R.B. 30/JUN/14 "Pintar na testa"


R.B.

"Pintar na testa"

 

São Paulo, 30 de junho de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, tentando iniciar um movimento de recuperação das perdas acumuladas na semana passada (-2,7%), diante do gradativo aumento das ''apostas'' de que Dilma perderá as eleições presidenciais e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, ampliando a baixa acumulada na semana passada (-1,6%), acompanhando a esperada melhora do ''humor'' na Bovespa e o fluxo positivo de recursos externos.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –0,6%, já que mesmo com o desempenho positivo das bolsas dos EUA foi prejudicada pela divulgação de dados fiscais negativos da economia brasileira e (2) o DÓLAR caiu –0,3% à R$ 2,20, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e desta vez com os vendidos ganhando a ''briga'' para a formação da cotação de fechamento do mês.

 

Também na sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão –1,4% e China –0,1%, influenciadas negativamente pelas dúvidas sobre a força da economia norte-americana, diante do aumento menor que o esperado nos gastos de consumidores dos EUA em MAI/14, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra 0,3%, França –0,1% e Alemanha 0,1%, divididas entre indicadores mistos da região e comentários do presidente do BC da Inglaterra, Mark Carney, que afirmou que a primeira alta na taxa de juros no Reino Unido deve acontecer no segundo semestre de 2014 ou em 2015 e (3) dos EUA, recuperando as perdas da abertura, S&P 0,2%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,4%, lideradas por ganhos do setor tecnológico, mas a projeção decepcionante da Dupont para o segundo trimestre limitando os ganhos.

 

Com o ritmo de crescimento da economia em queda, puxando para baixo a arrecadação, e os gastos públicos em alta, puxados para cima pelas ''bondades eleitoreiras'' do governo Dilma, em MAI/14 as contas da União tiveram o maior déficit da história para o referido mês.

 

Diante de inflação e juros mais altos, o que afeta o orçamento das famílias, em JUN/14 a confiança do consumidor brasileiro ficou em 107,4pts, o que representa (1) a quarta queda consecutiva, (2) um recuo de –26,0% na comparação com JUN/13 e (3) o pior patamar desde OUT/03.

 

Segundo uma pesquisa feita pelo Insper, 51,4% dos pequenos e médios empresários brasileiros acreditam que a situação econômica permanecerá ruim em 2015 independentemente de quem ganhe as próximas eleições presidenciais.

 

Pressionada por ter de comportar investimentos de R$ 44bi em 2014 e com dificuldade em aumentar a sua produção de petróleo, a Petrobras espera ansiosamente ter o aval do governo para reajustar preço dos combustíveis, já que com o preço da gasolina –18% abaixo do patamar internacional, a empresa estima um resultado negativo de até R$ -4,2bi somente nesta conta.

 

Por conta da estabilização da economia causada pela adoção do Plano Real, em 1994, a renda variável começou a se desenvolver no Brasil, já que o em 1991 o volume financeiro movimentado na BM&FBovespa foi US$ 8,5bi, em 1994 este volume anual saltou para US$ 88,2bi e no ano passado superou os US$ 888,1bi, além disto o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, teve valorização de 221,11% nos últimos 20 anos, isto mesmo descontando a inflação oficial no período.

 

Melhor que o esperado (-0,59%), diante da forte deflação nos preços agropecuários no atacado, o IGP-M recuou -0,74% em JUN/14 e, após recuo de -0,13% em MAI/14, o referido indicador, que serve como referencia para os contratos de aluguel, acumula alta de 2,45% no primeiro semestre e de 6,24% em 12 meses.

 

Ainda tentado transformar ''limão em limonada'', a Petrobras informou a analistas de instituições financeiras, na sexta-feira após o fechamento do pregão, que conseguirá economizar custos de até US$ 18bi entre 2015 e 2021, ao ser contratada pela União para explorar e produzir petróleo acima do inicialmente autorizado em região do pré-sal.

 

-    A Marfrig subiu 5,2%, depois que o BTG Pactual elevou para "compra" sua recomendação para a companhia.


Política:

 

Sem nenhuma opção com mais ''brilho'', os tucanos decidiram que o competente e culto senador Aloysio Nunes, que foi o mais votado nas eleições para o senado de 2010 e que é ligado a Serra, será anunciado como vice na chapa do presidenciável tucano Aécio Neves nesta segunda-feira.

 

Na esteira do anúncio de seu pai, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, do PMDB, confirmou que não irá mais disputar nenhum cargo eletivo.

 

Abrindo espaço para falcatruas eleitorais, a menos de uma semana para o início do período eleitoral, as cortes responsáveis por julgar processos relacionados às disputas para os cargos de governador, deputado estadual, federal e senador estão com déficit de 42 juízes.

 

Apesar de seu partido ser oficialmente da base aliada do governo Dilma, a senadora Ana Amélia Lemos, que foi confirmada na sexta-feira passada como candidata ao governo gaúcho pelo PP,disse que poderá "pintar na testa" o nome de Aécio Neves, do PSDB, para ajudar o tucano a conquistar votos no Rio Grande do Sul.

 

Apenas um dia depois de ter seu nome oficializado na disputa à Presidência da República, Eduardo Campos, do PSB, afirmou ontem que é "coisa do passado" a divergência com a sua vice, Marina Silva, na montagem das candidaturas nos Estados.


Crítica:

 

Mais uma vez estimulando o ódio e a segregação ao dividir a sociedade brasileira em castras, na sexta-feira passada, durante seu discurso na convenção do PT em Salvador, Lula afirmou que ''este tal mercado'' nunca votou nele e nunca votará em Dilma, porem também nunca ganhou tanto dinheiro como ganha nesse país.

 

Com o status de maior empresa de painéis solares de geração de energia do mundo, a "desconhecida" chinesa Yingli Solar decidiu patrocinar a Copa do Mundo e dividir espaço com marcas consagradas como Sony, Visa e Adidas, já que quer mostrar que seu produto pode se converter em bens de consumo como geladeiras ou eletrodomésticos e também chamar a atenção para a geração solar no Brasil e no mundo.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário