R.B. 4/JAN/13 ‘’A maior culpada pelas enchentes é a população’’


R.B.

"A maior culpada pelas enchentes é a população"

 

São Paulo, 4 de janeiro de 2013 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve cair, em um movimento de realização de lucros depois de acumular valorização de 3,9% nos 2 primeiros pregões de 2013, acompanhando o mesmo movimento nas demais bolsas mundiais, que também é influenciado pela divulgação pelo Fed (''BC'' dos EUA) da ata de sua reunião de 11 e 12/DEZ/12, que por sua vez mostrou que as autoridades estão divididas sobre quando interromper o programa de compra de ativos.

-    O DÓLAR pode subir, podendo inclusive retomar ao patamar dos R$ 2,05, em um ''ajuste técnico'' após atingir no fechamento de ontem o menor patamar em 2 meses, também influenciado pela provável piora do ''humor'' na Bovespa e nas demais bolsas mundiais.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,2%, realizando lucros abriu em queda, para na mínima recuar –0,3%, porem passou a subir ainda na parte da manha, para fechar o dia no maior patamar em 9 meses (aos 63.312pts), novamente com bom volume de negócios (R$ 7,2bi) e desta vez com destaques positivos para as ações da Petrobrás (3,6%) e para as ações dos bancos Bradesco (5,9%) e Itaú (2,9%).

-    DÓLAR –0,5% à R$ 2,03, abriu em alta, para na máxima avançar 0,5%, porem passou a cair na parte da tarde, influenciado pelo anuncio de entradas de recursos externos, para fechar o dia no menor valor em quase 2 meses.

-    Na ÁSIA, seguindo o fechamento positivo das demais bolsas mundiais no dia anterior, JAPÃO e CHINA permaneceram fechadas devido a feriado, já CORÉIA 0,6%, ''animada'' pela divulgação de dados positivos do setor de serviços da China, que por sua vez elevaram as esperanças de uma retomada econômica estável da segunda maior economia do mundo.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA 0,3% e ALEMANHA 0,3%, sustentadas por dados melhores do que o esperado sobre emprego nos EUA e por fortes ganhos do mercado suíço (2,9%), que retornou de um feriado nacional.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, causada pela divulgação de que o setor privado do país criou 215 mil postos de trabalho em DEZ/12, patamar bem acima das expectativas do ''mercado'', S&P –0,2%, DJ –0,2% e NASDAQ –0,4%, ''desanimadas'' pela a ata da última reunião do Fed (''BC'' local), que apontou uma divisão sobre quando deve terminar a compra de ativos lastreados em hipotecas.


Economia:

 

Em 2012 a participação de pessoas físicas nos negócios realizados na Bolsa brasileira ficou em 17,9%, o que representa o menor patamar desde 1999 (15,9%), e os principais motivos são (1) as decisões politicas e estratégicas erradas da direção da Bovespa, que endureceu as regras para clubes de investimento e aumentou as exigências das corretoras e dos agentes autônomos de investimento, (2) os investimentos errados da maioria das corretoras, que privilegiaram o Home Broker e a guerra dos preços em detrimento ao atendimento pessoal e a educação financeira, (3) o desempenho negativo dos últimos anos e (4) a falta de educação financeira do investidor brasileiro, que compra na alta e vende na baixa.

 

Corroborando com a opinião de cerca de 80% do ''mercado'', assessores próximos da presidenta Dilma já falam nos bastidores que ela deveria aproveitar uma eventual reforma ministerial neste ano para fortalecer e ''arejar'' sua equipe econômica, inclusive devolvendo ao Ministério do Planejamento a antiga função de formulador de política econômica.

 

Usando artifícios contábeis inéditos para aumentar sua economia para pagar juros da dívida, o chamado superávit fiscal, nos últimos dias de DEZ/12 o governo Dilma decidiu (1) usar cerca de R$ 12bi em recursos do Fundo Soberano do Brasil e (2) determinar o pagamento antecipado de cerca de R$ 5bi em dividendos pela Caixa Econômica Federal e pelo BNDES ao Tesouro Nacional.

 

Além da previsão de mais investimentos devido à Copa e às eleições em 2014, medidas como a desoneração da folha de pagamento também devem estimular o mercado de trabalho, principalmente no setor de varejo, que prevê a criação de 500.000 novas vagas apenas em 2013.

 

Em um ritmo cada vez maior, segundo a ANP em NOV/12 a produção de petróleo e gás natural no pré-sal brasileiro aumentou 25,6% em relação ao mês anterior e assim bateu um novo recorde histórico ao atingir 272,1 mil barris/dia.

 

Mesmo com a taxa básica de juros no menor patamar da história, em 2012 o IPC, que mede a inflação na capital paulista, teve elevação de 5,10%, o que ficou em linha com as ''apostas do mercado'' e abaixo do valor registrado em 2011, quando o referido índice atingiu 5,81%.

 

-    A Petrobrás subiu 3,6%, (1) recuperando perdas recentes, (2) acompanhando a valorização do petróleo no mercado internacional e (3) ''animada'' pelo anuncio de que seu poço Carcará, na bacia de Santos, tem um "elevado potencial" comercial.

-    O Bradesco subiu 5,9% e fechou no maior patamar da história (aos R$ 38,12), após anunciar a renovação do seu programa de recompra de até 15 milhões de ações.


Política:

 

Além de ter a obrigação de aprovar a lei orçamentária para este ano, o Congresso Nacional vai iniciar o ano legislativo de 2013 com uma lista de 19 medidas provisórias pendentes de apreciação, dentre elas a 581, que modifica os fundos constitucionais de desenvolvimento, e a 582, que amplia o número de setores beneficiados pela desoneração da folha de pagamentos.

 

A oposição e a mídia acreditam que foi um absurdo dar posse ao petista Genoino, suplente condenado pela última instância do Judiciário por corrupção ativa e formação de quadrilha, como deputado Federal, porem o fato é que o que ocorreu é absolutamente legal, pois o processo ainda não transitou em julgado, e mesmo que quisesse o PT não poderia impedir.

 

Se preparando para tentar a reeleição em 2014, o tucano Alckmin, governador de SP, afirmou ontem que deve retomar a reforma de seu secretariado na próxima semana e a expectativa é se sejam promovidas mudanças em ao menos 5 secretarias para acomodar o PTB, do deputado estadual Campos Machado, e o PSD, do ex-prefeito Kassab.

 

Num documento em que prega a necessidade de produzir uma narrativa histórica própria sobre os dez anos em que comanda o governo federal, o PT se diz vítima de uma campanha de desmoralização e compara o ex-presidente Lula a Getúlio Vargas e João Goulart.


Crítica:

 

É claro que os políticos poderiam e deveriam fazer mais para evitar as enchentes que todo verão causam mortes e perdas, principalmente aos mais pobres, no Brasil, porem ''a maior culpada pelas enchentes é a população'', que joga lixo na rua, o que inexoravelmente entope os bueiros, e que insiste em ocupar áreas improprias para a construção de casas.

 

Os economistas mais pessimistas esperam que em 2013, já influenciada pela Copa do Mundo de futebol, a economia brasileira gere 970 mil novos postos de trabalho, o que vai aumentar ainda mais a demanda por mão de obra qualificada e fazer com que o Brasil precise importar cada dia mais trabalhadores de países do ''primeiro mundo''.

 

Se o governo Dilma conseguir aprovar e implementar as ideias de Ricardo Paes de Barros, secretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, para aumentar a entrada de mão de obra estrangeira qualificada no país, o Brasil dará um salto de competitividade e também será um dos países mais abertos do mundo a imigrantes, suprindo a escassez de vários tipos de profissionais.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário