R.B. 15/JUL/13 ‘’Pobre filhinho’’


R.B.

"Pobre filhinho"

 

São Paulo, 15 de julho de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação diante das fortes perdas acumuladas no ano (-25,3%), acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e com os investidores ''satisfeitos'' com a divulgação dos dados econômicos da China, que dentro do que era esperado cresceu 7,5% no segundo trimestre ante o mesmo período do ano anterior.

-    O DÓLAR pode cair, reduzindo uma parte das fortes altas acumuladas no ano (10,9%) e também nos últimos 12 meses (11,3), acompanhando a esperada melhora do ''humor'' na Bovespa e também a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –2,3%, já abriu em queda e, com os investidores avaliando novos sinais de desaceleração da economia brasileira e preocupados em relação ao crescimento da China, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar a semana acumulando uma baixa de –25,3% no ano.

-    DÓLAR 0,3% à R$ 2,27, já abriu em alta e manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, refletindo dados fracos da economia brasileira, que podem afastar ainda mais os estrangeiros do país e restringir a oferta de dólar no mercado, bem como perspectivas pessimistas para o crescimento da China e as incertezas em relação aos estímulos econômicos nos EUA.

-    Na ÁSIA, adotando um tom de cautela, mesmo após as Bolsas norte-americanas terem encerrado a sessão do dia anterior em patamar recorde, JAPÃO –0,2%, CORÉIA –0,4% e CHINA –1,6%, já que os mercados se concentravam na divulgação de dados chineses que podem oferecer evidências de fraqueza na segunda maior economia do mundo.

-    Na EUROPA, realizando lucros, no fim da melhor semana do mercado desde ABR/13, INGLATERRA –0,2%, FRANÇA –0,4% e ALEMANHA –0,1%, diante de preocupações renovadas sobre os riscos políticos na zona do euro, após a divulgação de notícias de que a oposição socialista de Portugal exigiu a renegociação dos termos do resgate do país.

-    Nos EUA, recuperando as perdas da abertura, para fecharem em novos patamares recorde, S&P 0,3%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,6%, beneficiadas e sustentadas pela divulgação de fortes resultados de empresas do setor financeiro, como a Wells Fargo (1,8%), o maior credor hipotecário do país.


Economia:

 

Abaixo do resultado anterior (7,7%), porem exatamente como esperado (7,5%), durante este final de semana foi divulgado que a economia chinesa cresceu 7,5% no segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, o que confirma uma leve desaceleração da segunda maior economia do mundo que, fortemente baseada em exportações, ressente-se da queda na demanda por seus produtos nos seus parceiros comerciais, principalmente EUA e Europa.

 

Corroborando com o anuncio de que em MAI/13 a economia brasileira registrou uma retração de –1,4% na comparação com ABR/13, patamar pior do que o esperado e que representa a maior queda mensal desde DEZ/08, os bancos oficiais já trabalham com uma perspectiva de crescimento abaixo de 2% para o PIB brasileiro neste ano.

 

Após ressaltar que não espera que o câmbio recue ao patamar de JAN/13, Luciano Coutinho, presidente do BNDES, afirmou que com cortes nos gastos públicos à vista, a "calibragem fiscal precisa ser cuidadosa", pois o governo deve levar em conta a redução do gasto privado que pode ocorrer com a desaceleração da economia.

 

Como fruto da política econômica de um ministro da Fazenda que, ao que tudo indica, só sabe estimular a economia do Brasil reduzindo impostos para produção e compra de automóveis, o número de domicílios com carros no Brasil quase dobrou nas duas últimas décadas e já atinge 40% do total de moradias.

 

-    Segundo dados da Caixa Econômica Federal, os saques de recursos do FGTS para a compra da casa própria subiram 21% no primeiro semestre no confronto com o mesmo período em 2012, chegando a 732,5 mil.

 

Engordando o lucro dos bancos brasileiros, atualmente o custo médio de um empréstimo pessoal está em estratosféricos 42,7% ao ano e sendo assim é 5 vezes maior que o juro básico da economia, a taxa Selic, que subiu de 8,0% para 8,5% ao ano na última quarta-feira.

 

Dando mais um exemplo das dificuldades de se explorar o petróleo do pré-sal, segundo dados da Agencia Nacional de Petróleo os investimentos para desenvolver o campo de Libra, que vai a leilão sob o modelo de partilha no dia 21/OUT/13, se situam entre US$ 200bi e US$ 300bi, para uma produção que, em uma visão mais conservadora, será de um milhão de barris por dia no seu auge.


Política:

 

''Se lixando'' para a opinião publica, os ''nobres'' deputados federais trabalham para aprovar nesta semana mudanças na legislação eleitoral que afrouxam os controles existentes sobre doações de campanha, acabando com os recibos para doações eleitorais e permitindo que políticos com contas de campanha rejeitadas pela Justiça Eleitoral voltem a se candidatar nas eleições do ano que vem.

 

Com críticas ao inchaço da administração federal vindas da oposição e, agora, do próprio PT, o governo Dilma já começou a fazer simulações para enxugar o número de ministérios e assim emitir um sinal de austeridade fiscal, ainda que o impacto real nas contas públicas seja pequeno.

 

Diante de ''rumores'' como o de que Lula considerou uma "barbeiragem" a decisão do Planalto de propor uma constituinte para a reforma política, as manifestações de JUN/13 ajudaram a desgastar a relação da presidenta Dilma com o ex-presidente petista.

 

Dirigentes de partidos aliados do governador de SP Geraldo Alckmin, receberam indicações do tucano de que ele irá reduzir o número de parlamentares em seu secretariado, para enxugar a máquina administrativa.

 

Com o fracasso da operação para criar uma nova legenda de oposição a partir da fusão do PPS com o PMN, o ex-governador José Serra, hoje no PSDB, estuda outras alternativas para sair candidato à Presidência em 2014, já que os tucanos estão praticamente fechados em torno do senador mineiro Aécio Neves.


Crítica:

 

Após ver as ações do seu ''pobre filhinho'' despencarem novamente e valerem menos que um pãozinho, Eliezer Batista da Silva, pai de Eike Batista, reconsiderou seu pedido de renúncia aos cargos de vice-presidente e membro do Conselho de Administração da OSX, empresa de construção naval.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário