R.B. 8/ABR/13 ‘’Provavelmente estava no hotel de ressaca’’


R.B.

"Provavelmente estava no hotel de ressaca"

 

São Paulo, 8 de abril de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, tentando manter os 55.000pts como suporte, influenciada positivamente pelos sinais de melhora do ''humor'' nas bolsas da Europa e dos EUA e também sustentada por um movimento de ''caça de barganhas'' diante do baixo desempenho da bolsa brasileira, que recua –9,7% em 2013 e –13,5% nos últimos 12 mês.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, tentando fixar os R$ 2,00 como resistência, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelos sinais de que o BC quer valorizar o real para segurar a inflação.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 0,7%, abriu em queda, para logo atingir a mínima do dia recuando –1,5%, porem, mesmo com as perdas nas bolsas do ''primeiro mundo'', foi ganhando ''forças'' ao longo do dia e fechou em alta e acima dos 55.000pts (aos 55.050pts), em um movimento de ''caça de barganhas'' impulsionado pela retomada de papéis dos setores de construção e elétrico, além da Petrobras (0,4%) e da Vale (0,7%).

-    DÓLAR –1,3% à R$ 1,99, abriu em alta, para na máxima avançar 0,2%, porem passou a cair ainda na parte da manhã, para fechar o dia abaixo dos R$ 2,00 pela primeira vez desde 20/ABR/13, influenciado pela declaração de Mantega, ministro da Fazenda, de que a elevação da taxa básica de juros é uma possibilidade para o governo.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 1,5%, ainda ''animada'' pelas mudanças da política monetária promovidas pelo novo BC do país, porem CORÉIA –1,6% e CHINA –2,1%, prejudicadas por notícias de um novo tipo de gripe aviária na China e pelo aumento das tensões na península coreana.

-    Na EUROPA, registrando as maiores quedas diárias em mais de 1 ano, INGLATERRA –1,5%, FRANÇA –1,7% e ALEMANHA –2,0%, prejudicadas pela divulgação de dados negativos dos EUA e com destaques de queda para as ações das empresas do setor de viagens e lazer, em meio a preocupações com o impacto sobre as vendas de um novo surto de gripe aviária na Ásia.

-    Nos EUA, fechando em queda a pior semana do ano, S&P –0,4%, DJ –0,3% e NASDAQ –0,7%, realizando lucros recentes, influenciadas pelo anuncio de que em MAR/13 os do país empregadores contrataram no ritmo mais lento em 9 meses, o que por sua vez minou a confiança na economia e as perspectivas de lucros corporativos para o primeiro trimestre.


Economia:
 
Após ressaltar que a recuperação está sendo consolidada nos EUA e elogiar a decisão do BC do Japão de aprovar medidas extraordinárias de estímulo monetário para frear a deflação e estimular o investimento e o consumo, Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI, afirmou ontem que "uma parte substancial da economia global está melhor atualmente que há um ano", mas ponderou que os riscos ainda existem e há a necessidade de "duros ajustes".

 

Após ''garantir'' que as desonerações anunciadas na sexta-feira passada irão estimular as empresas brasileiras a investir mesmo com o cenário internacional conturbado, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que o governo não permitirá que a inflação fuja do controle e ressaltou que nos próximos meses os preços dos alimentos, "os vilões da inflação", vão ceder.

 

Tombini, o presidente do BC brasileiro, reforçou a empresários do setor de infraestrutura que a autoridade monetária vai continuar o combate à inflação usando os instrumentos disponíveis e afirmou que os ciclos monetários não foram abolidos.

 

''Apostando no Brasil'', a famosa grife italiana Versace confirmou que planeja abrir três novas lojas no país até o fim de MAI/13, na sua estratégia de expansão em mercados com maior potencial, o que também inclui Turquia e Coreia do Sul.

 

Apesar da queda de -7,55% do Ibovespa, que é o principal índice da Bolsa brasileira, no primeiro trimestre deste ano, as ações voltadas ao consumo doméstico, como as dos segmentos de educação, varejo e a maioria do setor elétrico, tiveram bom desempenho de JAN/13 até MAR/13.

 

Auxiliando no controle da inflação, as tarifas das ligações de telefones fixos feitas para celulares ou rádios, tanto para chamadas de longa distância como para chamadas locais, caíram pelo menos -8,77% no último sábado.

 

-    A Cesp subiu 8,1% e a Copel avançou 8,3%, após o governo anunciar que isentou do pagamento do PIS/Cofins as indenizações que serão dadas às elétricas que renovaram antecipadamente suas concessões.

-    A PDG subiu 6,7% e a Rossi avançou 5,9%, após o governo anunciar que foi estendido para o setor de construção a desoneração da folha de pagamento, a partir do início de 2014.

-    A OGX caiu –10,9%, ainda refletindo o rebaixamento da nota de crédito da empresa, anunciado no dia anterior pela S&P, que é uma das maiores agências de classificação de risco do mundo.


Política:

 

Reunindo personalidades do meio artístico e intelectual, ontem uma passeata com mais de 1.000 pessoas passou pela praia de Copacabana, no RJ, para protestar contra a permanência do pastor e deputado federal Marco Feliciano , do PSC de SP, na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

 

Segundo o petista Tarso Genro, ex-ministro de Lula e atualmente governador do Rio Grande do Sul, a candidatura de Eduardo Campos, do PSB, ao Planalto no próximo ano seria um "equívoco tático", pois iria apenas retirar votos dos tucanos e e dificultaria uma conversa entre partidos da base aliada sobre programa de governo e o projeto para a eleição de 2018.

 

Enquanto Aécio ''provavelmente estava no hotel de ressaca'', após mais uma noite de balada na cidade maravilhosa, Eduardo Campos, governador de Pernambuco e pré-candidato do PSB à presidente, após ir à Santos, principal cidade do litoral paulista, na sexta-feira, foi ao RJ no sábado, aonde, já em clima de campanha, foi recebido por mais de uma centena de militantes do partido, entre eles figuras ilustres como os ex-ministros Roberto Amaral e José Gomes Temporão e a ex-prefeita de SP Luiza Erundina.


Crítica:

 

Após desembarcar na Alemanha sob protestos a respeito da política de direitos humanos e democracia em seu país, Putin, o presidente e ditador russo, foi alertado por Merkel, a chanceler alemã, que a Rússia necessita de uma sociedade civil mais ativa para se desenvolver.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário