R.B. 13/AGO/13 ‘’A Rússia segue vivendo em um mundo medieval’’


R.B.

"A Rússia segue vivendo em um mundo medieval"

 

El Colorado, 13 de agosto de 2013 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, para fechar em alta pelo quinto pregão consecutivo, ainda beneficiada pelos sinais positivos da economia da China, principal destino das exportações brasileiras, e também beneficiadas pelo recuo dos índices de inflação no Brasil, o que, também diante da queda da popularidade de Dilma, pode fazer o Copom subir a taxa básica de juros para um patamar menos do que o esperado.

-    O DÓLAR deve cair, rumo aos R$ 2,25, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e também influenciado pela melhora nas previsões de crescimento da economia Chinesa, que por sua vez deve contribuir para o aumento das exportações do Brasil.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,8%, abriu em forte alta, para na máxima avançar 3% e, apesar de perder ''forças'' na parte da tarde, influenciada pela forte reversão das ações da Petrobrás (-3,2%), fechou em território positivo pelo quarto pregão consecutivo, acima dos 50.000pts (aos 50.299pts) e no maior patamar desde 13/JUL/13, sustentada pelo bom desempenho da Vale (1,2%) e da OGX (10,1%).

-    DÓLAR 0,1% à R$ 2,27, abriu em queda, para na mínima recuar –0,2%, porem passou a subir na parte da tarde e fechou em leve alta, acompanhando a piora do ''humor'' nas bolsas dos EUA e influenciado pela ausência do BC na ponta vendedora.

-    Na ÁSIA, em um dia de fortes ralis, JAPÃO %, CORÉIA 1,1% e CHINA 0,9%, beneficiadas pela declaração do governo da China de apoio à zona do euro e com destaques de alta para as ações de mineradoras e de petrolíferas, por conta de ''apostas'' de melhora nas condições de liquidez nos próximos meses.

-    Na EUROPA, recuperando ''quase'' todas as perdas da abertura, para fecharem próximas da estabilidade, INGLATERRA -0,1%, FRANÇA –0,1% e ALEMANHA 0,2%, também com destaques de alta para os papéis de mineradoras, após notícias positivas sobre a China, a maior consumidora de metais do mundo, porem com investidores ainda cautelosos e aguardando dados da economia alemã no final desta semana.

-    Nos EUA, sem uma tendência única, S&P –0,1%, DJ –0,1% e NASDAQ 0,3%, com o S&P e o DJ ainda realizando lucros recentes, influenciadas pelos ''temores'' de fim dos estímulos do FED (''BC'' local), porem com o Nasdaq em alta diante do bom desempenho das ações da Apple e da BlackBerry.


Economia:

 

Cada dia mais pessimista com os rumos da economia brasileira, o ''mercado'' reduziu, de 2,21% para 2,24%, suas ''apostas'' para a expansão do PIB brasileiro este ano, e, diante da queda dos preços dos transportes e dos alimentos, reduziu levemente, de 5,75% para 5,74%, suas previsões para o IPCA de 2013.

 

Novamente por falta de interessados no seu projeto ''megalomaníaco e inútil'', ontem o governo Dilma anunciou que adiou pela terceira vez, e desta vez para no mínimo daqui 1 ano, a licitação para a concessão do trem-bala ligando Campinas, SP e RJ.

 

Acompanhando a alta da Selic, em JUL/13 a média das taxas de juros registradas nas operações de créditos para pessoa física tiveram uma nova alta, atingindo agora 89,7% ao ano, atingindo com isto o maior patamar desde NOV/12.

 

Provavelmente diante da crescente queda da credibilidade de seu chefe, o petista Mantega, ontem o Ministério da Fazenda anunciou que decidiu concentrar formalmente nas mãos da Receita Federal todos os cálculos sobre o impacto dos cortes de impostos na arrecadação, alegando que isto visa dar mais transparência às contas públicas.

 

Apesar de aumentarem 3,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior, o crescimento das vendas para o Dia dos Pais deste ano, comemorado no último domingo, foi o menor registrado nos últimos 3 anos, conforme dados da Serasa e SPC Brasil.

 

-    A Petrobrás caiu -3,2%, já que, após a euforia inicial com o seu resultado, é cada vez maior a possibilidade de a empresa ultrapassar o limite de 35% de endividamento em relação ao seu caixa, hoje em 34%, o que pode fazer as agencias de classificação de risco reduzirem sua ''nota''.


Política:

 

Supostamente sobre as ordens de petistas, os cartórios eleitorais não têm respeitado o prazo de 15 dias para validar as assinaturas de apoio que o partido de Marina Silva apresenta, o que coloca em risco a candidatura da segunda colocada nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2014, que aliás avança cada vez mais na preferência do eleitorado.

 

Com a popularidade e a aprovação do seu governo em trajetória de queda, os gastos com propaganda do governo federal nos 2 primeiros anos da gestão da presidenta Dilma Rousseff é 23% maior, na média, do que nos 8 anos de mandato de Lula, seu antecessor e padrinho político.

 

A ascensão da ex-senadora Marina Silva na corrida presidencial e a queda das intenções de voto do senador mineiro Aécio Neves, reavivaram antigas divisões no PSDB, principal partido da oposição, já que ganhou força a tese de Serra de que ele é o mais preparado para enfrentar a presidenta Dilma nas eleições de 2014.

 

Em mais uma de suas ''ideias brilhantes'', a presidenta Dilma está estudando um modo de facilitar a vinda de engenheiros estrangeiros para trabalhar no Brasil, assim como fez com profissionais da área da saúde, o que supostamente ajudaria a solucionar um dos problemas que atravancam o andamento de obras e o repasse de verba federal para os municípios.

 

Apenas 1 dia após a prefeitura do petista Haddad em SP vetar, motivada ''99,9%'' por questões políticas, a construção de um aeroporto privado na Zona Sul da cidade, o governo do Estado, que é comandado pelo tucano Alckmin, autorizou a construção de um aeroporto da incorporadora JHSF em São Roque, que fica a 60 quilômetros da capital paulista.

 

Em ''uma relação no mínimo suspeita'', a prefeitura da cidade de Chapecó deu a folha de pagamento dos seus 5 mil funcionários à Caixa em troca do patrocínio do referido banco estatal ao time de futebol Chapecoense, que disputa a série B do Campeonato Brasileiro.

 

O deputado estadual Marcelo Freixo, do PSOL, anunciou ontem que fará uma denúncia ao Ministério Público sobre o fato de o governo do RJ ter bancado 4 dias livres do governador Sérgio Cabral, do PMDB, em viagens a Bruxelas e Londres, mesmo sem que houvesse compromissos oficiais nesses lugares.


Crítica:

 

Confirmando que ''a Rússia segue vivendo em um mundo medieval'', com o apoio de 88% da população e quase 100% do parlamento Putin aprovou uma lei que criminaliza qualquer manifestação a favor dos direitos civis gays e classifica como pornografia a "propaganda homossexual".
 
Como fruto de um programa de distribuição de renda que não avançou para a sua segunda etapa e está criando uma ''geração de vagabundos'', no Brasil, onde cerca de 70% dos empresários reclamam da falta de mão-de-obra, cerca de 15% dos jovens entre 16 e 24 anos são pertencentes a chamada geração ''nem-nem-nem'', que são aqueles que, sustentados pelo bolsa-família, nem estudam, nem trabalham e nem procuram emprego.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário