R.B. 4/FEV/13 ‘‘A maior promessa sustentável’’

 

R.B.

"A maior promessa sustentável"

 

São Paulo, 4 de fevereiro de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando recuperar as perdas acumuladas na semana passada (-1,3%) e no ano (-1,0%), influenciada positivamente pela valorização das commodities e pelos sinais de recuperação das economias da China e dos EUA.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, ainda sem ''forças'' para superar os R$ 2,00, seguindo o fluxo positivo de recursos externos e influenciado principalmente pela avaliação de que o governo Dilma, preocupado com a inflação, não atuará na ponta compradora para impedir o recuo da moeda norte-americana.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 1,0%, já abriu em alta e, com bom volume de negócios (R$ 7,3bi), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar a acima dos 60.000pts (aos 60.351pts), com sinais de recuperação da atividade global reacendendo o apetite de investidores por risco.

-    DÓLAR –0,1% à R$ 1,99, já abriu em queda e, influenciado principalmente pela ausência do BC na ponta compradora, manteve  a trajetória descendente ao longo de ''quase'' todo pregão, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, CORÉIA –0,2%, assumindo uma postura defensiva, depois que uma série de indicadores de produção industrial sinalizarem um cenário duro para as indústrias da região, porem JAPÃO 0,5% e CHINA 1,4%, com destaques de alta para as ações das empresas exportadoras, beneficiadas pela desvalorização das moedas locais frente ao dólar.

-    Na EUROPA, retomando a trajetória de alta após 2 pregões consecutivos de queda, INGLATERRA 1,1%, FRANÇA 1,1% e ALEMANHA 0,7%, desta vez com investidores ''animados'' por uma série de dados econômicos sólidos sobre a China, a Europa e os EUA.

-    Nos EUA, nos maiores patamares dos últimos 5 anos, S&P 1,0%, DJ 1,1% e NASDAQ 1,2%, após dados sobre o emprego e sobre a atividade industrial do país mostrarem que a recuperação da economia norte-americana continua em andamento, o que aliás tem estimulado as pessoas a transferir seus investimentos do mercado de bônus para as ações.


Economia:

 

Quando o brasileiro fica devendo no cartão de crédito, que cobra uma taxa de juros de cerca de 190% ao ano, ele pode ver a sua dívida dobrar em apenas 8 meses, porem quando este mesmo brasileiro se torna um investidor e põe dinheiro na poupança, o tipo de aplicação mais popular do Brasil e que rende menos de 5,0% ao ano, ele tem que esperar mais de 14 anos para ver o seu capital dobrar.

 

Já estão avançadas as negociações junto ao governo Dilma para permitir que as pequenas e médias empresas que decidirem abrir capital na Bolsa de Valores possam abater no Imposto de Renda, em quatro ou cinco parcelas, os gastos para esse processo, que varia de R$ 600 mil a R$ 1mi.

 

Mesmo com  ''choradeira'' das montadoras e das concessionárias, que reclamaram do fim do desconto no IPI, em JAN/13 as vendas de carros e utilitários no Brasil atingiram 296,8 mil unidades, o que representa o melhor resultado da história para um mês de janeiro e um avanço de 17,5% na comparação com JAN/12.

 

Influenciada principalmente pelas importações de combustíveis feitas em DEZ/12 pela Petrobrás e ''estrategicamente'' registradas apenas no primeiro mês do ano, em JAN/13 a balança comercial brasileira apresentou um déficit de US$ -4,0bi, o que representa o pior resultado já registrado num único mês considerando a série histórica iniciada em 1993.

 

Pressionado principalmente pelo grupo alimentação, o IPC, que mede a inflação da cidade de SP, registrou alta de 1,15% em JAN/13, número representa uma aceleração em relação ao mês de DEZ/12, quando apresentou alta de 0,78%, e que superou a média das estimativas do ''mercado'' 1,07%.

 

-    A Petrobrás subiu 2,1%, recuperando perdas recentes, seguindo também um avanço dos preços do petróleo e beneficiada pelo anuncio de que a emprese descobriu um reservatório de óleo e gás em um dos poços em que realiza prospecção na Bacia do Solimões, no Amazonas.

-    A Vale subiu 1,3%, após informar que sua produção de minério de ferro subiu 3,1% no quarto trimestre de 2012 ante igual período de 2011, patamar acima da expectativa de analistas.

-    A Brasil Foods caiu –2,7%, diante de ''rumores'', confirmados no final de semana, de que Nildemar Secches planeja deixar a presidência do conselho da empresa.


Política:

 

Com o ''nobres parlamentares'' mais uma vez mostrando que ''se lixam'' para a opinião da população, na sexta-feira, conforme já se esperava, o senador peemedebista Renan Calheiros, com votos até do PSDB, foi eleito o novo presidente do Senado Brasileiro, derrotando com 56 votos o senador Pedro Taques, do PDT, que recebeu apenas 18 votos.

 

Mesmo acusado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, de ter praticado os crimes de peculato, falsidade ideológica e utilização de documentos falsos, Renan Calheiros, em seu discurso de posse como presidente do Senado, falou que ética é uma "obrigação de todos nós".

 

Confirmando que o PMDB está mais dividido do que nunca, com 46 dos 80 votos possíveis o deputado federal Eduardo Cunha derrotou seu ''colega'' Sandro Mabel e assim foi eleito o novo líder do PMDB na Câmara e agora, mesmo sem o apoio do Palácio do Planalto, será o principal interlocutor do partido com o governo na Casa.

 

Com os apoios do governo, da base aliada e até de boa parte da oposição, o deputado federal peemedebista Henrique Eduardo Alves, do Rio Grande do Norte, é favorito para ser eleito hoje presidente da Câmara dos Deputados.


Crítica:

 

Representando ''a maior promessa sustentável'' do setor de biocombustíveis nos últimos anos, o etanol celulósico, que é feito a partir da palha e do bagaço da cana-de-açúcar, começa a sair do campo das ideias para chegar aos postos brasileiro já no próximo ano, o que é visto como a principal alternativa para aumentar a oferta deste combustível renovável sem a necessidade de crescimento significativo da área plantada.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário