R.B. 6/JAN/14 ‘’Boa mania’’


R.B.

"Boa mania"

 

São Paulo, 6 de janeiro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode seguir em queda, testando o ''suporte'' dos 50.000pts, acompanhando a realização de lucros das demais bolsas mundiais e também com o mercado ainda ''nervosinho'' com a falta de credibilidade na condução da política econômica brasileira.

-    O DÓLAR deve subir, novamente testando a ''resistência'' dos R$ 2,40, acompanhando a provável piora do ''humor'' na Bovespa e, mesmo com os esperados leilões de venda do BC, seguindo a valorização internacional da moeda norte-americana.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 1,3%, abriu em leve queda porem, mesmo com o desempenho negativo de Petrobras (-2,0%) e Vale (-1,6%), inverteu a trajetória e fechou com uma boa alta, acompanhando o desempenho positivo das bolsas da Europa.

-    DÓLAR –0,5% à R$ 2,38, já abriu em queda e, em um ''ajuste técnico'' após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 27/AGO/13, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, também acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa.

-    Na ÁSIA, ainda com poucos negócios, JAPÃO permaneceu fechada devido ao feriado de ano novo, porem CHINA –1,2%, acompanhando as perdas nas bolsas dos EUA no dia anterior e também prejudicada pela piora no índice oficial dos gerentes de compras para o setor de serviços.

-    Na EUROPA, recuperando parte das perdas do pregão anterior, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 0,5% e ALEMANHA 0,4%, com os investidores ''animados'' pela divulgação de indicadores que reafirmam a melhora das condições e a aceleração da economia da região, com a queda do desemprego na Espanha e a recuperação do mercado imobiliário no Reino Unido.

-    Nos EUA, próximas da estabilidade e sem uma tendência única, S&P –0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ –0,3%, devolvendo os ganhos da abertura diante de pronunciamentos de dirigentes do Fed (''BC'' local), que gerou dúvidas quanto ao ritmo da redução das compras mensais de bônus.


Economia:

 

Segundo suas ''rancorosas palavras'' com o objetivo de "acalmar os nervosinhos" do mercado, Mantega, ministro da Fazenda, ''garantiu'' que o governo federal cumpriu em 2013 sua meta de economia de gastos para pagamento da dívida pública, o que foi uma tentativa, mais uma vez frustrada, de recuperar a credibilidade perdida na área fiscal, depois de o governo ter feito inúmeras manobras contábeis.

 

Contrariando Mantega, o ministro brasileiro da Fazenda que ''garantiu'' que não vai faltar emprego em 2014, Fabio Romão, da LCA Consultores, afirmou que com o ritmo menor de criação de vagas e a renda mais pressionada pela inflação, a tendência é que o desemprego volte a crescer em 2014, pois mais gente vai procurar emprego para completar o orçamento da família, ao mesmo tempo em que a oferta de vagas será menor.

 

Apesar de Mantega, Ministro da Fazenda, ter comemorado o cumprimento da meta fiscal de 2013, o resultado do governo federal é o segundo pior de todo a administração petista, iniciada em 2003, ficando em 1,5% do PIB, e só foi alcançado porque houve arrecadação de mais de R$ 35bi em receitas extraordinárias, sendo R$ 15bi referentes a concessão do campo de Libra e mais de R$ 20bi oriundos da recuperação de dívidas tributárias.

 

Dando dois números negativos da economia brasileira, (1) em DEZ/13 a confiança dos empresários do comércio encerrou recuou -2,7% em relação a DEZ/12 e (2) o total de automóveis e comerciais leves emplacados em 2013 recuou -1,61% em relação a 2012.

 

Desbancando o Brasil do posto de "queridinho" dos mercados internacionais, principalmente sem mudar as regras do jogo e sem malabarismos nas contas públicas, a Colômbia desbancou o Brasil do posto de "queridinho" dos mercados internacionais superando os anos negros da guerrilha urbana, investindo em infraestrutura pesada e apostando em reformas nada populares que mexeram na folha de pagamentos, nos benefícios sociais e na partilha dos impostos.

 

Com o objetivo de desafogar o trafego aéreo em SP e em um iniciativa totalmente privada, o aeroporto Catarina, que é um projeto de R$ 500mi da construtora JHSF e será localizado em São Roque, vai iniciar as obras em FEV/14, terá uma pista de 1.940 metros dedicada à aviação executiva e está previsto para ser inaugurado no segundo semestre de 2015.

 

-    O IPC, que mede a inflação da cidade de SP, registrou alta de 0,65% em DEZ/13, patamar acima da média das ''apostas do mercado'' (0,60%) e com isto fecha o ano de 2013 acumulando uma alta de 3,88%.

 

-    A Oi subiu 27,1% e a TIM avançou 10,7%, repercutindo a notícia de que a Telefônica trabalha em uma oferta pela TIM Brasil em conjunto com a Claro e a Oi e pode fecha-la ainda neste mês.

-    A Petrobrás caiu –2,0% e durante o final de semana ocorreu um incêndio na refinaria da empresa em Duque de Caxias que interrompeu a produção.


Política:

 

Mostrando que continua com a ''boa mania'' de dizer tudo que pensa, a deputada federal Luiza Erundina, do PSB de SP, afirmou que as alianças regionais que seu partido tem fechado para fortalecer a pré-candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência não tem "coerência política".

 

Segundo a senadora Kátia Abreu, do PMDB de TO e também presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, a nova portaria sobre regras para demarcação de terras indígenas no país é "uma cortina de fumaça sem o menor efeito", ressaltando que vai pedir à Casa Civil e ao Palácio do Planalto mudanças no documento para garantir os direitos dos produtores rurais que, segundo ela, foram "esquecidos" na minuta elaborada pelo Ministério da Justiça.

 

A Rede Sustentabilidade, de Marina Silva, coletou mais de 100 mil novas assinaturas de apoio à criação do partido e pretende levar seu processo de registro novamente ao Tribunal Superior Eleitoral ainda em 2014 e, para evitar ''manobras políticas'' que invalidaram milhões de assinaturas, o grupo vai enviar as fichas aos cartórios em pequenos lotes ao longo do ano.

 

Preocupados com os ''rumores'' de uma eventual indicação de Ciro Gomes, do partido Pros, para um ministério de Dilma, petistas do Ceará fizeram chegar ao Planalto um vídeo do ex-ministro com críticas ácidas ao governo da presidenta e ataques ao PMDB do vice Temer.

 

Como não poderia ser diferente, a direção nacional do PSB decidiu que Eduardo Campos, candidato do partido à presidente, vai ocupar todas as propagandas regionais de TV e rádio a que o partido terá direito no primeiro semestre deste ano.


Crítica:

 

Enquanto em todo mundo civilizado são aprovadas leis que liberam o uso de drogas até agora proibidas, no Brasil a Polícia Federal comemorou que em 2013 bateu o recorde histórico na apreensão de drogas e de bens das quadrilhas de traficantes no país.

 

O economista-chefe da Agência Internacional de Energia, Fatih Birol, está seguro de que o mercado de energia global passa por uma transição que fará os EUA e o Brasil emergirem como grandes potências, com o primeiro prestes a se tornar um exportador de energia excedente e o segundo aumentando a produção nos campos de petróleo de águas profundas.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário