R.B. 16/DEZ/13 ‘’Trabalho duro’’


R.B.

"Trabalho duro"

 

São Paulo, 16 de dezembro de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, com bom volume de negócios devido ao vencimento de opções, respeitando o ''suporte'' dos 50.000pts e, após 4 semanas consecutivas de queda, tentando recuperar uma parte das fortes perdas acumuladas ao longo deste ano de 2013 (-17,9%).

-    O DÓLAR pode voltar a cair, devolvendo mais uma parte da forte alta acumulada no ano (14,2%), acompanhando a esperada melhora do ''humor'' na Bovespa e também influenciado pelos leilões de venda do BC, que já deixou claro que sua preocupação é maior com o controle da inflação.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –0,1%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,8%, porem foi perdendo ''forças'' ao longo do dia e a sessão fechou em leve baixa, novamente com reduzindo volume de negócios (R$ 5,4bi) e acompanhando as perdas das bolsas da Europa.

-    DÓLAR –0,4% à R$ 2,34, já abriu em queda e, em um ''ajuste técnico'' após 2 pregões consecutivos de alta, manteve a trajetória descendente ao longo de ''quase'' todo pregão, influenciado principalmente pelos leilões de venda do BC, que desta vez ofertou US$ 1bi com compromisso de recompra em 6/MAR/14.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, enquanto os investidores aguardaram os próximos passos da política monetária dos EUA, JAPÃO 0,4%, em um movimento de recuperação após 3 pregões consecutivos de queda, influenciada por uma operação combinada de venda da moeda local (ienes) e compra de índice futuro, CHINA –0,3%, em um movimento de cautela antes da conclusão da Conferência de Trabalho Econômico Central, que deve estabelecer as metas de 2014 e mapear algumas reformas.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, após um pregão marcado por uma boa volatilidade, INGLATERRA –0,1%, FRANÇA –0,2% e ALEMANHA –0,1%, desta vez prejudicadas pelo anuncio de que a dívida pública da Espanha superou o recorde atingido em 1942 e chegou a 93,4% do PIB.

-    Nos EUA, com poucos negócios e baixa volatilidade, em um pregão marcado pela falta de notícias significativas, S&P –0,1%, DJ –0,1% e NASDAQ 0,1%, principalmente com os mercados ainda com dúvidas sobre o futuro do programa de compra de bônus mensal pelo Fed (''BC'' local).


Economia:

 

Trazendo um certo ''alivio ao mercado'', superando a média das ''apostas'' (0,65%) e após se contrair no terceiro trimestre, em OUT/13 a economia brasileira apresentou recuperação e avançou 0,77% ante SET/13, o que representa o melhor resultado na comparação com o mês anterior desde ABR/13.

 

Tentando resgatar a credibilidade perdida por causa das ''manobras contábeis'' que adotou recentemente para atingir as metas fiscais, Mantega, ministro da Fazenda, ''garantiu'' que o governo Dilma não vai mais recorrer à "contabilidade criativa" para fechar suas contas.

 

Desacreditados com o desempenho e principalmente com a condução da economia brasileira, cada dia mais os brasileiros estão cruzando as fronteiras para investir no exterior, especialmente nos EUA, com isto nos 10 primeiros meses deste ano o saldo das aplicações tupiniquins em ações e renda fixa no exterior somou US$ 8bi, volume 14% superior ao mesmo período do ano passado e o maior em 10 anos.

 

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, acumula perdas de cerca de –18,0% no ano, porem existe um grupo de papéis, chamados de BDR, que são recibos brasileiros de ações de empresas norte-americanas como Apple e Google e que na média sobem mais de 40% neste ano.

 

Sob intensa pressão do setor privado brasileiro e da própria presidenta Dilma e mesmo com a ''típica teimosia'' da Argentina, o governo brasileiro corre contra o relógio para fechar o quanto antes um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia.

 

Mostrando como a empresa era pessimamente administrada e quiçá ate fraudada, apenas 5 meses antes de quase quebrar, a OGX pagou uma comissão de US$ 40mi a uma empresa desconhecida de Hong Kong para intermediar a instalação de uma plataforma de petróleo que acabou sendo abandonada.

 

Indicando que a ''formula do FMI'', que impõe reformas visando austeridade e politicas firmes de contenção de gastos públicos, pode dar resultado positivo, na ultima sexta-feira o Fundo Monetário Internacional desembolsou a última parcela da ajuda financeira à Irlanda, quando o país tornou-se o primeiro membro da zona do euro a sair com êxito do programa de resgate internacional.


Política:

 

Com a popularidade em alta, mesmo diante das denuncias de fraude nas obras do metrô, Alckmin, governador de SP, prevê investir em publicidade no início de 2014, ano em que tentará se reeleger, o dobro do que gastou por mês, em média, neste ano (R$ 16,1mi por mês).

 

Mostrando que vai ser ''muito difícil'' a oposição tirar o PT do poder em 2014, segundo a ultima pesquisa divulgada a avaliação positiva do governo da presidenta Dilma, que é formada por aqueles que avaliam como bom ou ótimo, subiu de 31% para 43%, já a avaliação negativa, que é formada por aqueles que avaliam como ruim ou péssimo, caiu de 22% para 20%.

 

Segundo a ex-ministra Marina, a aliança da Rede com o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, "não é verticalizada", portanto os dois partidos podem não estar juntos em alianças nos Estados nas eleições de 2014.

 

Como a presidenta precisa de tempo para acomodar substitutos de nove ou dez ministros-candidatos, a reforma ministerial que Dilma pretendia fazer em JAN/14 para o último ano de seu governo pode ficar para ABR/14 ou MAR/14, o que reforçará o conceito de "mandato-tampão" desses novos ministros.


Crítica:

 

A Coréia do Sul não tem recursos naturais e é consenso no país que a única saída para o desenvolvimento se dá por meio da educação e do ''trabalho duro'', com isto, fazendo uma enorme diferença para o futuro do país, nada menos do que 64% dos sul-coreanos entre 25 e 34 anos têm ensino superior completo, contra 50% na Noruega, 44% na Suíça e 13% no Brasil.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário