R.B. 29/JUN/12 ‘’O midas do PowerPoint’’

 

R.B.

"O midas do PowerPoint"

 

São Paulo, 29 de junho de 2012 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, diante do desfecho positivo da reunião dos líderes da União Europeia, e também em um movimento de ''repique de final de mês'' ou de ''caça de barganhas'' após as quedas recentes (-3,4% no mês, –7,2% no ano e –15,5% nos últimos 12 meses).

-    O DÓLAR pode cair, também devolvendo uma pequena parte da forte alta acumulada no mês (3,2%), no ano (11,4%) e nos últimos 12 meses (32,7%), seguindo a provável trajetória descendente da moeda norte-americana nos mercados globais e também influenciado pelos sinais de que a autoridade deve seguir vendendo.

 

ONTEM

-    BOVESPA -0,9%, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,2%, porem passou a cair ainda na parte da manhã, novamente pressionada pela forte baixa das ações a OGX (-19,2%) e pelo clima de maior aversão ao risco nos mercados externos.

-    DÓLAR -0,2% à R$ 2,07, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 2,10, porem passou a cair na última hora do pregão, para fechar em baixa pela primeira vez em 7 pregões, influenciado pelos leilões de venda do BC e pela decisão da autoridade monetária ampliar o acesso ao crédito pelo exportador.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 1,7% e CORÉIA 0,1%, seguindo o desempenho positivo das bolsas da Europa no dia anterior e com destaques de alta para as exportadoras e para os bancos, como como Mitsubishi UFJ Financial (2,1%) e Toyota Motor (1,9%), porem CHINA -0,9%, na pior pontuação em quase 6 meses por causa do contínuo pessimismo sobre as perspectivas da economia doméstica.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA -0,6%, FRANÇA -0,4% e ALEMANHA -1,3%, impactadas negativamente pelas expectativas de poucas decisões na reunião de líderes da União Europeia, que pressionou principalmente as ações do setor bancário, como Barclays (-15,2%),

-    Nos EUA, recuperando-se das mínimas do dia, porem sem ''forças necessárias'' para fechar em alta, S&P -0,2%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,9%, prejudicadas pela divulgação dos pedidos de auxílio-desemprego na semana passada, o que realimentou as preocupações quanto à economia norte-americana.


Economia:
 
Tentando acalmar os mercados, os líderes da zona do euro chegaram a um acordo para a capitalização direta dos bancos, definiram que o empréstimo de até 100bi de euros para recapitalizar os bancos espanhóis será canalizado através do Fundo Europeu de Estabilidade e aprovaram um plano de 120bi de euros para incentivar o crescimento econômico e a geração de empregos na região.
 
Aproximando-se das expectativas do mercado e também da realidade, ontem o BC reduziu sua previsão para o crescimento da economia brasileira neste ano, de 3,5% para 2,5%, patamar abaixo do resultado de 2011 (2,7%), ressaltando que o cenário econômico mundial continua com perspectivas de baixo crescimento "por um período de tempo prolongado".
 
Dando e novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em MAI/12 o consumo de eletricidade no Brasil aumentou 3,8% na comparação com MAI/11 e (2) apresentando a maior variação positiva dos últimos 8 meses, em ABR/12 o indicador de perspectiva da atividade econômica teve leve alta de 0,2% frente a MAR/12, atingindo o valor de 99,4pts.
 
''Apostando'' no crescimento da economia brasileira, os Correios vão ampliar seu quadro de pessoal em 9.904 novas vagas, a maioria delas na área operacional da empresa.
 
Conquistando mais um importante mercado consumidor para o Brasil, a marca Seara, do Grupo Marfrig, começou a ser comercializada neste mês em supermercados na China pela rede britânica Tesco e já tem no país plantas para abate e produção de industrializados, além de um centro de distribuição.
 
Investindo naquilo que o Brasil faz de melhor, o governo federal lançou ontem o Plano Agrícola e Pecuário voltado à agricultura empresarial para a safra 2012/2013 que prevê (1) R$ 115,2bi de recursos para financiar o custeio, a comercialização e os investimentos e (2) a redução da taxa anual de juros para o agricultor de 6,75% para 5,5%.
 
Confirmando que a inflação está perdendo ''forças'', o IGP-M, que é usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, desacelerou para 0,66% no mês de JUN/12, ante alta de 1,02% em MAI/12, acumulando com isto uma alta de 5,14% nos últimos 12 meses.
Política:
 
Após Lula afirmar que ''morderá canelas dos adversários'' para eleger Haddad prefeito de SP, FHC, mostrando que é muito diferente do petista, afirmou que, apesar de sempre declarar seu voto, nunca participou de campanha nenhuma desde que deixou a Presidência da República, pois acha indevido.
 
Irritada com a tentativa de aprovar, no plenário da Câmara, projetos com potencial de provocar enorme impacto nas contas públicas, a presidenta Dilma telefonou na quarta-feira à noite para o presidente da Casa, deputado petista Marco Maia, e marcou um jantar com ele semana que vem.
 

Após três horas de reunião com o ex-presidente Lula, em SP, Eduardo Campos, presidente do PSB e governador de Pernambuco, voltou a Recife e comandou a cerimônia em que anunciou o nome do seu ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio de Melo, para candidato do PSB à prefeitura da capital de Pernambuco.

 

Dilma ''mandou avisar'' que só aceita acabar com o fator previdenciário, mecanismo criado há 12 anos para inibir aposentadorias precoces do INSS, se receber uma proposta que, a longo prazo, reduza o custo da Previdência Social, como a criação da idade mínima de aposentadoria.

 

Ontem, por 4 votos a 3, o Tribunal Superior Eleitoral liberou o registro de candidaturas para os políticos chamados "contas-sujas", o que obviamente é um recuo do próprio tribunal que, em MAR/12, criou uma norma estabelecendo que não poderiam ser candidatos políticos que tiveram contas de campanhas anteriores reprovadas.


Crítica:
 
Ontem, reagindo a uma crise de confiança sem precedentes que fez suas empresas se desvalorizarem em R$ -23bi em apenas 2 dias (sendo que R$ –14bi apenas na OGX), Eike Batista, ''o midas do PowerPoint'', decidiu trocar o presidente da sua companhia de petróleo.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário