R.B. 8/NOV/12 ‘’Segunda abolição da escravidão’’


R.B.

"Segunda abolição da escravidão"

 

São Paulo, 8 de novembro de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, respeitando o agora ''suporte'' dos 58.000pts e tentando uma recuperação após a forte queda do pregão anterior, acompanhando o movimento ascendente das demais bolsas mundiais e beneficiada pelos sinais positivos da economia brasileira.

-    O DÓLAR pode cair, respeitando a resistência dos R$ 2,03 e acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, que por sua vez perde valor quando a tensão mundial é reduzida e os investidores buscam ativos de risco.

 

ONTEM

-    BOVESPA –1,6%, já abriu em queda e, acompanhando o desempenho das bolsas de NY, foi aprofundando a baixa ao longo do pregão, para fechar o dia com o pior desempenho desde 23/OUT/12, com riscos fiscais nos EUA e na Europa voltando a preocupar investidores após a reeleição de Obama à presidência da maior economia do mundo.

-    DÓLAR 0,1% à R$ 2,03, já abriu em leve alta e, com pouca volatilidade e poucos negócios, manteve-se em território positivo ao longo de todo pregão, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, ''comemorando'' a reeleição de Obama, JAPÃO 0,1%, CORÉIA 0,5% e CHINA 0,1%, com destaques de alta para as exportadoras do setor de tecnologia e para as montadoras, diante das melhora das expectativas, que depois se mostrou errada, para a economia dos EUA.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA –1,6%, FRANÇA –2,0% e ALEMANHA –2,0%, acompanhando a abertura negativa das bolsas de NY, ''temendo'' a situação da Grécia, que precisa aprovar novas medidas de austeridade para assegurar ajuda internacional e evitar a bancarrota e prejudicadas por dados fracos de produção industrial na Alemanha.

-    Nos EUA, aprofundando as perdas aos longo do dia, S&P –2,4%, DJ –2,4% e NASDAQ –2,5%, já que, passadas as eleições presidenciais, a grande dúvida é se Obama conseguirá chegar a um acordo com republicanos a tempo de evitar que cortes automáticos de gastos e aumentos de impostos, num total de cerca de US$ 600bi, entrem em vigor em 1º/JAN/13.


Economia:
 

Mostrando otimismo, Anthero Meirelles, diretor de Fiscalização do BC, afirmou que a inadimplência, nas principais modalidades de crédito às famílias, já apresenta tendência de retração ou de estabilização, ressaltando que a redução recente da taxa de juros, além de contribuir para a diminuição do comprometimento de renda dos brasileiros, tem o efeito de atrair mais tomadores, contribuindo para uma maior diversificação da carteira e consequente redução dos riscos.

 

Com o objetivo de tentar acabar com a guerra fiscal entre os Estados, que no final acaba prejudicando o Brasil, ontem Mantega, ministro da Fazenda, apresentou aos governadores um proposta para unificação das alíquotas interestaduais de ICMS em 4%.

 

Defendendo a Medida Provisória 579, que reduz os encargos sobre a energia elétrica, o empresário Jorge Gerdau, presidente do conselho administrativo do grupo Gerdau, afirmou que a redução da tarifa de energia eleva a competitividade da indústria brasileira, ressaltando que dos 14 países que abrigam 49 usinas do grupo Gerdau, a tarifa da energia cobrada pelo Brasil é a mais cara.

 

Indicando que o brasileiro está com dinheiro para investir, porem ainda teme correr maiores riscos, em OUT/12 os depósitos feitos em caderneta de poupança superaram os saques em R$ 3,24bi, o que representa o maior saldo positivo para meses de outubro desde 1995, quando esta pesquisa começou a ser feita.

 

Impulsionadas pela redução do IPI e pela propaganda do governo Federal, que ao que parece acredita que carro próprio é mais importante que educação, em OUT/12 as vendas de veículos no país atingiram a marca de 341,6 mil e assim bateram mais um recorde histórico, crescendo 21,8% na comparação com OUT/11 e 18,6% na comparação com SET/12.

 

Pagando juros de no máximo 3,55% ao ano e com uma demanda 6 vezes superior ao ofertado, ontem a Caixa Econômica Federal, com o objetivo de diversificar suas fontes de financiamento, realizou sua primeira operação no mercado internacional de capitais captando US$ 1,5bi no exterior em bônus de dívida.

 

Ontem o Itaú anunciou que projeta um aumento de 40% ao ano no crédito imobiliário no País nos próximos 5 anos e, como o setor bancário tem um grande poder de influencia em Brasília, os grandes bancos brasileiros querem que o governo estabeleça regras para restringir a portabilidade do crédito imobiliário no País, mecanismo que permite ao consumidor transferir a dívida de uma instituição financeira para outra sem pagar novamente as taxas de empréstimos.

 

Confirmando mais uma vez a urgência e a importância estratégica e econômica de se construir a usina hidroelétrica de Belo Monte, acionadas em maior número neste ano por conta do período seco mais prolongado e intenso, as termelétricas geram uma despesa adicional de R$ 400mi ao mês a todos os consumidores do Brasil.

 

Ainda pressionado principalmente pelos preços dos alimentos, que sobem mundialmente por conta da quebra da safra agrícola nos EUA, o IPCA, índice oficial da inflação, subiu 0,59% em OUT/12 e agora acumula alta de 4,38% nos 10 primeiros meses deste ano e de 5,45% nos últimos 12 meses.

 

-    A Petrobrás caiu –2,3% e a OGX recuou –4,8%, acompanhando a forte queda do petróleo no mercado internacional (-4,3%).

-    A AES Eletropaulo recuou -4,3%, após ter informado resultado trimestral bem abaixo das expectativas.

-    A Bematech avançou 13,6%, após reportar um lucro líquido de R$ 9,7mi no terceiro trimestre, revertendo prejuízo registrado um ano antes.


Política:
 
Como acredita que a mudança na divisão das receitas extraídas dos campos de petróleo que já estão em exploração fere direito adquiridos de Estados e municípios produtores, Dilma está inclinada a sancionar sem vetos o projeto de lei aprovado na Câmara dos Deputados que muda a divisão dos royalties do petróleo, na esperança de que a nova lei será derrubada mais tarde pelo Supremo Tribunal Federal.
 
Aumentando em no mínimo R$ 8mi por ano os gastos públicos, ontem a Câmara aprovou um projeto que cria a Secretaria Especial de Micro e Pequena Empresa, que será o 39º ministério a integrar a Esplanada e terá 68 cargos de comissão, que são aqueles que não precisam de concurso público, para serem distribuídos entre os ''companheiros'' do governo.
 
Cada dia mais ''nas mãos do PMDB'', ontem, em mais um ato de aproximação com o seu principal parceiro da base de apoio, a presidenta Dilma ''garantiu'' que o PT vai trabalhar para que os peemedebistas assumam o comando da Câmara e do Senado em 2014.
 
Atendendo a um pedido do Ministério Público Federal, ontem Joaquim Barbosa, ministro do Supremo Tribunal Federal, determinou que os 25 condenados no julgamento do mensalão entreguem seus passaportes, inclusive os documentos estrangeiros, em um prazo de 24 horas, a partir da notificação.

Crítica:
 
Representando uma ''segunda abolição da escravidão'' no Brasil, ontem o projeto que amplia os direitos trabalhistas dos empregados domésticos, como salário mínimo e jornada de 8 horas diárias, foi aprovado na Comissão Especial que trata sobre o tema e agora segue para votação no plenário da Casa, porem ainda depende de acordo para entrar na pauta.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário