R.B. 18/OUT/12 ‘’Ajudando os petistas’’


R.B.

"Ajudando os petistas"

 

São Paulo, 18 de outubro de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, mesmo após fechar o pregão anterior no maior patamar em quase 3 semanas, hoje impulsionada pelo bom resultado do PIB da China, que eleva os preços das commodities e ajuda muito as exportações da economia brasileira.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, com ''boas chances'' de fechar o dia abaixo dos R$ 2,03, influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa e também seguindo o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,6%, já abriu em alta e, com bom volume de negócios (R$ 16,9bi) devido ao vencimento de opções, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia acima dos 60.000pts (aos 60.087pts), acompanhando o ''humor'' positivo das demais bolsas mundiais.

-    DÓLAR –0,2% à R$ 2,03, já abriu em queda e, com pouca volatilidade, manteve-se em território negativo ao longo de ''quase'' todo pregão, acompanhando um maior otimismo no cenário externo, apesar receio de atuação do BC.

-    Na ÁSIA, nos maiores patamares em cerca de 5 meses, JAPÃO 1,2%, CORÉIA 0,8% e CHINA 0,4%, com destaques de alta para as ações de empresas do setor de materiais, à medida que resultados corporativos fortes nos EUA impulsionaram o apetite por risco do investidor.

-    Na EUROPA, nos maiores patamares das 3 últimas semanas, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 0,8% e ALEMANHA 0,3%, com destaques de alta para as ações de bancos, impulsionados por notícias de que a Espanha escapou de ter sua ''nota'' rebaixada para a categoria "lixo" e por esperanças de que o país logo venha a pedir um resgate internacional.

-    Nos EUA, em alta pelo terceiro pregão consecutivo, S&P 0,4%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, ''animadas'' pelos anúncios de que (1) o índice de construção de novas moradias no país atingiu o maior patamar em 4 anos e (2) a quantidade de novos domicílios disparou 15% em SET/12, o que representa o ritmo mais rápido desde JUL/08.


Economia:
 
Mostrando um pouco mais de otimismo, (1) François Hollande, presidente da França, afirmou ontem que ''já passou'' o pior momento da crise financeira na Europa, porem ressaltou que é necessário união dos países da zona do euro para garantir os avanços necessários para retomar o crescimento e que as decisões tomadas durante a cúpula de países da zona do euro, em JUN/12, são as chaves para a recuperação econômica e (2) Angela Merkel, a chanceler alemã, ''garantiu'' que deseja a permanência da Grécia na zona do euro, ressaltando que isto é o melhor para o país e para a União Europeia.
 
Superando as ''apostas'' do mercado, que ficavam em torno de 7,2%, o PIB da China cresceu 7,4% no no terceiro trimestre deste ano, o que representa o patamar mais baixo desde o primeiro trimestre de 2009, porem os dados sobre crédito e exportações divulgados nos últimos dias levaram analistas a prever estabilização ou leve reação da atividade da segundo maior economia do mundo nos próximos meses.
 
Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em SET/12 foram criados 150.334 empregos com carteira assinada, patamar 49% maior que em AGO/12, (2) no final de SET/12 75% da população brasileira já tinha algum tipo de cartão (crédito, débito e de rede ou loja), patamar 7% superior ao auferido em SET/11 (68%), (3) em SET/12 o número de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa de condomínio em SP caiu -18,4% na comparação com AGO/12 e (4) segundo um levantamento feito com as pequenas e médias empresas, 70% delas acreditam que irão ampliar o faturamento no final deste ano.
 
Pressionado pelos bancos públicos, como BB e Caixa, ontem o Itaú anunciou que irá reduzir os preços de 23 tarifas de serviços em até 32,5%.
 
-    A Petrobrás caiu –0,8%, porem anunciou, após o fechamento do pregão, que o poço conhecido informalmente como Carioca Norte, no pré-sal da bacia de Santos, tem petróleo de boa qualidade..
Politica:
 
Mais uma vez legislando em causa própria, ontem o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em votação simbólica, um projeto de resolução que altera o regimento da Casa e formaliza a prática de sessões esvaziadas às segundas e sextas-feiras e obriga nossos ''nobres legisladores, que aliás custam individualmente mais de R$ 11 mi por ano, a trabalharem apenas 3 dias por semana.
 
Contrariando a ''bancada da motosserra'', Dilma, com a justificativa de impedir anistias a desmatadores, decidiu barrar benefícios que grandes proprietários de terra teriam na recomposição de matas nas beiras de rio, vetando 9 pontos aprovados em SET/12 pelo Congresso nas regras do novo Código Florestal.
 
Certamente levando o candidato tucano a baixar ainda mais o nível da sua campanha, ontem foi divulgada uma pesquisa com intenções de voto para a prefeitura de SP que indicou que o petista Haddad subiu de 48% para 49% e que Serra caiu de 37% para 33%.
 
Mais uma vez ''ajudando os petistas'', ontem FHC criticou a campanha de Serra ressaltado que o candidato tucano à prefeitura de SP deveria escutar conselhos, como de levar Aécio para sua propaganda na TV, e não deveria flertar com os setores conservadores, como o pastor Silas Malafaia e os opositores da cartilha anti-homofobia produzida na gestão de Haddad à frente do Ministério da Educação.
 
Para blindar Haddad dos ataques do pastor Silas Malafaia, atualmente o principal cabo eleitoral de Serra, o PT articula um ato com pastores evangélicos.
 
Está estranha a campanha pela prefeitura de Curitiba, já que o ex-tucano Gustavo Fruet, que agora está no PDT e que antes era inimigo declarado de Lula, distribui 300 mil panfletos em que o ex-presidente defende sua candidatura a prefeito de Curitiba, já Ratinho Junior, que é filho do apresentador Ratinho, amigo pessoal de Lula, ataca o governo Federal.

Crítica:
 
Prejudicando também a vida em terra, já que 1 bilhão de pessoas depende do mar para comer, a saúde dos oceanos vai mal e já existem 400 zonas totalmente mortas identificadas no mundo.
 
Se preocupando mais com o bolso do que com a natureza, Olivier De Schutter, relator da ONU para o Direito à Alimentação, pediu à União Europeia que abandone os biocombustíveis, já que sua produção compete com a que se destina à alimentação.
 
Enquanto expulsa os imigrantes da África e do leste europeu, a Espanha, que passa por uma crise econômica e que tem um desemprego em torno de 25%, quer negociar com o governo brasileiro a facilitação de vistos para jovens espanhóis com alta qualificação que quiserem trabalhar no Brasil.
PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário