R.B. 20/JAN/14 ‘’Boconas para a companheirada’’


R.B.

"Boconas para a companheirada"

 

São Paulo, 20 de janeiro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode seguir em queda, para fechar em território negativo pelo terceiro dia consecutivo, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, mesmo após o anuncio de um crescimento ligeiramente acima do esperado do PIB da China no ano passado.

-    O DÓLAR deve seguir em queda, ainda refletindo uma perspectiva mais otimista de entrada de recursos no país, ao menos no curto prazo, após grandes companhias terem anunciado captações no exterior, como Petrobras, Santander e Braskem.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –1,0%, abriu em alta, para na máxima atingir 0,3%, porem logo passou a cair e novamente fechou em baixa, para acumular um recuo de –4,5% no ano, diante dos ''temores'' de enfraquecimento e principalmente de redução da credibilidade da economia brasileira, o que derrubou principalmente as ações dos bancos, como Banco do Brasil (-2,6%), Itaú (-2,0%) e Santander (-1,7%).

-    DÓLAR –0,6% à R$ 2,35, já abriu em queda e, mesmo com a piora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória descendente ao longo de ''quase'' todo pregão, acompanhando o movimento externo da moeda norte-americana e influenciado pelos leilões de venda do BC.

-    Na ÁSIA, seguindo as perdas das bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO –0,1%, ainda realizando lucros, com destaques de queda para as exportadoras, TDK (-2,4%) e Honda (-1,1%), à medida que o dólar operou mais fraco e em função dos ganhos decepcionantes de companhias norte-americanas e CHINA –0,9%, em um movimento de cautela antes da divulgação de uma série de dados sobre a economia do país, com foco maior nos números do PIB.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, para fecharem na ''contramão'' das principais bolsas do mundo, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,3%, beneficiadas pela divulgação de dados positivos sobre vendas do varejo no Reino Unido, que em DEZ/13 subiram 5,3% na comparação anual, e com o anuncio de que a agência de classificação de riscos Standard & Poor's manteve o rating de Portugal em "BB", ressaltando que há a expectativa de que o país tenha alcançado a meta de um déficit fiscal de 5,5% do PBI em 2013.

-    Nos EUA, sem uma tendência única, S&P –0,4%, DJ 0,2% e NASDAQ –0,5%, divididas entre a divulgação de resultados corporativos ruins, como o da Intel (-2,6%) e o da General Eletric (-2,3%), e a divulgação de dados positivos de moradia e de produção industrial do país.


Economia:

 

Superando levemente a média das ''apostas do mercado'' (7,6%) e também as previsões do governo do pais (7,5%), no ano passado a economia da China, que aliás é o país que mais compra commodities do Brasil, cresceu 7,7% em 2013, igualando o desempenho do ano passado, que havia sido o pior desde 1999.

 

Certamente foi Dilma que, ''bancando'' os desgastes políticos desta decisão, autorizou Tombini, presidente do BC, a elevar a Selic em 0,5%, para 10,50%, na reunião do Copom da semana passada, porem, para salvar a credibilidade da política econômica Brasileira e controlar a inflação, o governo precisa também fazer um arrocho nos seus gastos, o que ao que tudo indica a presidenta não fará.

 

''Sonhando'', juntamente com o ''mercado'', em ser chamado por Dilma para substituir Mantega, o criticado ministro da Fazenda, segundo Henrique Meirelles, ex-presidente do BC de Lula, para reconquistar a confiança dos investidores o governo brasileiro deve (1) fornecer um nível adequado de infraestrutura e serviços públicos, para assegurar o bom funcionamento da economia, (2) garantir mercados competitivos e eficientes, com concorrência e sistemas de preços funcionando livremente, (3) elevar a qualidade do sistema educacional, visando o aumento continuado da capacitação dos trabalhadores e (4) integrar o país à economia mundial, com abertura aos mercados competitivos.

 

Segundo Caio Megale, economista do Itaú, enquanto setores ligados ao turismo e à alimentação comemoram o evento, os setores do varejo como os de moda e eletrodomésticos não devem receber um grande impacto positivo durante o período da Copa e por este motivo estão mais preocupados do que empolgados, já que em alguns lugares, como os shoppings, o movimento tende a cair durante os jogos.

 

Com um dos maiores litorais do mundo e milhares de rios, desde o governo Lula o Brasil tem um ministério da pesca, porem isto não ajudou o país a aumentar de forma significativa sua produção de pescado já que, como fruto do aumento da renda e mudanças no perfil de consumo de proteínas, no ano passado as importações brasileiras de peixes e crustáceos subiram 15% em relação a 2012, para US$ 1,3bi, com destaque para as importações de salmão, que subiram 60% na mesma base de comparação.

 

Tentando desinchar seu quadro de funcionários, o que confirma que, ao menos em alguns setores, a empresa tem muita ociosidade, na sexta-feira passada a diretoria executiva da Petrobras aprovou a criação de um plano de demissão voluntária para os funcionários antigos da estatal.


Política:

 

Na esteira da decisão do PT do RJ, que definiu 28/FEV/14 como data para que seus filiados deixem os cargos que ocupam na gestão de Sérgio Cabral, o próprio governador resolveu antecipar a renúncia, já que pretende disputar uma vaga no senado e, mesmo contra a vontade do PT, eleger seu atual vice-governador, Luiz Fernando Pezão, como novo governador do RJ.

 

Forçada a abrir vagas em sua equipe para abrigar cada vez mais aliados, além de ter de manter os espaços dos que já a acompanhavam, a presidenta Dilma baterá um recorde neste ano eleitoral já que, quando concluir a reforma ministerial que pretende fazer nas próximas semanas, cuja principal meta é ter mais tempo na TV durante as eleições presidenciais, a Esplanada deverá contar, pela primeira vez, com ministros de 10 partidos diferentes.

 

Indicando que corrupção não é apenas coisa de petista, segundo Rodrigo Janot, procurador-geral da República, há "fortes indícios de existência do esquema de pagamento de propina pela multinacional Siemens a agentes públicos vinculados ao metrô de SP.

 

Torrando dinheiro publico sem concorrência, o que facilita a ''ajuda'' a empresas de ''companheiros'', os gastos com o chamado "cartão corporativo" do governo federal continuam a crescer, já que despesas atingiram R$ 61,8mi em 2013, contra R$ 59,6mi em 2012 e R$ 58,7mi em 2011.

 

Arrumando ''boconas para a companheirada'', que na maioria das vezes trabalha pouco e é despreparada, nos últimos 10 anos, todos eles governados pelo PT, os cargos comissionados do governo, principalmente nos ministérios, passaram de 17,6mil para 22,6mil.


Crítica:

 

Repetindo, de forma honesta e clara, o que já falou FHC, durante uma entrevista para a revista New Yorker, Obama, presidente dos EUA, afirmou que fumou maconha quando era jovem e que vê isto como um mau hábito e um vício não muito diferente dos cigarros que fumou e do álcool que bebeu.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho




Nenhum comentário:

Postar um comentário