R.B. 28/JAN/14 ‘’Munição para a oposição’’


R.B.

"Munição para a oposição"

 

São Paulo, 28 de janeiro de 2014 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 3 pregões consecutivos de queda, em um movimento de ''caça de barganhas'', posto que a bolsa brasileira já acumula uma queda de –7,4% nos 27 primeiros dias de JAN/14, que pode acompanhar a melhora do ''humor'' na Europa.

-    O DÓLAR pode cair, seguindo a esperada melhora do ''humor'' na Bovespa e influenciado pelos leilões de venda do BC, que devem se intensificar após a moeda norte-americana fechar o pregão anterior no maior patamar em 5 meses, o que pressiona a inflação brasileira.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,2% (aos 47.701pts), abriu em alta, para na máxima avançar 0,7%, porem passou a cair na parte da tarde, acompanhando o desempenho das bolsas NY e pressionada pelas vendas de investidores estrangeiros, cada dia mais ressabiados com os mercados emergentes, como o Brasil, que tem questões macroeconômicas delicadas a resolver.

-    DÓLAR 1,0% à R$ 2,42, abriu em leve queda, para na mínima recuar –0,2%, porem logo passou a subir, para fechar o dia no maior patamar desde 22/AGO/13, acompanhando a piora do ''humor'' na Bovespa e também a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, acompanhando as perdas das bolsas de NY na última sexta-feira, JAPÃO -2,5%, no menor patamar em 2 semanas, com o maior volume de negócios desde o começo do ano e com destaques de queda para as ações de exportadoras, como a Advantest (-6,1%), que testa semicondutores e tem forte presença por toda a Ásia e na América do

Norte e CHINA –1,0%, prejudicada por ''rumores'' de que o Banco do Povo da China suspendeu a transferência de dinheiro da instituição antes do feriado, o que despertou temores entre os investidores de uma possível crise de liquidez no gigante asiático.

-    Na EUROPA, acompanhando as perdas das bolsas de NY e também prejudicadas pela divulgação de resultados corporativos abaixo do esperado, INGLATERRA –1,7%, FRANÇA –0,4% e ALEMANHA –0,5%, na medida em que as preocupações com os mercados emergentes ganham força às vésperas da reunião de política monetária do Fed (''Copom'' dos EUA).

-    Nos EUA, com o DJ registrando sua quinta sessão consecutiva de baixa, S&P –0,5%, DJ –0,3% e NASDAQ –1,1%, em um dia que foi marcado pela discussão sobre se o movimento de vendas de ativos dos mercados emergentes, iniciado há três dias, já terminou ou não e com o Nasdaq registrando uma queda mais acentuada por causa das baixas de ações do setor de biotecnologia, como Celgene (-3,1%) e Alexion Pharmaceuticals (-2,9%), e das redes sociais, como Facebook (-1,6%), Twitter (-6,2%) e LinkedIn (-5,6%).


Economia:

 

Apesar de ''alertar'', em uma palestra na Inglaterra, que o aumento das taxas de juros nos países desenvolvidos é um "aspirador de pó" que vai sugar dinheiro dos países emergentes, Tombini, presidente do BC brasileiro, voltou a dizer que considera o panorama atual positivo, ainda que traga volatilidade no curto prazo, pois indica que as economias desenvolvidas estão se recuperando e ''garantiu'' que a inflação brasileira, apesar de alta, está controlada e diminuindo.

 

Novamente ficando mais pessimista, o ''mercado'' elevou, de 10,75%  para 11,00%, suas expectativas para a taxa básica de juros no final de 2014, reduziu, de 2,00% para 1,91%, suas previsões para o crescimento do PIB este ano e aumentou, de 6,01% para 6,02%, suas ''apostas'' para o IPCA no mesmo período.

 

Apresentando dois números que se completam, segundo uma pesquisa da Febraban, com as maiores instituições financeiras do país, em 2013 o crédito registrou um crescimento de 14,4% na comparação com 2012, o que representa o menor avanço na comparação anual em 6 anos, já segundo uma pesquisa da FGV, o pessimismo dos empresários está no maior patamar desde 2009.

 

''Apostando'' no Brasil, (1) a Copergás, companhia mista que tem como sócios o governo de Pernambuco, a Petrobras e a Mitsui, vai investir R$ 350mi para interiorizar a distribuição de gás natural no Estado e o principal aporte será feito na expansão do gasoduto que liga a capital, Recife, a Caruaru e (2) com um investimento de R$ 80mi apenas nas áreas comuns, será construído um condomínio industrial em Pindamonhangaba, interior de SP, para abrigar empresas importadoras de máquinas interessadas em produzir componentes no Brasil.

 

Facilitando o credito, principalmente por pressão politica do governo Dilma, e sem medo de tomar ''calote'', em 2013 as contratações de crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal atingiram o recorde histórico de R$ 134,9bi, o que representa um crescimento de 26% na comparação com 2012.

 

-    O Bradesco subiu 0,5%, o Itaú avançou 2,0% e o Banco do Brasil ganhou 1,2%, diante das expectativas positivas para os resultados do setor, cujo crescimento do lucro deve superar os 20% em 2013 diante (1) do aumento da taxa de juros, (2) da recuperação do spread, (3) da inadimplência em queda e (4) do encolhimento de custos.

-    A Brookfield subiu 4,0%, reagindo à confirmação de que a controladora da companhia está avaliando alternativas estratégicas, entre as possibilidades estão a capitalização da companhia, por meio da emissão de novas ações, e realização de oferta pública de aquisição das ações para fins de cancelamento do registro de companhia na BM&FBovespa.

-    A B2W disparou 41,6%, depois que a empresa anunciou, na última sexta-feira, ter celebrado acordo de subscrição de ações e um aumento de capital de R$ 2,4bi.


Política:

 

Dando ''munição para a oposição'', como se o Brasil estivesse nadando em dinheiro e sem necessidade de fazer obras de infraestrutura, ontem, ao lado do ditador cubano Raúl Castro, a presidenta Dilma anunciou um investimento adicional de R$ 701mi na zona econômica especial do porto de Mariel, em Cuba, dos quais 85% virão de crédito do BNDES e os restantes 15% serão a contrapartida do governo cubano.

 

Acabando com as esperanças de quem ainda ''sonhava'' em vê-lo comandando o ministério da Fazenda de Dilma, Henrique Meirelles, que é do PSD, passará a percorrer o interior de SP como pré-candidato ao Senado, apesar de também ser cortejado pelo PSDB para integrar como vice a chapa do governador tucano Alckmin à reeleição.

 

Após o PSDB confirmar que lançará oficialmente a candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República no final de MAR/14, Rui Falcão, presidente nacional do PT, ''avisou'' que o partido lançará a pré-candidatura da presidenta Dilma à reeleição em 10/FEV/14, dia em que a sigla comemora 34 anos.


Crítica:

 

Confirmando, pela enésima vez, a urgência e a importância dos investimentos federais em educação publica de qualidade, segundo uma pesquisa nacional feita em DEZ/13 pelo SPC Brasil, 8 em cada 10 brasileiros não sabem como controlar as despesas e mais de um terço dos entrevistados (36%) sabiam um pouco ou nada sabiam sobre as contas regulares que deveriam pagar este mês.

 

O montante de roubos e furtos de veículos no Estado de SP cresceu 10,1% em 2013, chegando a 215 mil casos, fator que mais influencia o cálculo do seguro de um automóvel e, colocando a ''culpa no sucesso'', Fernando Grella Vieira, chefe da Secretaria de Segurança Pública do Estado, o aumento das ocorrências é uma "tendência" que pode de ser atribuída à alta nas vendas de automóveis.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário