R.B. 5/FEV/13 "Menos pior"


R.B.

"Menos pior"

 

São Paulo, 5 de fevereiro de 2013 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, quiçá para fechar o dia acima dos 60.000pts, acompanhando a recuperação das demais bolsas mundiais e beneficiada pelo resultado da Petrobrás que, apesar de ter recuado –36% na comparação com 2011, foi ''menos pior'' do que o esperado pelo ''mercado''.

-    O DÓLAR deve cair, devolvendo a valorização do pregão anterior, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e ainda sem ''forças'' para ultrapassar a agora ''resistência'' dos R$ 2, patamar que ao que tudo indica passou a ser o teto da banda cambial informal do BC.

 

ONTEM

-    BOVESPA –1,3% (aos 59.575pts), já abriu em queda e, acompanhando a realização de lucros nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, com destaque negativo para as ações da Petrobrás (-2,8%), que divulgou seu resultado do ano passado após o fechamento do pregão.

-    DÓLAR 0,3% à R$ 1,99, abriu ''de lado'', para na mínima recuar –0,1%, porem, com baixa volatilidade, fechou em leve alta, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também a piora do ''humor'' na Bovespa.

-    Na ÁSIA, nos maiores patamares dos últimos 18 meses, JAPÃO 0,6%, CORÉIA 0,2% e CHINA 0,4%, impulsionada pela divulgação, na última sexta-feira, de dados econômicos positivos nos EUA, que por sua vez ampliaram as expectativas de uma recuperação mundial.

-    Na EUROPA, realizando lucros recentes, INGLATERRA –1,6%, FRANÇA –3,0% e ALEMANHA –2,5%, desta vez prejudicadas pelo cenário político incerto, principalmente diante da divulgação de um escândalo de corrupção na Espanha e de pesquisas que mostram que o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi está recuperando terreno antes de eleições neste mês.

-    Nos EUA, também realizando lucros recentes, para o S&P fechar com a maior queda diária desde NOV/12, S&P –1,2%, DJ –0,9% e NASDAQ –1,5%, prejudicadas por renovados temores sobre a crise da zona do euro e com destaques de queda para as ações das agencias de classificação de risco Standard & Poor's (-13,8%) e Moody's (-10,7%), que são suspeitas de darem classificações ''tendenciosas'' para operações envolvendo bônus hipotecários em 2007.


Economia:

 

Um pouco menos ''pessimista'' do que na semana passada, o ''mercado'' manteve, após 4 semanas seguidas de queda, em 3,10% suas ''apostas'' para o crescimento da economia brasileira em 2013, porem elevou, pela quinta semana consecutiva, sua previsão para o a inflação para este ano, desta vez de 5,67% para 5,68%.

 

Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) com 42% das suas empresas abrindo novas vagas, em 2012 o Brasil foi o quinto país do mundo que mais contratou novos profissionais, (2) o número de novos contratos de aluguel de imóveis comerciais fechados na cidade de SP cresceu 11% em 2012, na comparação com o ano anterior e (3) segundo projeções do setor, as vendas em supermercados paulistas no carnaval de 2013 devem ter alta de 6% em comparação com o feriado do ano passado.

 

Mostrando a força e a eficiência do setor financeiro brasileiro, os bancos tupiniquins Bradesco, Itaú e Banco do Brasil ocupam respectivamente a 16º posição, a 18º posição e a 22º posição no ranking das 25 mais valiosas marcas de instituições financeiras do mundo.

 

''Apostando'' no Brasil, o grupo italiano Almaviva está investindo R$ 30mi na instalação de um call center em Aracaju que empregará 3.000 pessoas e já anunciou que pretende fazer outro aporte ainda neste ano para estabelecer mais um empreendimento como esse.

 

-    A Petrobrás caiu –2,8% e, após o fechamento do pregão, divulgou que acumulou um lucro líquido de R$ 7,7bi no ultimo trimestre de 2012, patamar 53,4% maior que no mesmo período de 2011 e também superior à média das ''apostas do mercado'' (R$ 6,1bi).


Política:

 

Defendendo os mensaleiros, ao afirmar que a palavra final sobre a perda dos mandados será da Câmara, e também prometendo aumento das ''regalias'' dos deputados, o peemedebista Eduardo Alves, conforme já se esperava, foi eleito ontem o novo presidente da Câmara dos Deputados com 271 votos, contra 165 de Júlio Delgado, do PSB, 47 de Rose de Freitas, do PMDB, e 11 de Chico Alencar, do PSOL.

 

A nova Mesa Diretora da Câmara, eleita ontem, tem três deputados com problemas na Justiça (1) o presidente Henrique Eduardo Alves, do PMDB, foi condenado em primeira instancia por usar recursos públicos para se promover pessoalmente, (2) o terceiro secretário, Maurício Quintella, do PR, é alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal por peculato e (3) o quarto-suplente, Takayama, do PSC, responde a uma ação penal por peculato, estelionato e crimes contra a ordem tributária.

 

Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, ''avisou'' ontem que ainda não há uma perspectiva de se julgar as denúncias encaminhadas pela Procuradoria-Geral da República contra Renan Calheiros, o presidente do Senado, acusado de peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso.

 

Entre os parlamentares da base governista e mesmo em parte da oposição, o clima é de comemoração com a nova configuração do Congresso, já que ter as duas Casas comandadas por parlamentares importantes do PMDB e líderes com perfis mais beligerantes dará maior poder ao Legislativo diante do Executivo.


Crítica:

 

Representando um importante avanço democrático, a chinesa Foxconn, fabricante dos eletrônicos da Apple e alvo de denúncias internacionais de exploração de seus trabalhadores, está preparando eleições entre os seus funcionários na China para escolher uma comissão de representantes dos trabalhadores das fábricas da companhia naquele país, que possuem cerca de 1 milhão de operários.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário