R.B. 21/NOV/12 "É regra do jogo"


R.B.

"É regra do jogo"

 

São Paulo, 21 de novembro de 2012 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, ainda recuperando perdas recentes e tentando zerar a baixa acumulada em 2012 (-0,5%), beneficiada pela gradativa melhora do ''humor'' externo e também pelas boas perspectivas para a economia brasileira em 2013.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, ainda devolvendo parte da forte alta que levou a moeda norte-americana aos maiores patamares desde MAI/09, acompanhando sua trajetória internacional e também influenciado pela manutenção do fluxo positivo de recursos externos.

 

SEGUNDA-FEIRA

-    BOVESPA 1,9%, já abriu em alta e, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, com bom volume de negócios (R$ 7,8bi) e mostrando recuperação após ter caído ao menor patamar em mais de 3 meses, com investidores otimistas com o progresso das negociações para superar a crise fiscal nos EUA.

-    DÓLAR –0,1% à R$ 2,08,  já abriu em queda e, mesmo sem uma intervenção do BC na ponta vendedora, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa e também a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

ONTEM

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO –0,1%, realizando lucros após 4 pregões consecutivos de fortes altas, diante da noticia de que o BC local decidiu manter inalterada a taxa básica de juros, CORÉIA 0,6%, com destaques de alta para as exportadoras e CHINA –0,4%, esperando a divulgação do caminho que seguirá o novo líder do país.

-    Na EUROPA, ampliando os fortes ganhos da sessão anterior, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 0,6% e ALEMANHA 0,7%, desta vez impulsionadas por expectativas de que os ministros das Finanças da zona do euro irão aprovar a próxima parcela do resgate à Grécia.

-    Nos EUA, devolvendo quase todos ganhos da abertura, S&P 0,1%, DJ –0,1% e NASDAQ 0,1%, após Bernanke, o presidente do Fed (''BC'' local) dizer que a instituição não tem as ferramentas para proteger a economia norte-americana do impacto do "abismo fiscal".


Economia:
 

Conforme já se esperava, ontem o governo Dilma formalizou sua previsão de descumprimento da meta do superávit primário deste ano, ressaltando que o principal motivo foram os cortes de impostos para incentivar a economia e abrindo assim o caminho para fechar 2012 com o maior patamar de despesas da história (842,4bi, que é equivalente a 18,8% do PIB).

 

Repetindo o ''mantra de Mantega'', Nelson Barbosa, secretário-executivo do Ministério da Fazenda, afirmou que a economia brasileira já voltou a crescer na faixa de 4% a 5% e que esse patamar de expansão será mantido nos próximos anos.

 

Mostrando otimismo, segundo uma pesquisa recentemente divulgada 60% dos empresários brasileiros, principalmente diante da ampliação da oferta de crédito e da estabilidade do emprego, esperam crescimento nas vendas de fim de ano em relação ao mesmo período ano passado.

 

Como fruto da crise nos países do ''primeiro mundo'', boa parte dos brasileiros que foram tentar a vida no exterior estão voltando para o país, com isto em SET/12 as remessas mensais destes profissionais para o Brasil despencaram para o menor patamar em 10 anos (US$ 140mi) e consequentemente os bancos tupiniquins começaram a rever suas estratégias de internacionalização.

 

Ficando cada vez mais rico as custas de dinheiro publico e também dinheiro de outras pessoas, em apenas 1 semana Eike Batista recebeu (1) R$ 892,4mi do BNDES para a MPX Energia construir a termelétrica de Parnaíba e (2) R$ 1bi da IBM e do BNDES para a construção de uma fábrica de semicondutores em Ribeirão das Neves, que fica na região metropolitana de BH.

 

Correndo o risco de interromper seus investimentos e obras, executivos da Petrobras já falam da necessidade de dois aumentos para a gasolina e o diesel no primeiro trimestre do ano que vem, que somados devem superar os 15%.

 

-    A Eletrobrás despencou –15,4%, o que representa sua pior queda em pouco mais de 15 anos, com investidores castigando o papel diante dos impactos negativos que uma possível renovação antecipada de concessões elétricas terá sobre os resultados e dividendos da estatal.


Política:
 
Perdendo uma excelente oportunidade de ficar calada, Miriam Belchior, ministra do Planejamento, assinou um atestado de incompetência ao afirmar, durante a apresentação de um balanço do PAC, que atraso em obras publicas "é regra do jogo".
 
Esquecendo-se de que ''nunca deve-se dizer nunca'', ontem Márcio Zimmermann, secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, ''garantiu'' que o apagão ocorrido durante o governo do ex-presidente FHC  serviu de modelo para que o país "nunca mais volte a ter uma experiência como aquela".
 
Mais uma vez aumentando os gastos públicos para dar emprego para os ''companheiros'', ontem o Senado aprovou a criação de 171 cargos comissionados e funções gratificadas, que não exigem concurso publico, cuja previsão de impacto anual no Orçamento chega a R$ 7mi.
 
Ontem, no mesmo dia em que a Justiça determinou a libertação do contraventor Carlos Augusto Ramos, o deputado petista Odair Cunha, que é o relator da CPI do Cachoeira, foi pressionado pela cúpula do PT e propôs no texto que o Conselho Nacional do Ministério Público investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel , e o indiciamento do jornalista Policarpo Junior, redator-chefe da Revista VEJA.

Crítica:
 
Segundo Gilberto Carvalho, ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República e um dos interlocutores mais próximos da presidenta Dilma, a onda de violência na Grande SP recebe menos atenção internacional e até nacional porem mata mais gente que o conflito na Palestina.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário