contratos antigos com a Chesf, geradora da Eletrobrás no Nordeste, não sejam renovados.

 

Apesar de acumularem um crescimento de quase 20% nos 4 primeiros meses deste ano, atingindo US$ 5,4bi, as exportações brasileiras de petróleo ainda são maiores que as importações da commodity, que no mesmo período tiveram uma queda de -10%, atingindo US$ 5,7bi.

 

Ajudando a diminuir o déficit acumulado no ano, que agora está em US$ -4,9bi, em MAI/14 o Brasil registrou um saldo comercial positivo de US$ 712mi em sua balança comercial, o que representa o pior resultado para o mês desde MAI/02.

 

-    A Ambev subiu 2,8%, após dados divulgados pela Receita Federal mostrarem crescimento de 14,8% da produção brasileira de cervejas em MAI/14 na comparação com MAI/13.


Política:

 

De gravata azul, para mostrar que é tucano e que se diferencia dos petistas que usam vermelho, Aécio Neves foi o entrevistado de ontem no programa Roda Viva e, além de bater bastante no governo Dilma, (1) garantiu que nunca usou cocaína, ressaltando que estes ataques vem do submundo da internet, (2) prometeu que seu governo será pautado pela ética e pela eficiência, (3) avisou que fará reformas, porém não detalhou nem quais ministérios quer cortar, (4) destacou que sua diferença com Eduardo Campos se dá pois o candidato do PSB participou do governo Lula, (5) se esquivou de explicar como vai promover crescimento e combater a inflação ao mesmo tempo, (6) indicou que não abre mão do segundo mandato caso seja eleito e (7) apresentou mais uma vez sua ‘’ideia esdrúxula’’ de unificar todas as eleições brasileiras em apenas um dia a cada 5 anos.

 

Como reflexo da bagunça geral em que se transformou a política partidária no Brasil, contrariando Dilma, que em reunião com o PMDB em Brasília procurou atrair Skaf para sua candidatura à reeleição, colocando-o como mais uma opção para derrotar o PSDB em SP além do candidato petista Alexandre Padilha, o referido peemedebista afirmou ontem à imprensa que é candidato de oposição ao PT tanto quanto ao PSDB, recusando assim a possibilidade de que Dilma tenha um palanque duplo no estado.

 

Como, em nome da reeleição de Dilma, não está interessado em ajudar os ‘’companheiros de segundo escalão’’, o PT suspendeu ontem a filiação partidária do deputado estadual Luiz Moura, apontado como suspeito de envolvimento com a facção criminosa PCC, com isto ele ficará impedido de concorrer à reeleição.

 

Com medo de manifestações durante a Copa do Mundo de Futebol, o governo Dilma (1) ofereceu homens do Exército para atuar nas ruas e ajudar no patrulhamento das 12 cidades-sede e (2) se comprometeu a apoiar um projeto de lei para alterar o orçamento e garantir que os policiais recebam 15,8% de aumento.


Crítica:

 

Derrubando mais um ‘’mito de Dilma’’, que ainda ‘’garante’’ que a Copa trará mais benefícios que malefícios ao Brasil, segundo Enrique Cueto, presidente do grupo Latam, os meses de JUN/14 e JUL/14 serão de prejuízo por causa da Copa do Mundo, ressaltando que o evento trará uma forte diminuição na demanda por voos, tanto domésticos como internacionais, destinados a negócios e ao turismo não futebolístico.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 


Nenhum comentário:

Postar um comentário