R.B. 18/FEV/13 ‘’Me causou indignação’’


R.B.

"Me causou indignação"

 

São Paulo, 18 de fevereiro de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 3 quedas consecutivas e após fechar o pregão anterior no menor patamar desde 6/DEZ/12, ''aliviada'' com o resultado inócuo da reunião do G-20 e ''apostando'' em um movimento de ''caça de barganhas''.

-    O DÓLAR pode seguir em alta, ainda influenciado pelas ações do BC para conter o forte recuo da moeda norte-americana sobre o real, porem deve-se ressaltar que a tendência local e mundial ainda é de queda e que uma valorização pode ser uma boa oportunidade para venda.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –0,3%, novamente abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,5%, porem mais uma vez passou a cair na parte da tarde e fechou em baixa, abaixo dos 58.000pts (aos 57.903pts)  pontos, após Mantega, ministro da Fazenda, indicar que o BC pode subir os juros para segurar a inflação.

-    DÓLAR 0,2% à R$ 1,96, já abriu em alta e, acompanhando o ''humor negativo'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, refletindo e influenciado pelo leilão de compra de dólares no mercado futuro pelo BC.

-    Na ÁSIA, realizando lucros recentes, CHINA permaneceu fechada devido a feriado local, JAPÃO –1,2% e CORÉIA -0,1%, diante dos ''rumores'' de que um conservador ex-ministro das finanças é o principal candidato à presidência do BC do Japão, que por sua vez sofre pressão política para tomar medidas drásticas para reaquecer a economia japonesa.

-    Na EUROPA, também realizando lucros recentes, INGLATERRA –0,1%, FRANÇA –0,2% e ALEMANHA –0,5%, com o mercado ''de olho'' na reunião do G-20, que teve início na Rússia e na qual será debatida a questão das desvalorizações cambiais.

-    Nos EUA, após mais uma sessão volátil e novamente sem uma tendência única, S&P –0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ –0,2%, divididas entre indicadores econômicos mistos e com os investidores evitando fazer grandes apostas antes do feriado do Dia do Presidente, que ocorre neste segunda-feira.


Economia:

 

Esta semana será importante para apontar qual será o rumo da economia brasileira, já que nos próximos dias vários indicadores serão divulgados como (1) as vendas ao varejo, (2) a produção industrial, (3) o IPCA-15, (4) IPCA, (5) a balança comercial, (6) o cadastro Geral de Empregados e Desempregados e (7) o índice de confiança do empresário indústria.

 

Durante a reunião do G-20 na Rússia, Mantega, ministro brasileiro da Fazenda, afirmou que o câmbio no Brasil está num patamar bastante razoável e "dá certa competitividade" à indústria brasileira, negou que o governo trabalhe com uma meta para cotação do dólar e ''garantiu'' que a moeda norte-americana não será instrumento para controlar inflação, ressaltando que os juros ainda são a principal arma do BC contra alta de preços.

 

Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que depois de sucessivos estímulos ao consumo como estratégia para retomar o crescimento da economia nos últimos anos, a prioridade do governo passou a ser medidas que façam os empresários desengavetar projetos de investimento.

 

Com operações na maioria das vezes concentradas em poucas e grandes empresas, o Brasil é, segundo indicadores coletados pelo governo brasileiro e pelo Banco Mundial, um dos países mais inóspitos para o surgimento de novas empresas exportadoras e os principais motivos são os altos custos para exportar, o câmbio desfavorável, a falta de tecnologia de ponta e a burocracia.

 

Consolidando cada dia mais o ''celeiro do mundo'', a produção agrícola brasileira deste ano, impulsionada pela soja, deverá ter receitas 16,2% acima das obtidas em 2012 e seu valor Bruto da Produção deverá atingir R$ 283,5bi, ante R$ 243,9bi em 2012, o que representará um novo recorde histórico.

 

Dando ao menos uma boa notícia para a Petrobrás, a Federação Única dos Petroleiros e seus sindicatos rejeitaram uma greve de cinco dias contra a empresa, mas ainda não aceitaram a recente oferta da estatal de participação nos lucros na esperança de obter um acordo melhor.

 

-    O Itaú subiu 4,6%, o Bradesco avançou 4,4% e o Banco do Brasil cresceu 2,5%, após Mantega indicar que a taxa básica de juros pode subir antes do que se esperava.


Política:

 

Com um discurso recheado de menções ao meio ambiente e diante de uma plateia de 1,5 mil pessoas, no sábado passado a ex-ministra Marina Silva deu o primeiro passo para tentar criar seu partido político, que deverá se chamar Rede Sustentabilidade e servirá para abrigar, além de sua provável candidatura à Presidência da República em 201, políticos de ''ficha limpa'' como Walter Feldman, do PSDB, Alfredo Sirkis, do PV, Domingos Dutra, do PT e Heloisa Helena, do Psol.

 

Depois de quase duas semanas de "férias", sem votações, e com o feriado prolongado do carnaval, o Congresso retoma hoje os trabalhos com o impasse em relação à votação do Orçamento da União de 2013 e dos três mil vetos presidenciais.

 

Com sua imagem desgastada e com menos intenções de voto que Dilma, Lula tem dito a amigos, nas viagens pelo Brasil e pelo exterior, que a combinação de notícias negativas pode afetar a popularidade de Dilma e comprometer o projeto político do PT.

 

Além de ser, por 100% de culpa dos eleitores, corrupto e ineficiente, o Congresso brasileiro, segundo um estudo da ONU, é o segundo mais caro em um universo de 110 países, já que cada um dos 594 parlamentares brasileiro, 513 deputados e 81 senadores, custa para os cofres públicos US$ 7,4mi por ano.


Crítica:

 

Não como carne e ''me causou indignação'' a celeuma e a revolta popular na história da lasanha vendida na Europa que era feita com carne da cavalo, pois não entendo qual a diferença entre comer carne de cavalo e comer carne de boi, de frango, de cachorro ou de porco, este ultimo aliás que compartilha mais genes com os humanos que todos os animais anteriormente citados. A não ser na mesma situação que o Robinson Crusoé, que isolado em uma ilha precisava inventar um amigo para não ficar maluco, a relação entre os animais e o homem deveria ser de uma respeitosa e proveitosa simbiose, e não e amizade.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário