R.B. 16/MAI/14 ''Os erros de seu desgoverno na conta dos outros''


R.B.

"Os erros de seu desgoverno na conta dos outros"

 

São Paulo, 16 de maio de 2014 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, ainda acompanhando a piora do ‘’humor’’ nos mercados externos, porem o patamar ficará interessante para compras, já que neste final de semana devem ser divulgadas novas pesquisas de intenção de voto mostrando mais um recuo de Dilma e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando as perdas na Bovespa e mesmo com os leilões de venda do BC.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,0%, com os investidores aproveitando a agenda econômica negativa e as perdas registradas no exterior para vender ações e embolsar lucros e (2) o DÓLAR subiu 0,6 % à R$ 2,22, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e a realização de lucros na Bovespa.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,5% e China -1,1%, com os mercados chineses pressionados por um movimento de realização de lucros e o da Austrália encerrando o dia na máxima em duas semanas em meio à perspectiva de taxas de juros baixas, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,5%, França -1,2% e Alemanha -1,1%, pressionadas principalmente pela última rodada de divulgação dos números do PIB da região, que evidenciou como a recuperação europeia é menos forte do que se imaginava e (3) dos EUA, S&P -0,9%, DJ -1,0% e NASDAQ -0,8%, com a alta dos juros dos títulos públicos do país indicando expectativas fracas de crescimento e o balanço decepcionante do WalMart, cujas ações recuaram -2,4%, também contribuindo para o aumento do pessimismo no mercado.

 

Coberto de razão, ontem o FMI defendeu a necessidade de o Brasil continuar a ser o mais transparente possível com a sua política fiscal de médio prazo para assim conseguir restabelecer um pouco da credibilidade na sua meta de inflação, atualmente em 4,5% contra projeções do ‘’mercado’’ em cerca de 6,5%.

 

Indicando que a taxa de juros norte-americana vai ficar baixa ainda por um ‘’bom tempo’’, ontem Janet Yellen, presidente do Fed (‘’BC’’ dos EUA), afirmou que a instituição está tentando fazer com que as condições financeiras fiquem mais expansionistas e que os EUA ainda tem um bom caminho à frente para alcançar uma economia saudável.

 

Após anos sucessivos de crescimento forte, o comércio varejista brasileiro esfriou neste ano e, apesar de estímulos como a Copa do Mundo, tende a crescer entre 4,5% e 5% e os principais ‘’culpados’’ são os juros mais elevados e o crédito em desaceleração.

 

O trecho da Ferrovia Norte-Sul ligando Tocantins a Goiás, que começou a ser construído em 2007, finalmente ficará pronto nos próximos meses, porém, dando o ‘’enésimo’’ exemplo de falta de capacidade gerencial do governo Dilma, a próxima safra de grãos dessa região não terá como ser transportada pelos trilhos da ferrovia, já que vão faltar pátios e outros detalhes para que a carga possa usar a ferrovia.

 

Certamente piorando ainda mais a qualidade do serviço de telefonia móvel tupiniquim, ontem foi anunciado que a Nextel pagará pelo menos R$ 1,27bi à Vivo para que a operadora, líder nacional, preste o serviço 2G e 3G em seu lugar em 3.259 municípios durante cinco anos.

 

Na maior ‘’cara de pau’’, Eike Batista, o ‘’midas do PowerPoint’’, vai entregar hoje as credores da OSX, sua empresa de construção naval que tem dívidas de mais de R$ 4,5bi, um plano de recuperação judicial que levará no mínimo 20 anos para ser completado.

 

-    A Petrobrás caiu -1,4% e, após o fechamento do pregão, a empresa informou que sua produção de petróleo nos campos do Pré-Sal, nas Bacias de Santos e Campos, superou seu recorde diário em 11/MAI/14, atingindo o patamar de 470 mil barris de petróleo por dia.

-    A Cemig caiu -6,4%, diante do julgamento no Superior Tribunal de Justiça sobre a prorrogação do prazo de concessão da usina hidrelétrica Jaguará ficar empatado e indefinido por pedido de vista de um dos ministros.

-    A Light caiu -1,0% e, após o fechamento do pregão a empresa anunciou que teve alta de 129,5% no lucro líquido do primeiro trimestre, influenciado por fortes vendas de energia de curto prazo do negócio de geração e aumento no consumo na área atendida pela distribuidora.


Política:

 

Copiando a fórmula fracassada usada pelo PSDB em 2002, a propaganda do PT na televisão insinuando, por meio de um vídeo, que o voto nos adversários da presidenta Dilma nas próximas eleições significará retrocesso e poderá trazer de volta “fantasmas do passado”, causou forte impacto e provavelmente causará uma nova queda nas intenções de voto de Dilma, assim como aconteceu com Serra em 2002.

 

Mais uma vez colocando ‘’os erros de seu desgoverno na conta dos outros’’, ontem Dilma afirmou, em um jantar com dez jornalistas esportivos no Palácio da Alvorada, que os principais dirigentes da Fifa, principalmente Joseph Blatter e Jerôme Valcke, são um peso em suas costas.

 

Tendo como principal prova 1.411 mensagens trocadas, segundo um relatório da Polícia Federal o deputado Luiz Argôlo, do SDD da Bahia, recebeu dinheiro, intermediou negócios e, em alguns casos, atuou até como sócio do doleiro Alberto Youssef, alvo central da Operação Lava-Jato.

 

Acreditando que uma mentira dita mil vezes vira verdade, em dois vídeos que começam a ser veiculados ontem junto com a propaganda nacional do PT na TV, o partido aposta na fixação de uma imagem de que nunca se combateu tanto a corrupção como nos 11 anos de governo petista.

 

Escutando, ainda em tempo, os conselhos de Marina Silva, sua candidata à vice, Eduardo Campos, candidato do PSB à presidência, fez as contas e constatou que a aliança de reciprocidade com os tucanos em  SP e em MG não vale a pena pois ele não terá nenhuma contrapartida.


Crítica:

 

Como fruto de uma sociedade com cabeça escravocrata e atrasada, que prefere servidão à educação, na última quarta-feira a Comissão de Assuntos Sociais da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que pretende deduzir do cálculo do Imposto de Renda os salários pagos pelo patrão aos empregados domésticos, algo que seria bem mais útil para o país se fosse feito com as mensalidades escolares.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário