R.B. 9/JAN/13 ‘’Entrará de cabeça’’


R.B.

"Entrará de cabeça"

 

São Paulo, 9 de janeiro de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, para fechar o dia acima dos 51.000pts, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolas mundiais, influenciada positivamente pela alta das commodities, por sinais positivos da economia chinesa e pelo acordo parcial nas negociações da OMC.

-    O DÓLAR pode cair, com ''boas chances'' de fechar o dia próximo dos R$ 2,30, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também ainda influenciado pela reação positiva dos investidores sobre a prorrogação para 2014 do programa de intervenções diárias do BC no câmbio, garantindo um maior volume de vendas no mercado.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 0,5%, já abriu em alta e, recuperando mais uma parte das perdas recentes, manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, ''animada'' com os sinais de que a taxa básica de juros pode parar de subir em 2014 e também acompanhando a recuperação das bolsas de NY e da Europa.

-    DÓLAR –1,4% à R$ 2,32, em queda pelo segundo pregão consecutivo, desta vez influenciado pelo elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira e pelos leilões de venda do BC, que mais uma vez deu sinais de que está preocupado com a pressão inflacionária causada pela elevação da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,8%, tentando uma recuperação após recuar forte dos dos últimos pregões, após um professor da Universidade de Tóquio recomendar que o Fundo de Investimento de Pensões do Governo deveria reduzir as compras de bônus imediatamente para o menor limite possível e aumentar as compras de ações para o máximo permitido, CHINA –0,4%, realizando lucros recentes, antes da divulgação de dados importantes da inflação e da balança comercial do país e CORÉIA –0,2%, com destaques de queda para as exportadoras.

-    Na EUROPA, em um movimento de recuperação após 5 pregões consecutivos de queda, INGLATERRA 0,8%, influenciada positivamente pelas ações da Berkeley (11,1%), após a companhia dizer que a receita subiu 20% no primeiro semestre, FRANÇA 0,7%, impulsionada pelas ações do BNP Paribas (2,2%) e ALEMANHA 1,0%, com destaque de alta para as ações da Deustche Post (2,1%).

-    Nos EUA, recuperando parte das perdas acumuladas na semana, S&P 1,1%, DJ 1,3% e NASDAQ 0,7%, após a divulgação de um ''forte'' relatório sobre o mercado de trabalho do país, que ofereceu confiança de que a economia ganha fôlego ao indicar que a taxa de desemprego do país atingiu o menor patamar em 5 anos (7,0%).


Economia:

 

Presidida pelo brasileiro Roberto Azevêdo, que justificou sua fama de negociador incansável, a rodada de negociações da OMC em Bali, que terminou durante este final de semana, teve o primeiro acordo global em 20 anos, impulsionando o livre comercio entre os países.

 

Indicando que a economia chinesa segue crescendo ''com vigor'', em NOV/13 as exportações chinesas cresceram 12,7%, patamar bem acima das expectativas de cerca de 7% de analistas, o que aproxima o país da meta de ter uma alta de 7,5% do PIB em 2013.

 

Dando mais um sinal de controle da inflação, que pode dar justificativas para o Copom parar de subir a Selic, o IPCA, índice oficial da inflação no Brasil, ficou em 0,54% e NOV/13, patamar menor do que o de OUT/13 e também aquém da média das ''apostas do mercado'' (0,61%).

 

Rebatendo as críticas de que a perda de credibilidade da política fiscal está gerando um custo para o governo, que precisa pagar juros mais elevados aos investidores, Arno Augustin, secretário do Tesouro Nacional, ressaltou que o preço de negociação dos títulos brasileiros reflete um movimento mundial dos mercados com a alta dos papéis do governo dos EUA.

 

Mostrando pessimismo, Eugene Fama, que foi 1 dos 3 norte-americanos que venceram o Prêmio Nobel de Economia deste ano, ''avisou'' que déficits públicos inchados nos dois lados do Atlântico, principalmente nos EUA e na Europa, significam que a recessão continua sendo um risco real em 2014 e ressaltou que pode chegar o ponto em que os mercados financeiros dirão que nenhuma dessas dívidas tem credibilidade mais e eles não poderão se financiar.

 

Na ''contramão'' da opinião da grande maioria dos ''especialistas'' do mercado financeiro, segundo uma pesquisa realizada pela Boa Vista, que é a administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito, 48% dos consumidores brasileiros avaliam que a situação financeira melhorou este ano, na comparação com o ano passado.

 

Com o objetivo de fazer a economia crescer a qualquer custo no ano que vem, o governo Dilma prepara anteprojetos e editais para licitar R$ 23bi em 55 novas obras rodoviárias e contratar outros R$ 5,5bi em ações de manutenção e conservação em estradas federais em 2014.

 

-    A Petrobrás caiu -2,3%, reagindo à notícia de que uma refinaria da estatal no Paraná ficará fechada por até um mês, o que pode obrigá-la a importar mais derivados de petróleo por um preço maior do que o de venda no Brasil.

-    A LLX subiu 15,2%, depois que a empresa informou que o leilão de sobras de seu aumento de capital chegou a R$ 2,6mi, completando a operação da companhia com a subscrição de todos os papéis a R$ 1,20 por ação.


Política:

 

Como se não tivesse nada melhor ou mais importante para fazer, a Câmara de vereadores de SP aprovou um ''estúpido projeto de lei'' do vereador Goulart, do PSD, que caso seja sancionado obrigará qualquer estabelecimento que tenha mesa de sinuca a de ter equipamentos com padrão de qualidade com base na ABNT e também uma placa explicando quais os tipos de jogos e as regras, em inglês e português, além disto proíbe a atividade, que pelo visto é considerada arriscada, para menores de 18 anos.

 

A exigência para que o Banco do Brasil estabeleça um teto nas aposentadorias pagas aos executivos do maior banco do País gera uma disputa interna no governo que põe de um lado os ministérios da Fazenda e do Planejamento e, de outro, o da Previdência.

 

Na condição de principal cabo eleitoral do PT e detentor de altos índices de popularidade, o ex-presidente Lula ''avisou'' que ''entrará de cabeça'' na campanha à reeleição a partir de MAR/14, já que, enquanto Dilma terá limitações impostas pelo cargo, ele ficará solto para fazer campanha em tempo integral, inclusive subindo em palanques aos quais a presidenta eventualmente não poderá ir, por falta de acordo entre os partidos de sua base aliada.

 

Fazendo campanha eleitoral com dinheiro publico, os ministros que em breve deixarão seus cargos para se candidatarem a algum cargo em 2014 investem como nunca em seus redutos eleitorais, seja com a liberação de recursos de suas próprias pastas às bases ou mesmo participando de agendas de governo na região que não diretamente relacionadas às suas áreas.

 

Contrariando e nem sequer considerando o apelo do tucano Aécio Neves, em uma votação tumultuada neste sábado em SP, o PPS aprovou apoio em 2014 a uma eventual candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que venceu a tese de candidatura própria.


Crítica:

 

Estádio de futebol tem que ter segurança privada e a polícia somente deve entrar quando tiver uma ocorrência, pois a polícia existe para dar segurança em espaços públicos e eu não pago meus impostos para bancar polícia para cuidar de brigão em estádio de futebol.

 

Já passou da hora de somente vendermos ingressos para jogos de futebol com identificação do comprador, os brigões devem ser presos por no mínimo 6 meses, após isto os brigões devem ser obrigados a irem na delegacia mais próxima de sua casa em todo dia de jogo do seu time e também serem banidos dos estádios para sempre.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário